R.B. 11/NOV/16 "Convenientemente apenas falando de cargos executivos"



"Convenientemente apenas falando de cargos executivos"

São Paulo, 11 de novembro de 2016 (SEXTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, recuperando uma boa parte das perdas registradas no pregão anterior, beneficiada pela valorização das commodities e pelas expectativas de maior crescimento dos EUA no governo Trump e (2) o DÓLAR pode cair, em um “ajuste técnico” após a forte alta do pregão anterior e seguindo a esperada melhora do “humor” na bolsa brasileira, porem deve-se ressaltar que a tendência segue sendo de alta.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -3,2%, revertendo uma abertura positiva, mesmo com o desempenho positivo das bolsas de NY, para fechar o dia com um gigantesco volume de negócios (R$ 16,5bi) e com a maior baixa percentual desde 9/SET/16, pressionada principalmente pelas ações do setor financeiro e da Petrobras (-5,0%) e (2) o DÓLAR subiu 5,0% à R$ 3,36, registrando a maior alta diária desde OUT/08, diante do forte aumento das “apostas” de alta dos juros nos EUA e de redução da Selic no Brasil.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 6,7% e China 1,4%, recuperando as perdas causadas pelo “susto” com a vitória de Trump nas eleições presidências norte-americanas e beneficiadas pela valorização das commodities, (2) da EUROPA, em uma sessão sem divulgação de indicadores relevantes, Inglaterra -1,2%, França -0,3% e Alemanha -0,2%, realizando lucros recentes, prejudicadas pela queda do petróleo e pressionadas pela divulgação de resultados fracos de empresas do setor de saúde e (3) dos EUA, sem uma tendência única, porem com o DJ fechado no maior patamar da história, S&P 0,2%, DJ 1,2% e NASDAQ -0,8%, com destaques de alta para as ações do setor bancário e destaques de queda para as ações de tecnologia, num momento em que Wall Street reorganizou suas apostas de quem perde e de quem ganha com Trump na presidência do país.

Mostrando que o país começa a atrair “investidores de verdade”, após elogiar a aprovação pelo Congresso do projeto que acaba com a obrigatoriedade da Petrobras ser a operadora única do pré-sal, ressaltando que isto ampliará a participação privada na exploração, Ben Van Beurden, presidente mundial da Shell, afirmou que a multinacional petrolífera pretende investir US$ 10bi nos próximos 4 anos no Brasil.

Rendendo-se à realidade, além de jogar a toalha sobre a volta do crescimento no final deste ano, a equipe econômica do governo Temer acaba de reduzir, de 1,6% para 1,0%, sua “aposta” para o desempenho da economia tupiniquim no ano que vem e, para tentar reverter esse cenário, já no inicio de 2017 serão lançadas reformas microeconômicas e medidas no campo da produtividade e competitividade.

Em uma conjuntura que engloba menor demanda, redução da pressão inflacionária e tendência de queda da taxa básica de juros pelo Copom, em OUT/16, pela primeira vez em 24 meses, a taxa média de juros cobrada de pessoas recuou míseros -0,04% na comparação com SET/16 (de 8,24% para 8,20% ao mês).

Renan Calheiros, presidente do Senado, fez os últimos acertos na proposta e já está quase certo que o novo programa de repatriação de recursos ilegais no exterior terá como data inicial de inscrição como 1º de fevereiro, com 40 dias de prazo para adesão e aumento de 15% para 17,5% da multa, alem dos 15% de imposto.

Indicando que, para sair da recessão, o Brasil tem ainda muito trabalho pela frente, em SET/16 as vendas varejo no tupiniquim, registrando o pior desempenho para o mês em 14 anos, recuaram -1% na comparação com o mês anterior e -5,9% em relação à SET/15, apresentando assim o 18º mês seguido de retração.

Ineficiente, caro e inexplicavelmente monopolista, os Correios, que agora paga o pato da rapinagem que passou durante os governos Lula e Dilma, anunciou ontem que até DEZ/16 iniciará um plano de demissão voluntária em que espera ter a adesão de cerca de 8.000 de seus trabalhadores, gerando assim uma economia de até R$ 1bi por ano sua folha salarial.

Conforme já era esperado, a vitória de Trump, que diz abertamente não acreditar na mudança climática, nas eleições presidenciais dos EUA fez ações de empresas de energia limpa, como eólica e solar, caírem nas Bolsas, enquanto os papéis de produtores de equipamentos pesados e de ferrovias subiram.

-    O Bradesco despencou -8,9%, após anunciar que seu lucro líquido ajustado recuou -1,6% no terceiro trimestre, na comparação com o mesmo período de 2015, atingindo “apenas” R$ 4,5bi.
-    O Banco do Brasil recuou -6,4%, também após anunciar que seu lucro líquido ajustado caiu -18,9% no terceiro trimestre deste ano na comparação anual.
-    A Petrobras caiu -5,0% e, após o fechamento do pregão, a estatal anunciou que no terceiro trimestre deste ano, depois de um segundo trimestre de alívio, registrou um prejuízo de R$ -16,5bi, provocado, principalmente, por nova baixa no valor de seus ativos, porem ressaltou que apesar disto seus resultados operacionais melhoraram.
-    A Vale disparou 8,2%, sustentada pela forte alta do minério de ferro na China pela quarta sessão consecutiva e pelas expectativas de um forte aumento dos investimentos no setor de infraestrutura nos EUA.

Política:

“Convenientemente apenas falando de cargos executivos” (prefeito, governador e presidente) e se esquecendo que o mesmo deveria valer para o legislativo (vereadores e deputados estaduais, federais e distritais), o peemedebista Renan Calheiros, presidente do Senado, “avisou” que vai colocar em pauta nas próximas semanas a proposta de fim da reeleição.

Alem de enfrentar o descrédito junto ao eleitorado, o PT está em uma enorme guerra interna que pode causar uma gigantesca desfiliação, já que de um lado está Lula, que defende eleições indiretas para definição da nova diretoria e presidência do partido, porem de outro, que tem a maioria, estão aqueles que defendem que a eleição ocorra em votação com participação de todos os filiados.

Ressaltando que não homofóbico, o deputado Jair Bolsonaro, que está radiante e otimista com a vitória de Trump nas eleições presidenciais dos EUA, comemorou, em um evento na Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco, a decisão do Conselho de Ética da Câmara, por 11 votos a 1, de arquivar a representação que pedia a cassação do seu mandato.

Mostrando que Lula roubou até o time que torce, ontem Teori Zavascki, ministro do Supremo Tribunal Federal, autorizou a abertura de um inquérito para investigar o deputado federal Andrés Sanchez, do PT de SP, que é acusado de receber propina de R$ 500 mil pela Odebrecht quando ele era presidente do Corinthians e estava construindo o Itaquerão.

Em contraste com a “vida tranquila” que levava quando era vice de Dilma, segundo “rumores” Temer está exausto, já que é absorvido quase todo o tempo em preencher lacunas do governo na negociação com o Congresso, pois o peemedebista Geddel Vieira Lima, ministro-chefe da Secretaria de Governo e encarregado de fazer as negociações com os parlamentares, é conhecido pelo temperamento explosivo, o que levaria os deputados a muitas vezes recorrer diretamente ao presidente.

Provando, pela enésima vez, que petistas não diferenciam o publico do privado, ontem ficou comprovado que rede de computadores da Secretaria de Educação da Prefeitura de SP, sob a gestão do petista Fernando Haddad, foi usada por um funcionário publico para fazer ataques pessoais ao senador tucano Aécio Neves, ligando ele ao consumo e ao tráfico de drogas.

Como, de direita ou de esquerda, os governos tupiniquins não se cansam de dar dinheiro publico para empresas privadas, a equipe de Temer prepara um plano de incentivo à aviação regional que prevê subsídio às companhias aéreas e a reforma de 53 aeroportos no país ao custo de R$ 300mi até o fim de 2017 principalmente para adequação de pistas e terminais.

Temer se comprometeu com o ministro Sarney Filho, do Meio Ambiente, a vetar o artigo da medida provisória do setor elétrico com incentivo a termelétricas a carvão, já que o referido filho do ex-presidente Sarney não queria viajar à COP 22 sem o veto.

Crítica:

Enquanto estudantes ignorantes, que segundo o presidente Temer nem sabem o que é uma PEC, usados como massa de manobra do PT, do PC do B e do PSOL, seguem ocupando escolas para protestarem ao invés de estudarem, foi divulgada uma pesquisa do Ibope indicando que nada menos do que 72% dos brasileiros são a favor de uma reforma no ensino médio.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário