R.B. 3/ABR/17 "Surfando na crise"



"Surfando na crise"

São Paulo, 3 de abril de 2017 (SEGUNDA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve voltar a cair, ampliando as perdas registradas em MAR/17 (-2,5%) e reduzindo os ganhos auferidos no primeiro trimestre do ano (7,9%), diante da piora do cenário político tupiniquim e da queda das commodities e (2) o DÓLAR pode subir, recuperando as perdas do pregão anterior, acompanhando a espera piora do ‘humor” abolsa brasileira e também seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,4%, acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais, prejudicada pelo recuo das commodities e pressionada pelos sinais de que a economia tupiniquim segue sem dar sinais sólidos de recuperação e (2) o DÓLAR caiu -0,6% à R$ 3,13, após um pregão marcado pela forte volatilidade, diante da “briga” para a formação da cotação de fechamento do mês e dos leilões de venda do BC.

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão -0,8%, com as exportadoras prejudicadas pela valorização da moeda local (o iene) frente ao dólar e China 0,4%, recuperando perdas recentes, na esteira de dados encorajadores de atividade manufatureira do país, (2) da EUROPA, também sem uma tendência única, mas com as 3 principais bolsas da região registrando o melhor trimestre desde 2015, com Inglaterra -0,6%, na mínima do dia, pressionada pelos papéis de empresas com atividades na África do Sul, como o Anglo American (-3,4%), Rio Tinto (-2,4%) e BHP (-2,9%), já que o referido país passa por uma crise política após o presidente Jacob Zuma demitir parte de seu gabinete, incluindo o ministro de Finanças, Pravin Gordhan, elevando o descontentamento e possivelmente ampliando o coro pelo seu impeachment, porem França 0,6% e Alemanha 0,5%, com destaques de alta para as ações dos bancos e (3) dos EUA, em queda, porem registrando o melhor trimestre desde 2013, S&P -0,2%, DJ -0,3% e NASDAQ -0,1%, diante das preocupações com capacidade de Trump de aprovar suas reformas no Congresso do país.

Indicando que a economia brasileira está demorando mais do que se esperava para dar sinais sólidos de recuperação, (1) o desemprego entre DEZ/16 e FEV/17 bateu um novo recorde e chegou a 13,2% e (2) em JAN/17 o Índice de Atividade Econômica do BC, que é uma espécie de sinalizador do PIB, recuou -0,26% na comparação DEZ/16 e -2,53% na comparação com JAN/16.

Obrigando o governo a cortar ainda mais gastos públicos para atingir suas metas, em FEV/17 o setor público (União, Estados e municípios) registrou déficit primário (receitas menos despesas antes do pagamento dos juros da dívida) de R$ -23,5bi, o que é 1,8% pior que em FEV/16 e representa o pior resultado para o mês desde FEV/01, quando começou esta série histórica.

Podendo pressionar a inflação, alegando que não tem chovido o suficiente nas represas das hidroelétricas, a Agência Nacional de Energia Elétrica “avisou” que, após 13 meses sem usar o mecanismo, a bandeira tarifária vermelha voltará às contas de luz em ABR/17.

Coberto de razão e falando a verdade, enquanto a imprensa vendida tenta esconder a real situação, João Cravinho,  embaixador da União Europeia no Brasil, afirmou que a credibilidade do sistema de fiscalização brasileiro foi colocado em xeque pela Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, que investiga um esquema de pagamento de suborno a fiscais agropecuários para emissão de certificados.

“Surfando na crise”, o faturamento das redes de franquia que trabalham com reparos e manutenção cresceu 2,9% no ano passado na comparação com 2015 e, juntamente com o mercado de conserto de computadores, veículos e outros aparelhos foi incluído em uma lista elaborada pelo Sebrae que elenca negócios promissores para 2017.

Com dinheiro de “gringo” e também com o brasileiro finalmente começando a pensar em investimentos de longo prazo, os fundos que investem em ativos florestais, voltados principalmente para atender a demanda de madeira da indústria, tiveram um crescimento de 13,7% em 2016.

-    Enxergando uma luz no fim do túnel, a montadoras e revendedoras de veículos tupiniquins “apostam” as vendas de MAR/17 foram 1,5% maiores que em MAR/16.
-   Com o objetivo de criar mais ligações entre as áreas produtoras e portos, além de permitir mais competição, o governo Temer prepara um novo desenho da rede ferroviária que faz parte do seu programa de concessões.

-    A Petrobrás subiu 0,3%, reduzindo as perdas registradas no ano (-2,5%) e ampliando os ganhos registrados nos últimos 12 meses (73,3%), porém, após o fechamento do pregão, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis anunciou que aplicou um multa de R$ -2,6bi na empresa por irregularidades no cálculo de royalties sobre a produção do campo de Lula, que é o maior da empresa e do país.

Política:

Como atualmente é bastante fácil bater nas centrais sindicais e no PT, na sexta-feira à noite o presidente Temer sancionou o projeto de lei que regulamenta a terceirização no Brasil, modernizando as relações trabalhistas no país, que ganha competividade com isto.

Arrumando ainda mais problema para o Palácio do Planalto, o senador peemedebista Renan Calheiros, acuado pela Lava Jato e com perspectivas de não se reeleger, voltou a investir em um embate público com o governo Temer, ressaltando que "quem não ouve erra sozinho" e que a reforma da Previdência "pune trabalhadores e o Nordeste".

Frustrando as pretensões do presidente Temer e também do “mercado”, o deputado peemedebista Carlos Marun, Presidente da comissão que analisa a reforma da Previdência,  afirmou que a referida reforma, prioridade do governo no Congresso em 2017, só deve ser aprovada no segundo semestre deste ano.

Massas de manobra do PT, na sexta-feira pessoas que não trabalham e que são sustentadas por dinheiro de corrupção injetado em movimentos sociais e terroristas, como a CUT e o MST, realizaram protestos em capitais brasileiras contra a proposta de reforma da Previdência e a regulamentação da terceirização aprovada pela Câmara dos Deputados e já sancionada pelo presidente Temer.

Como naquela “piada da mão amarela”, Aécio gravou um vídeo jurando ser inocente. e pediu para sua irmã fazer o mesmo. em resposta à matéria da revista veja que revelou que o referido senador mineiro  recebeu propina da Odebrecht em "contrapartida" ao atendimento de interesses da empreiteira em obras como a da Cidade Administrativa, em MG, e da usina de Santo Antônio, em Rondônia, onde a Cemig (estatal mineira) integrou um consórcio.

Assim como fizeram os petistas, que com o punho elevado gritavam “Dirceu, guerreio do povo brasileiro” quando o referido meliante era conduzido para a cadeia, líderes tucanos divulgaram no domingo uma carta em desagravo a Aécio Neves, criticando "falsas acusações" e "a prática de vazamentos seletivos e mentirosos que encontram eco em práticas editoriais e jornalísticas pouco responsáveis".

Nomeado, de forma inescrupulosa, por Temer para ser julgador do caso que pode levar à cassação do seu mandato no TSE, o advogado Admar Gonzaga tem longa folha de serviços prestados a Gilberto Kassab, pois foi o coordenador jurídico do processo de fundação do PSD, “partido de aluguel” criado pelo referido ministro das Comunicações em 2011.

Hoje, às vésperas do julgamento, que ocorrerá amanhã e que pode cassar Temer, advogados do presidente apresentam ao TSE pareceres de quatro “juristas de aluguel” que endossam a esdrúxula tese da defesa, de separação da chapa, e atacam a atuação do relator do caso, Herman Benjamin.

Crítica:

Confirmando, pela enésima vez, que eles são tratados como “cidadãos diferenciados”, No último ano, de todas as categorias de trabalhadores do Brasil, que enfrenta a pior crise da sua história, apenas servidores públicos tiveram aumento real (que supera a inflação) de salário no trimestre encerrado em FEV/17, com alta de 5,1% com relação ao mesmo período do ano anterior.

Indicando que no Brasil, para quem não tem escrúpulos, o crime compensa, a Odebrecht, que está mergulhada na maior crise da sua história, perdeu, segundo seu último balanço divulgado, apenas -20% da sua carteira de obras na comparação entre SET/16 e DEZ/16.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário