R.B. 13/MAR/17 "Brasília com os nervos à flor da pele"



"Brasília com os nervos à flor da pele"

São Paulo, 13 de março de 2017 (SEGUNDA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, prejudicada pelo aumento da tensão política antes da divulgação, pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot, de uma lista com cerca de 80 pedidos de abertura de inquérito para investigar políticos citados em depoimentos dos delatores da Odebrecht e (2) o DÓLAR pode subir, devolvendo uma parte da forte queda registrada no pregão anterior, que aliás foi a maior desvalorização diária desde 21/SET/16, acompanhando a esperada piora do “humor” na bolsa brasileira.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,1%, tentando iniciar um movimento de recuperação após as perdas recentes, acompanhando a melhora do “humor” nas principais bolsas mundiais, sustentada pela valorização das commodities e com bom volume de negócios (R$ 8,8bi) e (2) o DÓLAR caiu -1,6% à R$ 3,14, em um “ajuste técnico” após fechar o pregão anterior no maior nível desde 19/JAN/17, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e o fluxo positivo de recursos externos.

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 1,5% e China 0,2%, à espera de novos dados do mercado de trabalho dos EUA e mesmo diante das incertezas políticas causadas pelo afastamento definitivo da presidente sul-coreana, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,4%, França 0,2% e Alemanha 0,1%, sustentadas pela avaliação positiva realizada pelo BC Europeu sobre as economias da região e beneficiadas pela divulgação de que o superávit comercial alemão subiu mais do que o esperado em JAN/17 e (3) dos EUA, S&P 0,3%, DJ 0,2% e NASDAQ 0,4%, impulsionadas pela divulgação do relatório de empregos de FEV/17, que apresentou um resultado bastante acima das expectativas dos analistas.

Reforçando as “apostas” de que a Selic terá um corte de no mínimo -1,0% na próxima reunião do Copom, que ocorrerá nos dias 11 e 12/ABR/17, em FEV/17 o IPCA, principal índice de inflação, foi influenciado pelo recuo dos preços dos alimentos e ficou em 0,33%, patamar (1) inferior ao registrado em JAN/17 (0,38%), (2) bem menor do que o esperado pelo “mercado” (0,43%) e (3) que representou o menor valor para um mês de fevereiro desde 2000.

Após sofrerem fortes cortes nos governos Lula e Dilma, os investimentos militares cresceram 36% em 2016, primeiro ano do governo Temer, o que indica que o peemedebista, sob intensa pressão institucional desde que assumiu o governo, usou a tradicional “arma do Orçamento” para manter boas relações com os militares.

“Apostando” na recuperação da economia tupiniquim, (1) o fundo de private equity Carlyle, que já tem participações relevantes em empresas como Tok Stock, Scalina e Ri-Happy, abriu uma nova rodada captação de recursos e (2) a Cooperativa Agroindustrial Lar vai investir pelo menos R$ 100mi em novos armazéns e terminais de grãos.

Com uma boa dose de razão, a corretora BGC entrou com um pedido de liminar na Justiça contra a XP Investimentos por concorrência desleal, já que a empresa perdeu 100% da receita com NDFs e 75% do faturamento com operações de câmbio após o aliciamento e contratação de cerca de 20 funcionários pela referida concorrente.

Apesar da mídia tupiniquim seguir incentivando o consumo irresponsável e superfulo, segundo uma pesquisa feita pela consultoria Intervalor, 59% dos trabalhadores que têm saldo em contas inativas do FGTS deve usar o recurso para pagar dívidas e a quitação do cartão de crédito, que tem os juros mais altos, é a mais citada.

Representando o que existe de pior no monopólio e no funcionalismo público tupiniquim, os Correios anunciaram o fechamento de 250 agências, de 6.511 próprias no país, ressaltando que a decisão faz parte da estratégia de redução de gastos da empresa, que enfrenta dificuldades financeiras.

Por conta da crise econômica e também de uma menor “benevolência” com empresas que antes eram “amigas do poder” e hoje tem seus donos ou presos ou enroscados em investigações, como a Odebrecht e a Friboi, o BNDES anunciou que, em seu balanço de 2016, divulgado na sexta-feira passada, que 2,81% de sua carteira de crédito está com inadimplência superior a 30 dias, contra apenas 0,06% auferidos em 2015.

Política:

Deixando “Brasília com os nervos à flor da pele”, amanha Rodrigo Janot, procurador-geral da República, pretende começar a apresentar ao Supremo Tribunal Federal cerca de 80 pedidos de abertura de inquérito para investigar políticos citados em depoimentos dos delatores da Odebrecht, o que certamente incluirá ministros do governo Temer, senadores e deputados.

Mostrando que, diferentemente do que quer o presidente Temer, a tramitação da reforma da Previdência será bastante trabalhosa, até mesmo o deputado peemedebista Lelo Coimbra, recém-escalado para liderar o bloco governista na Câmara, apoia formalmente ao menos 25 emendas que alteram pontos cruciais da proposta inicial, que no total já recebeu 56 emendas dos deputados.

Apesar das criticas dos partidos de esquerda, que querem abolir esta prática, atendendo a pedido do prefeito João Doria, o laboratório EMS vai doar 1,78 milhão de doses de medicamentos à rede municipal e a expectativa é que elas já estejam nas Unidades Básicas de Saúde na próxima sexta-feira.

Deputados federais que trabalham pela reforma da Previdência querem empurrar para as Assembleias Legislativas a tarefa de definir mudanças na aposentadoria dos servidores estaduais, já que segundo eles esta manobra aliviaria a pressão de categorias numerosas sobre os congressistas e facilitaria a aprovação do texto.

Linha auxiliar no PT que é contrária a mudanças nas aposentadorias, a Frente Povo Sem Medo, comandada pelo líder terrorista Guilherme Boulos, do MST, vai espalhar nas redes sociais um vídeo roteirizado pelo movimento sem-teto e narrado pelo ator e ativista de esquerda Wagner Moura.

Relator da reforma política na Câmara, o deputados petista Vicente Cândido prometeu apresentar seu parecer no final deste mês e afirmou estar bastante inclinado a propor que, com o objetivo de perpetuar os mesmos políticos no poder, o Tesouro financie ao menos 60% do custo estimado das campanhas.

Tanto petistas como tucanos e peemedebistas concordam que o ambiente de descrença generalizada nos políticos abre espaço para o PT rebater qualquer ação mais dura contra Lula com o discurso de que o ex-presidente é alvo de perseguição por parte de Sergio Moro.

Dando palanque para Renan Calheiros reclamar, de novo, do governo Temer e de Eduardo Cunha, Rodrigo Maia, presidente da Câmara, usou dinheiro publico para bancar um almoço grátis para deputados, senadores e ministros celebrarem ontem o aniversário do senador tucano Aécio Neves.

Crítica:

Provando mais uma vez que nossa Suprema Corte é formada por magistrados lenientes, Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal, afirmou, sem nenhuma vergonha na cara, que o chamado caixa 2 é defeituoso do ponto de vista jurídico, mas não tem nada de corrupção.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário