R.B. 22/MAR/17 "Acreditam que são diferenciados"



"Acreditam que são diferenciados"

São Paulo, 22 de março de 2017 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve voltar a cair, ampliando a queda acumulada no mês (-5,5%) e reduzindo a valorização acumulada no ano (4,6%), seguindo o recuo das commodities e das principais bolsas mundiais e também prejudicada pelo retrocesso da proposta de reforma da Previdência anunciado ontem pelo governo Temer e (2) o DÓLAR pode subir, para retomar o patamar dos R$ 3,10, ainda recuperando perdas recentes e novamente acompanhando o “humor negativo” na bolsa brasileira e a valorização internacional da moeda norte-americana.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -2,9%, registrando a maior baixa diária desde 1/DEZ/16, prejudicada pela aversão ao risco vinda do cenário internacional e acompanhando a retração dos preços das commodities e (2) o DÓLAR subiu 0,4% à R$ 3,09, recuperando perdas recentes, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pela piora do “humor” na bolsa tupiniquim.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão -0,3%, 0,34%, diante de “temores” gerados pela postura protecionista dos EUA e com destaques de queda para ações do setor financeiro e China 0,3%, acompanhando o desempenho positivo das principais bolsas mundiais no dia anterior e beneficiada pelo anúncio de que o BC local fez uma injeção de cerca de US$ 10bi no sistema financeiro nos 2 últimos dias, (2) da EUROPA, revertendo uma abertura positiva, Inglaterra -0,7%, França -0,2% e Alemanha -0,7%, seguindo a piora do “humor” nos mercados acionários de NY  e com destaques de queda para as empresas do setor de energia e para as mineradoras e (3) dos EUA, registrando os piores desempenhos diários desde OUT/16, S&P -1,2%, DJ -1,1% e NASDAQ -1,8%, com os investidores apreensivos com a forte redução das chances de aprovação das medidas do presidente Trump, como a reforma tributária, no Congresso norte-americano.

Após alertar novamente que, se for necessário para cumprir a meta do resultado primário, vai elevar impostos, Meirelles, ministro brasileiro da Fazenda, afirmou ontem que o PIB tupiniquim crescerá 2,7% no último trimestre de 2017, patamar superior ao que ele esperava anteriormente (2,4%), e que a expansão da economia brasileira no ano que vem superará 3%.

Também “apostando” na recuperação da economia brasileira, (1) a Underwriters Laboratories, empresa de capital norte-americano que testa e certifica produtos como eletrodomésticos, vai investir R$ 25 milhões para ampliar sua capacidade produtiva no Brasil, (2) o shopping Fernão Dias Outlet vai investir R$ 15mi na sua expansão, que terá 45 novas lojas e (3) a Vox Capital investiu R$ 4mi na start-up de educação e tecnologia Aondê.

Com o país ainda “pagando a conta” dos 13,5 anos de desgovernos do PT, segundo um ranking divulgado ontem pela ONU que, criado como uma forma de se contrapor ao critério de desenvolvimento de um país tendo como base somente o PIB, mede o Desenvolvimento Humano, o Brasil está no 79º lugar entre os 188 países analisados, sendo superado pelo Chile (38º lugar), Argentina (45º lugar), Uruguai (54º lugar) e até Venezuela (71º lugar) e Cuba (68º lugar).

Mostrando que, aos poucos, os políticos já “perceberam que a população não tem medo da palavra privatização”, ontem Dyogo Oliveira, ministro do Planejamento, afirmou que o governo estuda transferir da Infraero para a iniciativa privada pelo menos mais 10 aeroportos brasileiros de menor porte, entre eles Goiânia, Vitória e Recife.

Abrindo espaço para modernização das relações trabalhistas, ganho de competitividade das empresas e fim do “monopólio escroto dos sindicatos”, Rodrigo Maia, presidente da Câmara, anunciou que colocará em votação hoje o projeto de lei sobre a terceirização que, caso seja aprovado.

Dando um sinal positivo da economia brasileira, mostrando que os empresários se preparam para fazer mais negócios este ano, o número de vagas para profissionais de marketing aumentou 40% nos dois primeiros meses de 2017 em relação ao primeiro bimestre do ano passado.

-    A Vale despencou -8,5%, acompanhando a forte baixa do minério de ferro (-3,6%) e desprezando o anuncio da elevação da sua “nota” anunciada na véspera pela Moody's (de Ba3 para Ba2)
-    A Petrobras caiu -4,4%, prejudicada pelo recuo do petróleo (-1,3), porem, após o fechamento no pregão, a estatal anunciou que, (1) ainda sob forte impacto das baixas contábeis feitas ao longo do ano passado, fechou 2016 com prejuízo de R$ -14,8bi, reduzindo as perdas na comparação com 2015 (R$ -34,8bi) e (2) por conta do aumento das suas exportações e da redução das suas despesas financeiras, auferiu um lucro de R$ 2,5bi no quarto trimestre do ano passado.

Política:

Beneficiando cidadãos que, apenas por serem servidores públicos, “acreditam que são diferenciados”, o presidente Temer, na tentativa de diminuir a rejeição contra a reforma da Previdência, decidiu, de forma covarde, retirar servidores públicos estaduais e municipais da proposta enviada por ele ao Congresso Nacional.

Sem nenhuma vergonha na sua “gigantesca cara de pau”, o deputado Federal Vicente Candido, que só poderia ser do PT e que infelizmente é reator da reforma política na Câmara, defendeu que o Congresso enfrente o desgaste de discutir anistia, criminal e financeira, aos alvos da Operação Lava Jato como forma de "distensionar o país".

Alem da estúpida ideia de anistiar bandidos, a proposta de reforma política do deputado Federal petista Vicente Candido inclui outras medidas safadas como (1) voto em lista fechada, que visa manter as velhas raposas eternamente no poder, (2) financiamento publico de Campanha, que já seria de R$ 2,5bi em 2018 e (3) acabar com a figura dos vices, (4) mandatos de 5 anos e (5) proibição da divulgação de pesquisas nos 3 dias que antecedem as eleições.

Avaliando que todos os citados já estão “politicamente acabados” e agora é hora de lutar para “se manter vivo”, cada dia mais senadores peemedebistas, petistas e tucanos acreditam que não existe mais o que perder com a aprovação de medidas como a anistia ao caixa 2 e o projeto de abuso de autoridade.

Com o caso chegando próximo ao seu desfecho, o ministro Herman Benjamin, relator da ação que tramita no Tribunal Superior Eleitoral e que pede a cassação da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer, determinou o encerramento da fase de instrução do processo e abriu prazo para as partes apresentarem as alegações finais.

Legislando, como sempre, em causa própria, os “nobres” senadores tupiniquins começaram a discutir a apresentação de duas emendas para garantir que, se o foro privilegiado deixar de existir, não sejam julgados pela Justiça comum e para que apenas a Procuradoria-Geral da República possa oferecer denúncia contra eles.

-    Com uma de suas empresas alvo de busca e apreensão pela Polícia Federal, o presidente do Senado, que é o peemedebistas Eunício Oliveira, fez o possível para transparecer tranquilidade em sua estreia no olho do furacão da Lava Jato.
-    “Manipulador de massas acéfalas”, Lula está estimulando a militância a ir a Curitiba no dia 3/MAI/17, quando ele prestará depoimento para o juiz Sergio Moro.

Crítica:

Mesmo após 13,5 anos de um governo petista que, de forma hipócrita, dizia que trabalhava para ajudar os mais pobres, hoje, dia Mundial da Água, cerca de metade da população brasileira, o que representa quase 105 milhões de pessoas, não tem acesso ao serviço básico de esgoto e, no atual ritmo das obras, será necessárias mais de duas décadas para universalizar o serviço.

Reforçando a “ideia estúpida” de que os humanos podem ser divididos por raças, o Ministério da Educação decidiu criar uma plataforma com os dados de cotistas e ex-cotistas negros e indígenas para que eles possam ser contratados por empresas preocupadas em diversificar seus quadros de funcionários.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário