R.B. 22/DEZ/16 "Se lascando para a livre concorrência"



"Se lascando para a livre concorrência"

São Paulo, 22 de dezembro de 2016 (QUINTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, prejudicada pelo recuo das commodities, pressionada pela divulgação de novas denuncias contra a Odebrecht e políticos, desta vez vindas dos EUA, e acompanhando as perdas das principais bolsas mundiais e (2) o DÓLAR pode subir, recuperando perdas após 4 pregões seguidos de baixa, influenciado pelos mesmos motivos que devem derrubar a bolsa brasileira.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,1%, com baixo volume de negócios (R$ 5,5bi), mesmo com as perdas das bolsas de NY e deixando de lado o conturbado cenário político tupiniquim e (2) o DÓLAR caiu -0,5% à R$ 3,33, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e o desempenho positivo da bolsa brasileira.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão -0,2%, realizando lucros recentes e prejudicada pela valorização da moeda local (o iene) frente ao dólar e China 1,1%, sustentada por novos recordes em NY e pela diminuição de temores relacionados ao mercado de bônus do país, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,1%, França -0,3% e Alemanha -0,1%, com papéis do setor financeiro mostrando fraqueza diante de decisões judiciais negativas de um tribunal da União Europeia e de outro na Suíça e da continuidade das dúvidas sobre a sustentabilidade do sistema bancário italiano e (3) dos EUA, em um movimento de realização de lucros e com baixo volume de negócios, S&P -0,2%, DJ -0,2% e NASDAQ -0,2%, com as ações de saúde e setor imobiliário perdendo terreno um dia após o NASDAQ e o DJ atingirem máximas recordes.

Ajudando a aumentar as “apostas” de redução mais intensa da Selic, atualmente em 13,75% ao ano, na próxima reunião do Copom, em DEZ/16 o IPCA-15, previa da inflação oficial do pais, ficou em 0,19%, patamar menor que o esperado (0,29%), aquém do auferido no mesmo período de NOV/16 (0,26%) e também o menor para o mês desde 1998, acumulando com isto uma alta de 6,58% ao longo de todo ano de 2016.

“Se lascando para a livre concorrência” e desprezando o efeito nocivo para o já capenga e extremamente concentrado mercado financeiro tupiniquim, ontem o Cade, que deveria atuar em favor do consumidor, aprovou a Cade aprovou sem restrições a aquisição pela XP Investimentos do controle da Rico Corretora.

A confiança é a base de sustentação de qualquer economia e, indicando que o Brasil deve demorar para sair do atoleiro em que se meteu, (1) segundo uma pesquisa divulgada ontem pelo Sebrae, apenas 18% dos donos de pequenas empresas acreditam que o fim da crise será em 2017 e a maioria deles, 52,4%, esperam que a crise termine apenas em 2019 ou depois e (2) em 2016 o número de empresas e pessoas declaradas inidôneas pela Controladoria-Geral da União cresceu 27,3% na comparação com 2015.

Como “em tempos de tempestades dinheiro volta para os portos seguros”, segundo uma pesquisa divulgada ontem pelo Instituto para Finanças Internacionais desde OUT/16 os investidores não-residentes retiraram um total de US$ -23bi de mercados emergentes, incluindo US$ -18bi desde a eleição de Trump como presidente dos EUA em 8/NOV/16.

Se rendendo à realidade dos números e dos fatos, Meirelles, ministro da Fazenda, afirmou ontem que sua equipe econômica, apesar de acreditar na possibilidade, não conta com uma recuperação do PIB já no primeiro trimestre do ano que vem.

Para tentar reduzir as dívidas das famílias mais carentes, Temer vai anunciar hoje a autorização para saque de até R$ 1.000 de contas inativas do FGTS e também mudanças na legislação trabalhista que abrem caminho para que acordos coletivos estabeleçam jornadas maiores e negociem benefícios atualmente garantidos aos trabalhadores em lei.

Por conta de decisões equivocadas do governo Dilma, que preferia fazer negócios com republiquetas como Venezuela e Cuba, o Brasil, que até 2015 constava entre os 10 principais parceiros comerciais da União Europeia, deve terminar este ano de 2016 fora dessa lista, cedendo lugar para o Canadá.

-    A Petrobrás caiu -0,1%, porem, após o fechamento do pregão, a empresa anunciou que vendeu, por US$ 2,2bi, participações em áreas do pré-sal e usinas térmicas para a francesa Total.

Política:

Para tentar esclarecer que a aprovação da renegociação das dívidas dos Estados sem contrapartidas não foi retaliação à equipe econômica, Rodrigo Maia, presidente da Câmara, convidou o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, para almoçar hoje em sua residência oficial, e vai aproveitar para também “garantir” que vai votar a reforma da Previdência.

Apesar de 3 diretores delatores da Odebrecht, que se estiverem mentindo perdem o direto da redução da pena, terem dito que a referida construtora comprou, por intermédio de outra empresa, um terreno destinado à construção de nova sede para o instituto Lula, os defensores do ex-presidente afirmaram que a Operação Lava Jato atingiu um "grau de loucura" para impedir que o petista seja candidato em 2018.

Por conta de um ano tumultuado em que a prioridade do governo foi a aprovação de medidas como a imposição de teto para o gasto público, a oferta de internet sem fio em ônibus, os jogos on-line e a regulação de serviços de transporte por aplicativo são alguns dos temas que ficaram para serem votados pelo Congresso em 2017.

Suspeitos de receber uma espécie de "mensalinho" para apoiar projetos do Executivo, 12 dos 15 vereadores de Foz do Iguaçu, uma das cidades mais importantes do Paraná, foram presos e o orçamento da cidade para 2017 teve que ser aprovado por suplentes.

-    Coberto de razão e tentando impedir as loucuras do tucano Alexandre de Moraes, atual ministro da Justiça, o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária já avisou que vai atuar contra o Plano Nacional de Segurança Pública.
-    Em uma reação à recondução de Aécio Neves ao comando do PSDB, na segunda-feira Alckmin, governador tucano de SP, receberá 2 governadores do PSB, partido que tem cortejado ele para ser candidato a presidente pela legenda em 2018.
-    Ao lado de Alckmin, o governador tucano de SP, com quem trocou inúmeros elogios e afagos, ontem o presidente Temer esteve em Mogi das Cruzes para, como político populista que é, inaugurar unidades do programa Minha Casa, Minha Vida.
-    Torrando, em euros, dinheiro publico, Rodrigo Janot, procurador-geral da República que deveria se preocupar em investigar políticos corruptos, decidiu participar do Fórum Econômico Mundial, a realizar-se entre os dias 17 e 20/JAN/17 em Davos, na Suíça.

Crítica:

Como se fosse socialista e não entendesse que intervenções no livre mercado são nocivas à economia, Meirelles, ministro da Fazenda, afirmou ontem, provavelmente atuando mais como político do que como economista, que, se não houver queda dos juros do cartão de crédito até JNA/17, o Conselho Monetário Nacional reduzirá o prazo de pagamento dos bancos e operadoras de cartão aos lojistas.

Em um mundo cada dia mais vigilante e com menos liberdade, o Facebook divulgou que as solicitações governamentais de dados de usuários subiram 27% na primeira metade de 2016 ante mesmo período do ano passado, com as agências norte-americanas no topo da lista.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário