R.B. 21/FEV/17 "O mantra de que seu governo é reformista"



"O mantra de que seu governo é reformista"

São Paulo, 21 de fevereiro de 2017 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em alta, acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais, impulsionada pela valorização das “commodities” e aguardando um corte de no mínimo -0,75% da Selic na reunião do Copom desta semana e (2) o DÓLAR pode subir, recuperando uma pequena parte das fortes perdas registradas nos últimos 12 meses (-23,7%), seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e também esperando o corte da taxa básica de juros tupiniquim.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 1,2%, para fechar o dia no maior patamar desde 8/ABR/11 (aos 68.532pts), com destaque de alta para a mineradora Vale (6,2%) e impulsionada pelas “apostas” de que o Copom cortará a Selic, que é a taxa básica de juros da economia brasileira, em até -1,0% na reunião desta semana e (2) o DÓLAR caiu -0,1% à R$ 3,09, com liquidez menor por causa do feriado nos EUA e influenciado por um leilão de venda do BC e pelo recuo do risco-Brasil.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,2% e China 1,2%, acompanhando o bom desempenho das bolsas de NY na sexta-feira e também impulsionadas pelo anúncio de flexibilização de regras para os índices futuros em Pequim, (2) da EUROPA, com pouca volatilidade e baixo volume de negócios, Inglaterra 0,0%, França -0,1% e Alemanha 0,6%, divididas entre notícias distintas, como a queda do índice de confiança do consumidor europeu de FEV/17 para o pior patamar desde OUT/16, o início da discussão sobre a saída do Reino Unido da União Europeia na Câmara dos Lordes e os “rumores” de fusão envolvendo a  Deutsche Telekom, que fechou em alta de 2,46%, com a norte-americana T-Mobile e (3) dos EUA, S&P, DJ e NASDAQ permaneceram fechadas por conta do feriado do dia do presidente.

Repetindo “o mantra de que seu governo é reformista”, Temer afirmou ontem, durante um evento com empresários em SP, que (1) querer entregar um país nos trilhos ao seu sucessor, (2) já há um consenso com as centrais sindicais para a reforma trabalhista e (3) a inflação ficará abaixo da meta de 4,5% neste ano, permitindo cortes mais intensos na taxa básica de juros.

Projetando que a Selic fechará o ano em 9,5%, o “mercado” (1) reduziu, pela sétima semana consecutiva, suas “apostas” para a inflação de 2017, desta vez de 4,47% para 4,43%, mantendo-se abaixo do centro da meta (4,5%) e (2) voltou a indicar que o PIB tupiniquim crescerá apenas 0,48% neste ano.

Nos últimos 12 meses terminados em JAN/17, o preço do café solúvel subiu 14,9% e o café em pó teve alta de 20% e, para ajudar a reduzir o amargor financeiro do cafezinho, causado pela escassez de um dos tipos de café produzidos no país (robusta), o governo abriu uma janela de quatro meses para a importação.

Mostrando que finalmente o investidor tupiniquim começa a se educar financeiramente, segundo uma pesquisa divulgada ontem, feita apenas em SP, a preferência dos investidores em aplicar na caderneta de poupança caiu de 70,2% em FEV/16 para 57,3% em FEV/17, atingindo o menor patamar da série histórica.

Defendendo a absurda regulamentação que obriga a Petrobrás a comprar de produtores nacionais, mesmo com preço bem maior e qualidade bem menor, Justiça do RJ determinou a suspensão da licitação feita pela referida petrolífera para a compra de amarras para 6 plataformas dos campos do pré-sal da cessão onerosa, cuja licitação foi vencida por um empresa chinesa.

Inescrupulosa, desumana e cara de pau, a indústria farmacêutica tupiniquim, que na média reajustou seus preços em 12,5% no ano passado, anunciou que neste ano, por conta da valorização do real frente ao dólar, aumentará os preços dos medicamentos em no máximo 5%.

-    A Vale subiu 6,2%, beneficiada pela valorização das commodities e principalmente por anunciar mudanças que a transformarão em uma companhia de controle difuso, sendo assim negociada no Novo Mercado.
-    A Gol subiu 9,2%, no décimo dia seguido de valorização, acumulando ganho de 109,7%, já que na sexta-feira a empresa anunciou que viu seu prejuízo cair para R$ -30,2mi, contra um resultado negativo de R$ -1,1bi no mesmo período de 2015.

Política:

Emparedando o herdeiro político do ex-governador peemedebista e agora detento Sergio Cabral, ontem o Ministério Público do RJ processou formalmente o peemedebista Luiz Fernando Pezão, atual governador do referido estado, por improbidade administrativa, já que ele gastou menos em saúde do que determina a lei, e pediu a perda da sua função pública, suspensão dos seus direitos políticos e o pagamento de multa e de danos morais difusos em valor a ser calculado.

Com a oposição dos deputados estaduais do PSDB, que provam mais uma vez que são tão fisiologistas e hipócritas quanto os petistas, ontem, por 41 votos a 28, a Assembleia Legislativa do RJ aprovou o projeto de lei que permite a privatização da Companhia Estadual e Água e Esgoto, o que é uma contrapartida ao pacote de socorro financeiro negociado com a União.

Contrariado, o presidente Temer sinalizou à bancada do PMDB que considera ter ido além do limite sua pressão pelas nomeações do ministro da Justiça e do líder do governo na Câmara, ressaltando que os 2 cargos, assim como a chefia de algumas comissões, precisam ser definidos em conjunto para permitir compensações.

Em busca de investidores, depois do road show pela Europa e pelos EUA, auxiliares do governador tucano Alckmin, de SP, preparam viagem para a China para apresentar oportunidades de negócios em rodovias, no metrô, nos projetos de habitação e nos aeroportos que serão leiloados ainda neste ano.

Crítica:

Hoje, em uma sessão que deve ser bastante tensa, o ex-ministro da justiça Alexandre de Moraes, que é acusado de plagiar livros e de ter advogado para o PCC, será sabatinado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, que é formada majoritariamente por “nobres senadores” investigados na Lava Jato, para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal e a aprovação do seu nome é 99% garantida, o que fará com que ele, que tem apenas 49 anos, possa exercer durante 26 anos o cargo.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário