R.B. 5/AGO/16 "Sua enorme capacidade de rapinar o dinheiro das ovelhinhas"



"Sua enorme capacidade de rapinar o dinheiro das ovelhinhas"

São Paulo, 5 de agosto de 2016 (SEXTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, realizando lucros após 3 pregões consecutivos de alta, acompanhando a baixa das commodities e influenciado pelo esperado aumento das “apostas” de alta dos juros nos EUA e de queda dos juros no Brasil e (2) o DÓLAR pode subir, em um “ajuste técnico” após 3 pregões consecutivos de queda, influenciado pelos leilões de compra do BC e pelos mesmos motivos que devem derrubar a bolsa brasileira.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,9%, para fechar o dia no maior patamar desde 5/MAI/15 (aos 57.594pts), acompanhando o movimento ascendente das principais bolsas mundiais, impulsionada pela valorização do petróleo (2,7%) e beneficiada pela melhora do humor relação ao ajuste fiscal tupiniquim e (2) o DÓLAR caiu -1,4% à R$ 3,19, para fechar o dia no menor patamar desde 21/JUL/15 e rompendo o piso psicológico dos R$ 3,20, acompanhando o fluxo positivo de recursos externos e a desvalorização internacional da moeda norte-americana e influenciado pelo pacote de estímulos anunciado pelo BC da Inglaterra.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 1,1% e China 0,2%, favorecidas pela recuperação do petróleo e à espera de novos estímulos monetários no Reino Unido, (2) da EUROPA, Inglaterra 1,6%, França 0,6% e Alemanha 0,6%, beneficiadas pela decisão do BC da Inglaterra de lançar medidas mais “agressivas” do que se esperava de estímulo à economia para minimizar os impactos da saída do Reino Unido da União Europeia e (3) dos EUA, próximas da estabilidade e rondando os maiores patamares da história, S&P 0,1%, DJ -0,1% e NASDAQ 0,1%, em um movimento de cautela antes da divulgação do relatório de emprego referente ao mês de JUL/16, que por sua vez pode elevar possibilidade do Fed (“BC” local) elevar os juros em SET/16.

Por obra e “culpa” de Meirelles, que cada dia mais confirma sua força no governo Temer, o ministério da Fazenda decidiu endurecer sua posição em relação ao projeto de lei que autoriza a renegociação das dos Estados com o Tesouro Nacional, ressaltando ser “inegociável” o dispositivo que proíbe os governos estaduais de conceder reajustes ou contratar novos funcionários pelo prazo de 2 anos.

Ressaltando que vê o BC como uma solução, e não como causa da recessão no País, Ilan Goldfajn afirmou que não está preocupado com as críticas aos juros altos, que a queda da inflação vai afetar positivamente o humor das pessoas, elevar a credibilidade do país e consequentemente atrair novos investimentos.

Podendo ajudar na redução dos índices de inflação e consequentemente estimular o BC tupiniquim a reduzir a taxa básica de juros, os moradores de SP e região metropolitana devem começar a notar ainda neste mês a redução das contas de luz, que foi de -7,3% para casas e comércios e de -9,74% para as indústrias e grandes consumidores.

Dando um importante sinal positivo, em JUL/16 o índice que avalia o humor da opinião pública com base em postagens nas redes sociais e publicações nos meios de comunicação atingiu 49% de positividade, o que representa uma alta de 10% em relação aos 39% registrados no mês anterior e um forte e rápido avanço na comparação com os 7%, que foi o menor patamar da história, atingidos em FEV/16.

Indicando que as coisas estão melhorando, (1) apresentando a quarta alta mensal consecutiva, em JUN/16 a produção de eletroeletrônicos no Brasil cresceu 1,3% na comparação com MAI/16 e (2) em JUL/16 as exportações brasileiras de veículos foram 61% maiores do que no mesmo período de 2015.

Por conta da crise e também da busca por melhores, mais seguras e mais rentáveis formas de investimento em JUL/16 a caderneta de poupança, que por falta de educação financeira da população continua sendo a aplicação mais popular do Brasil, registrou saída líquida de R$ -1,115bi, acumulando nos 7 primeiros meses deste ano um déficit de R$ -43,7bi, o que representa a maior perda para o período na série iniciada pelo BC em 1995.

“Apostando” no Brasil, o Conselho de Administração da Ultrapar, dona da distribuidora de combustíveis Ipiranga, aprovou proposta para associação entre sua subsidiária Ipiranga e a petroleira Chevron a fim de criar uma nova empresa no mercado brasileiro de lubrificantes.

A Cetip, que aguarda aval dos reguladores para se unir com a BM&FBovespa, apresentou um lucro líquido de R$ 140,3mi no segundo trimestre deste ano, o que representa um crescimento de 18,2% em relação ao observado no mesmo período do ano passado.

Política:

Por conta da proibição das doações de empresas e da “sua enorme capacidade de rapinar o dinheiro das ovelhinhas”, as Igrejas evangélicas serão enormemente beneficiadas pela nova legislação eleitoral, já que arrecadam doações para seus partidos políticos apenas de pessoas físicas, e já articulam um grande número de candidaturas próprias para prefeito e também para ampliar substancialmente suas bancadas nas Câmaras Municipais tupiniquins.

Criada por Dilma para abrigar mais petistas vagabundos, a Empresa Brasil de Comunicação, que não tem nenhuma audiência ou serventia e que para o bem das contas publicas deve ser extinta, postou em sua conta oficial um tweet ironizando a presença do presidente Temer na abertura dos jogos Olímpicos do RJ, porem a publicação foi deletada pouco tempo depois.

Tomando ciência, aos poucos como sua baixa capacidade intelectual permite, de que “sua vaca foi para o brejo”, a ex-presidenta Dilma mandou preparar uma carta aos 81 senadores, que será entregue na semana que vem, na qual ela defende a realização de um plebiscito com o objetivo de definir a realização de novas eleições e a reforma política no país.

Mostrando que o PT se afasta rapidamente de sua mais acéfala e nociva criatura, Rui Falcão, presidente do partido, nem mesmo esperou a divulgação da carta de Dilma para dizer que é contra o plano de consulta popular e os senadores petistas, obviamente de forma reservada, já admitem que vão comemorar se a referida ex-presidenta ao menos mantiver os 22 votos da admissibilidade do impeachment na votação final.

Defendido com lágrimas na tribuna do Senado por sua esposa, a senadora petista Gleisi Hoffmann, ontem o também petista Paulo Bernardo, ex-ministro do Planejamento, teve sua denuncia acatada pela Justiça Federal em SP e passa a condição de réu na ação penal relativa a casos de corrupção que renderam propinas que superam R$ 100mi.

Crítica:

Mostrando, pela enésima vez, que no Brasil o crime compensa, a família Odebrecht, que em qualquer país sério estaria falida e com seus líderes na cadeia, sentiu apenas um pouquinho o peso da Operação Lava Jato, já que a construtora permanece funcionando e a sua fortuna pessoal caiu apenas de R$ 13bi para R$ 11,9bi.

Hoje começam os Jogos Olímpicos do RJ, com uma festa de abertura que, criticada pelos organizadores e defendida pela TV Globo, deve envergonhar o país frente ao mundo, e deixando como legado, assim com ocorreu na Grécia, uma conta muito pesada para a população brasileira.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário