R.B. 23/MAR/17 "Atuando em beneficio do monopólio"



"Atuando em beneficio do monopólio"

São Paulo, 23 de março de 2017 (QUINTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, devolvendo os ganhos do pregão anterior, prejudicada pelo recuo das commodities, pressionada pela piora do ambiente político do Brasil e também influenciada negativamente pelas possíveis dificuldades de Trump com o Congresso dos EUA e (2) o DÓLAR pode voltar subir, para retomar o patamar dos R$ 3,10, acompanhando a esperada piora do “humor” na bolsa e também seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,9%, retomando o patamar dos 65.000pts, mas recuperando menos da metade das perdas registradas no pregão anterior (-2,9%), com bom volume de negócios (R$ 9,1bi) e com destaque de alta para ações da Petrobrás (5,1%), que no ultimo trimestre do ano passado finalmente passou a dar lucro e reduziu substancialmente seu endividamento e (2) o DÓLAR subiu 0,3% à R$ 3,09, ainda sem retomar o patamar dos R$ 3,10, porem recuperando perdas recentes e acompanhando a valorização internacional da moeda norte-americana.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -2,1% e China -0,5%, seguindo o fraco desempenho dos mercados acionários de NY no dia anterior e também prejudicadas pelo anúncio de que a Coreia do Norte fez um novo teste com míssil, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,7%, França -0,2% e Alemanha -0,5%, prejudicadas pelos contratempos políticos nos EUA, pressionadas pelo recuo das commodities e “assustadas” por um ataque terrorista em Londres e (3) dos EUA, sem uma direção única, S&P 0,2%, DJ -0,1% e NASDAQ 0,4%, divididas entre o bom desempenho das ações de tecnologia e as perdas das ações dos bancos, na véspera de uma votação importante no Congresso do país, que testará a força do presidente Trump.

Dando uma ótima notícia, que praticamente “obriga” o Copom a reduzir a taxa básica de juros em -1,0% na sua próxima reunião, o IPCA-15, prévia da inflação oficial do país, registrou alta de apenas 0,15% em MAR/17, o que representa o menor nível para o referido mês desde 2009 e reduz o acumulado dos últimos 12 meses para 4,73%, patamar cada dia mais próximo do centro da meta estabelecida pelo BC (4,5%).

Rendendo-se à realidade dos fatos, ontem, conforme já era esperado, o Ministério da Fazenda divulgou que reduziu a projeção do PIB tupiniquim para este ano de 1% para 0,5%, porem ressaltou que a projeção para 2018 continua sendo de crescimento de 2,5%.

Fingindo cumprir seu dever de fiscalizar as contas publicas e punir desvios e irregularidades, o Tribunal de Contas da União decretou a inidoneidade (que proíbe negócios com o governo) das 7 empreiteiras que participaram da construção da usina de Angra 3, porem suspendeu os efeitos da decisão por dois meses para a Odebrecht e para Andrade e Camargo, duas das empresas mais picaretas do país.

“Atuando em beneficio do monopólio” e contribuindo para o aumento dos custos e para a redução ainda maior da qualidade do mercado de capitais tupiniquim, ontem o Cade, que deveria trabalhar em prol do interesse dos consumidores, decidiu aprovar a compra da Cetip pela BM&FBovespa, um negócio de R$ 12bi.

Abandonando rapidamente sua mentalidade socialista e seus ranços ideológicos e deixando de ser um cabide de emprego para vagabundos indicados pelo PT e pela CUT, a Petrobrás (1) ganhando eficiência, fechou o ano de 2016 com 68,8 mil empregados, o menor número desde 2007, ano da descoberta do pré-sal, e com uma redução de -17,8 mil em relação a 2013, quando o quadro atingiu seu auge e (2)em ofensiva para liberar a compra de uma plataforma no exterior, condicionou investimento na área de Libra, no pré-sal, à flexibilização da política de conteúdo local.

Como não poderia ser diferente, diante das graves denuncias apresentadas pela Polícia Federal Operação Carne Fraca, as exportações diárias de carne pelo Brasil caíram de uma média de US$ 63 milhões para US$ 74 mil na terça-feira passada, o que confirma a cautela dos importadores estrangeiros diante da crise no setor.

Política:

Finalmente fazendo algo útil ao país, ontem o plenário da Câmara dos Deputados aprovou um projeto de 1998 que regulamenta a terceirização no país, liberando-a para ser usada em qualquer ramo de atividade das empresas privadas e de parte do setor público, o que tem “2 enormes vantagens”, (1) moderniza as relações trabalhistas e (2) enfraquece os sindicatos.

Já que para bom entendedor meia palavra basta, Francisco Zavascki, filho de Teori Zavascki, que morreu em um “acidente” aéreo, aconselhou o ministro Edson Fachin, substituto de seu pai na relatoria da Lava Jato no Supremo, a se proteger “física e espiritualmente” se decidir derrubar o sigilo dos depoimentos dos delatores da Odebrecht.

Como o presidente Temer insiste em ser populista e em ajudar as “amigas” construtoras, o Ministério das Cidades anuncia amanha um pacote de medidas para o início das contratações deste ano do Minha Casa Minha Vida, na faixa 1 (até R$ 1,8 mil), que permitirá a participação de todas as cidades do país.

-    Usando o “argumento cínico de distensionar o país”, o deputado petista Vicente Cândido, sem nenhuma vergonha na cara, defendeu abertamente a anistia aos investigados/presos pela operação Lava Jato.
-    Legislando em causa própria, o senador peemedebista Roberto Requião entregou ontem seu relatório do projeto de abuso de autoridade à Comissão de Constituição e Justiça.
-    Cada vez mais na oposição, o senador peemedebista Renan Calheiros, apesar de convidado, não apareceu na reunião que senadores tiveram com o presidente Temer sobre mudanças na aposentadoria.
-    Apresentando uma ótima ideia, que dificilmente vai avançar, Paulo Bauer, líder do PSDB no Senado, vai propor o fim do horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão, ressaltando que com isso o custo das campanhas cairia -40%.
-    Já pensando nas eleições presidenciais de 2018, é cada vez maior a movimentação para a criação de uma chapa com o tucano Dória e o democrata ACM Neto.
-    Após muitos anos longe da comissão agropecuária da Câmara Federal, o PMDB volta a liderar esse colegiado a partir de hoje, quando a presidência do grupo passará para o comando do deputado federal peemedebista Sérgio Souza, do Paraná.
-    Uma manobra irresponsável da Assembleia Legislativa de São Paulo tenta evitar a exoneração de 251 servidores em cargos de confiança que deveriam ser concursados.

Crítica:

Atuando em defesa de quem paga suas contas, que são os “grandes” empresários do Brasil, ontem, em entrevista ao canal "Globo News", o presidente Temer afirmou que o "espetáculo" do anúncio da Operação Carne Fraca "gerou um problema internacional" que traz prejuízos ao país, ressaltando que apenas um número pequeno de funcionários e de frigoríficos estão sendo investigados.

Colocando Lula cada dia mais próximo da cadeia, Alexandrino Alencar, ex-diretor de relações institucionais da Odebrecht, confirmou, em depoimento a procuradores da força-tarefa da Lava Jato, que a empreiteira baiana fez as obras de reforma na casa e no lago do sítio Santa Bárbara, em Atibaia, que está em nome de um laranja do referido ex-presidente.

Mostrando que boas ideias sempre encontram apoio, Peter Michael McKinley, embaixador dos EUA no Brasil, disse ao prefeito João Doria, de SP, que vai promover um encontro entre o tucano e empresas norte-americanas interessadas em, a exemplo do que fez o Mc Donald’s, aderir ao programa Trabalho Novo.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário