R.B. 31/OUT/16 "Detesta a democracia quando esta não lhe favorece"



"Detesta a democracia quando esta não lhe favorece"

São Paulo, 31 de outubro de 2016 (SEGUNDA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, alheia ao movimento descendente das principais bolsas mundiais, com os investidores “comemorando” mais uma derrota do PT no segundo turno das eleições municipais tupiniquins e com isto aumentando as “apostas” de que o governo Temer conseguirá aprovar no Congresso as medidas necessárias para retomar a confiança e tirar o Brasil da crise e (2) o DÓLAR pode cair, acompanhando a esperada melhora do “humor” na bolsa brasileira e devolvendo uma parte da forte alta registrada no pregão anterior.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,1%, renovando a máxima desde ABR/12, mesmo com as perdas das bolsas de NY, com bom volume de negócios (R$ 8,3bi), sustentada por ações de empresas do setor financeiro, como Itaú (0,8%), Bradesco (0,4%) e Santander (0,7%) e (2) o DÓLAR subiu 1,0% à R$ 3,19, para fechar em território positivo pelo terceiro pregão consecutivo, impulsionado pelo anúncio de que o FBI voltou a investigar e-mails de Hillary Clinton, pela divulgação de que o PIB dos EUA cresceu mais do que o esperado e pela percepção de que a maior parte do fluxo da repatriação de recursos mantidos irregularmente no exterior já teria entrado no Brasil.

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão 0,6%, sustentada pelo bom desempenho das exportadoras, diante da desvalorização da moeda local (iene) frente ao dólar e China -0,3%, ainda em meio a preocupações com a desaceleração do crescimento da economia do país e à espera da divulgação do PIB dos EUA, (2) da EUROPA, também sem uma tendência única, Inglaterra 0,1%, França 0,3% e Alemanha -0,2%, reagido de formas distintas à divulgação de vários balanços e influenciadas pelo comportamento do petróleo, que oscilou bastante durante o pregão, e pelo anúncio de que em OUT/16 o índice de sentimento econômico da zona atingiu o nível mais alto desde DEZ/15 e (3) dos EUA, devolvendo os ganhos da abertura, causada pela divulgação do PIB do país melhor do que o esperado, S&P -0,3%, DJ -0,1% e NASDAQ -0,5%, diante do anuncio de que o FBI voltou a investigar e-mails de Hillary Clinton enviados por meio de um servidor privado, quando ocupava o cargo de secretária de Estado no governo Obama.

Coberto de razão, Meirelles, ministro da Fazenda, afirmou ontem que não arreda o pé do prazo mínimo de 10 anos para rever o teto dos gastos do governo, aprovado em segundo turno pela Câmara na PEC 241, ressaltando que seria um equívoco alterar as regras antes disso e que o êxito do teto depende de uma reforma profunda para frear a despesa com a Previdência Social, a que mais cresce no Orçamento.

Apesar de dizer que atualmente o Brasil está interessante para empresas e investidores ao redor do mundo aplicarem recursos em projetos de logística e energia, o inglês James Stewart, diretor da área de infraestrutura da KPMG, que é uma das maiores consultorias do mundo, alertou que é preciso que, no prazo de 2 anos, haja um histórico de negócios bem-sucedidos no setor, ressaltando que em sua opinião as condições para que isso aconteça ainda não estão postas.

Quase como naquela piada na qual o “comerciante malandro” vende tudo pela metade do dobro, as construtoras tupiniquins, atualmente sofrendo bastante com devolução de unidades e forte retração das vendas, começaram a dar descontos de até 25% no preço de tabela para desencalhar unidades em estoque e resolverem seus problemas de falta de caixa.

Confiando cegamente na falta de educação do brasileiro, os bancos tupiniquins agora oferecem prêmios em sorteios para tentar segurar o dinheiro dos investidores na poupança, que é uma fonte barata de recursos e que na maioria das vezes tem uma rentabilidade menor do que a inflação.

Perdendo bastante força e assim “permitindo” novas reduções da Selic, o IGP-M, índice de inflação usado como referência para a correção de valores da maioria dos contratos de aluguel, avançou 0,16% em OUT/16 em relação a SET/16, porem ainda acumula uma forte alta de 8,78% nos últimos 12 meses.

Apesar da crise que assola o país, o comércio eletrônico brasileiro projeta faturamento de R$ 2,14bi na Black Friday tupiniquim, que ocorre entre os dias 24 e 27NOV/16, o que, se confirmado, representará um crescimento será de 18% em relação ao resultado auferido no ano passado.

Como é “muito amiguinha” das empresas que deveria fiscalizar, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou no final da semana passada, por 4 votos a 1, um Termo de Ajustamento de Conduta para permitir que a Telefônica Brasil, que opera com o nome de Vivo, troque o pagamento de R$ 2,0bi em multas por uma promessa de investimentos de R$ 4,87bi em sua rede e na melhoria do seu péssimo atendimento.

Crescendo de forma exponencial no mundo e também no Brasil, o setor de energia solar deverá investir de R$ 4bi a R$ 6bi em novas usinas com o leilão de energia de reserva marcado para DEZ/16, porem, diante do desaquecimento da economia tupiniquim, o preço de contratação deverá cair em relação ao último leilão de 2015, em que o valor médio foi de R$ 297,75 por megawatt-hora, com deságio de -21% em relação ao teto estabelecido.

-    A Usiminas disparou 11,2%, após a divulgação do balanço do terceiro trimestre com resultados melhores do que o esperado.

Política:

Mostrando que “detesta a democracia quando esta não lhe favorece”, Lula, pela primeira vez desde a redemocratização do Brasil, decidiu não votar ontem em São Bernardo, que elegeu um prefeito tucano, mostrando que o segundo turno das eleições municipais tupiniquins decretou a falência política e moral do PT, que apenas em SP caiu de 72 em 2012 para 8 prefeituras em 2016 e no Brasil todo recuou de 638 para 254 cidades comandadas na mesma base de comparação.

Ressaltando que “o discurso do golpe não colou”, o Palácio do Planalto comemorou o resultado do segundo turno das eleições municipais, que claramente consolidou a ampla base do governo do presidente Temer, que por sua vez agora espera dos aliados disposição em "dividir o ônus" para enfrentar a crise.

No Recife, onde Lula e Dilma foram atrapalhar, o ex-prefeito petista João Paulo, que foi derrotado por 38,7% a 61,3%, mostrou que é um péssimo perdedor ao acusar seu adversário, o prefeito reeleito Geraldo Julio, do PSB, de "enganar a população" ao não reconhecer os supostos investimentos do governo petista na capital pernambucana.

Estratosféricos 26,8% de abstenções, 15,9% de votos nulos e 4,2% de votos em branco, a eleição para prefeito do RJ, vencida com 59,4% dos votos válidos pelo “bispo” a Igreja Universal Marcelo Crivella, teve 46,9% da população dizendo em alto e bom sim que está farta dos atuais políticos.

Grande vitorioso das eleições municipais de 2018, Alckmin, o governador tucano de SP que já tinha eleito em primeiro turno João Doria como prefeito da maior cidade do país, também teve várias vitórias importantes ontem, como no Guarujá com o aliado PSB, em Sorocaba e Fraca com o DEM, em Bauru com o PSD e em Ribeirão Preto e Jundiaí com o próprio PSDB.

O Clã Sarney, que juntamente com Lula representa o que existe de pior na política brasileira, perdeu as eleições do segundo turno nas prefeituras do Amapá e de São Luiz do Maranhão.

Após aprovar a proposta que congela os gastos federais, prioridade legislativa do governo neste ano, o plenário da Câmara dos Deputados prepara para NOV/16 e DEZ/16 um roteiro de votações focado nas áreas econômica, educacional, jurídica e de segurança pública.

Crítica:

Na vanguarda na tecnologia, já que vai revolucionar a produção de energia em todo mundo e gerar muitos benefícios para bilhões de pessoas, o mega empresário Elon Musk lançou na semana passada, em conjunto com as marcas TESLA e SolarCity (ambas com ações negociadas na bolsa de NY), telhados que produzem energia elétrica através da energia solar e que terão um preço nos EUA mais barato que a instalação de telhados tradicionais combinados com o custo da energia elétrica convencional consumida.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário