R.B. 14/MAR/17 "Filhinho do fundador e papai do destruidor"



"Filhinho do fundador e papai do destruidor"

São Paulo, 14 de março de 2017 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, devolvendo parte dos ganhos do pregão anterior, acompanhando a piora do “humor” nas principais bolsas mundiais e em compasso de espera antes do provável aumento dos juros nos EUA e (2) o DÓLAR pode subir, mais uma vez com “boas chances” de fechar a semana próximo dos R$ 3,20, influenciado pelos mesmos motivos que devem derrubar a bolsa brasileira e também pelo aumento das “apostas” de que a taxa básica de juros tupiniquim fechará o ao abaixo dos 9%.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 1,3%, em um pregão de recuperação, após fortes perdas na semana passada, com destaques de alta para as ações da cadeia do aço, diante da valorização do minério de ferro (1,6%), e para os papéis mais sensíveis à expectativa de queda de juros no País, como as construtoras Gafisa (5,9%) e Direcional (5,1%) e (2) o DÓLAR subiu 0,3% à R$ 3,15, diante das expectativas em torno da divulgação da lista do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e da decisão do Fed (“BC” dos EUA), que esta semana deve elevar os juros da economia norte-americana.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,2% e China 0,8%, seguindo o tom positivo dos mercados acionários de NY, que avançaram na sexta-feira após dados mostrarem robusta criação de empregos nos EUA, e com destaques de alta para as ações de empresas de consumo, (2) da EUROPA, recuperando as perdas da abertura, Inglaterra 0,3%, França 0,1% e Alemanha 0,2%, com destaques positivos para as mineradoras, apesar da incerteza política no radar diante de uma eleição importante na Holanda, da disputa presidencial na França e das bravatas da Turquia e (3) dos EUA, sem uma tendência única, S&P 0,1%, DJ -0,1% e NASDAQ 0,2%, com os investidores aguardando pela reunião de política monetária do Fed (“BC” local), que ocorrerá amanha e cuja chance de alta dos juros já supera os 95%.

Indicando que logo mais o Brasil deixará de ser o país da renda fixa, onde se pode ganhar muito dinheiro correndo-se pouco risco, o “mercado” reduziu, de 4,36% para 4,19%, suas “apostas” para o IPCA deste ano, o que levou a previsão da taxa básica de juros, atualmente em 12,25% ao ano, cair de 9,25% para 9,0% no final de 2017.

Superando a previsão inicial do governo (R$ 30bi) e, portanto, com potencial ainda maior para ajudar na recuperação da economia tupiniquim, o resultado do primeiro dia de saques das contas inativas do FGTS causou a elevação, para R$ 35bi, da estimativa do total que deve ser liberado até o dia 31/JUL/17.

Como nos últimos anos, até por causa da crise, a saúde dos empregados se tornou um ativo estratégico, nos 2 primeiros meses deste ano a Sanofi Pasteur, uma das maiores fornecedoras de vacinas do Brasil, registrou aumento de 184% na demanda de compras por empresas na comparação com 2016.

Alegando que os 4 aeroportos exigirão investimentos maiores do que o previsto e trarão receitas menores, ao menos 3 grupos desistiram de participar do leilão de concessão dos aeroportos de Fortaleza (CE), Salvador (BA), Florianópolis (SC) e Porto Alegre (RS), marcado para amanha na Bovespa e nos quais o governo espera arrecadar pelo menos R$ 3bi.

Ainda com bastante “dinheiro barato” do BNDES em caixa, a brasileira JBS, maior processadora de carne bovina do mundo, anunciou ontem um acordo para comprar a fabricante norte-americana de produtos suínos Plumrose por US$ 230mi, ampliando sua atuação em alimentos preparados no país.

-    A Intel caiu -2,1% na bolsa de NY, depois que a fabricante de chips fechou um acordo de US$ 15,3bi para comprar a Mobileye, que fabrica tecnologia para carros automáticos, cujas ações por sua vez dispararam 28,2%.

Política:

“Filhinho do fundador e papai do destruidor”, Emílio Odebrecht, confirmando que a falta de caráter está no DNA da família, afirmou, em depoimento ao Juiz Sergio Moro, que "sempre existiu" caixa 2 na construtora, para doações de campanha não oficiais.

Para evitar a impressão, correta alias, de que o presidente do Brasil só se preocupa com política miúda e temas ligados à Lava Jato, o ministro Antonio Imbassahy pedirá aos seus colegas ministros que enviem uma lista com obras e eventos fora de Brasília para preparar uma agenda regular de viagens para Temer percorrer o país nas próximas semanas.

Presidente da Câmara, o deputado democrata Rodrigo Maia adiou em uma semana a votação do projeto de terceirização, ressaltando que quer tempo para conversar com as centrais sindicais, pois avalia que consegue reverter algumas posições e chegar ao plenário com o apoio de nomes hoje refratários à medida.

Mostrando que no Brasil o pensamento individual sempre se sobrepõe ao coletivo, a cúpula das Forças Armadas vai sugerir mudanças no seu próprio regime de aposentadorias para evitar que a área econômica promova mudanças em pontos do sistema que querem manter, como a baixíssima alíquota de contribuição, hoje em 7,5%.

Confirmando como é bom ter o partido na oposição, o PSOL anunciou que começou ontem a recolher assinaturas de deputados estaduais da Assembleia Legislativa de São Paulo para instaurar uma CPI que deverá apurar o pagamento de propinas a conselheiros do Tribunal de Contas do Estado, conforme delatado por executivos da Andrade Gutierrez.

Como quem tem “a insanidade de dizer que se a mulher violentada gozar não se configura estupro”, Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal, continua repetindo, a quem quiser ouvir, que o Caixa 2 é um “crime menor” e que nem sempre ele pode ser considerado corrupção.

Na mesma linha escrota de raciocínio do “excelentíssimo” juiz Gilmar Mendes, José Eduardo Cardozo, petista, puxa-saco, advogado e ex-ministro da Justiça da ex-presidenta Dilma, afirmou que a prática de caixa 2 é "decorrente da tensão política brasileira" e ressaltou que “às vezes o dinheiro não é destinado a corrupção”.

Natural, já que os 2 partidos são de esquerda e tem a mesma base ideológica, o PT, para manter seu lugar na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de São Paulo, decidiu votar unido no deputado Estadual tucano Cauê Macris, favorito a ocupar o posto de presidenta da Casa.

Unidos na picaretagem e na rapinagem do patrimônio público, o ex-presidente do PSDB de Minas Gerais, Narcio Rodrigues, discutiu com o governo da petista Dilma a federalização da fundação Hidroex, estatal mineira suspeita de superfaturamento em obras e pagamento de propina em contrato.

A Serpal, empresa falida de Juan Quirós, hoje presidente da agência que coordena concessões e privatizações na gestão João Doria, pagou R$ 20 mil, em 2010, à JD Consultoria, firma do ex-ministro José Dirceu que atualmente é investigada na Lava Jato sob suspeita de ter sido usada para o recebimento de propinas.

Crítica:

Certamente em conluio com as empresas aéreas, a ANAC, Agencia Nacional de Aviação Civil, decidiu permitir a cobrança extra por bagagem transportada, alegando que isto, que já acontece no mundo todo, poderia causar uma redução dos preços das passagens aéreas, porem, mostrando nossa mentalidade intervencionista, a Justiça Federal de SP concedeu liminar suspendendo esta decisão.

Causando uma enorme e desnecessária confusão no velho continente, o ditador turco Recep Tayyip Erdogan, que manda no país desde 2003 e mesmo assim finge que é democrático, ordenou que seus ministros fossem fazer propaganda nos demais países da Europa em defesa de um plebiscito que tem objetivo de lhe dar ainda mais poder.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário