R.B. 27/JUL/16 "Mais triste ainda é ver a ignorância de pessoas publicas"



R.B.
"Mais triste ainda é ver a ignorância de pessoas publicas"

El Colorado, 27 de julho de 2016 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, pressionada pelo aumento dos "ruídos" em torno do ajuste fiscal e cada dia mais prejudicada pela crescente vergonha global que o Brasil passará ao realizar os jogos Olímpicos no RJ e (2) o DÓLAR pode subir, acompanhando a esperada piora do “humor” na bolsa brasileira e também influenciado pela provável sinalização do Fed (“BC” dos EUA) de que a taxa de juros da maior economia do mundo deve subir em breve.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,2%, revertendo o movimento ascendente que durou “quase” todo o dia nos últimos minutos do pregão, pressionada pelo recuo das ações da Petrobrás (-1,2%), influenciadas pela fraqueza dos preços do petróleo no mercado internacional, e pela queda das ações dos bancos, como Itaú (-1,3%) e Bradesco (-0,8%) e (2) o DÓLAR caiu -0,5% à R$ 3,27, influenciado pelo tom mais cauteloso da ata da última reunião do Copom, que indicou que são remotas as chances de redução da taxa básica de juros tupiniquim no seu próximo encontro.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão -1,4%, diante dos “temores” de que as autoridades locais façam menos do que o esperado para estimular a economia doméstica e China 1,3%, recuperando perdas recentes, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,2%, França 0,1% e Alemanha 0,2%, sustentadas por ações de empresas dos setores de consumo e saúde, que compensaram as persistentes preocupações com o sistema bancário da região e (3) dos EUA, sem uma tendência única e ainda em “modo cautela” antes da decisão de política monetária do Fed (“BC” local), S&P 0,1%, DJ -0,1% e NASDAQ 0,2%, reagindo ao noticiário corporativo, com resultados negativos do McDonald’s (-4,5%) e da Verizon (-1,9%) sobrepujando bons números de companhias como Caterpillar (5,2%) e United Technologies (3,1%).

Em um tom considerado cauteloso, na ata da reunião do Copom da semana passada o BC tupiniquim ressalta que tem dúvidas sobre o ritmo de queda da inflação e de aprovação de medidas na área fiscal, deixando claro que estas são as 2 principais premissas para que se inicie um ciclo de corte da taxa básica de juros, que ao que tudo indica não será na próxima reunião, que ocorrerá no final de AGO/16.

Como que batendo no peito e dizendo “deixa comigo”, Rodrigo Maia, novo presidente da Câmara, afirmou ontem que, se a queda da taxa de juros depender “apenas” da aprovação da agenda econômica no Legislativo, ainda este ano o país voltará a crescer a Selic vai cair.

Mesmo com a queda do dólar, nos 6 primeiros meses deste ano os gastos brasileiros no exterior, afetados pela crise econômica tupiniquim, recuaram -34,5% na comparação com o mesmo período de 2015, o que tem o lado positivo de contribuir para reduzir o déficit do Brasil nas suas transações de bens, serviços e rendas com outros países.

Dando mais um sinal do estouro da bolha imobiliária tupiniquim, no primeiro semestre deste ano os financiamentos imobiliários concedidos com recursos da poupança somaram R$ 22,6bi, o que representa um volume -49,5% menor do que o registrado no mesmo período do ano passado.

Por conta de um desempenho mais fraco da balança comercial, causado obviamente pelo recuo do dólar, em JUN/16, depois de 2 meses no azul, o Brasil voltou a registrar um déficit nas suas transações comerciais e financeiras com o resto do mundo, desta vez de US$ -2,5bi.

Vendo uma luz no fim do túnel da economia tupiniquim, quase 4 anos após encerrar sua atividade de vendas on-line no Brasil, o Carrefour anunciou que vai voltar a vender produtos pela internet, porem a venda de alimentos, de operação considerada mais complexa devido à distribuição de perecíveis, está programada para o ano que vem.

Para “mostrar serviço” no maior número de locais possível, Dyogo Oliveira, ministro do Planejamento, anunciou que o governo Temer pretende retomar 2.000 obras de pequeno porte que estão paralisadas pelo país, ressaltando que o saldo a pagar dessas obras, pertencentes ao PAC e feitas em convênios com estados e municípios, é estimado em R$ 2bi.

Como as empresas de telefonia sempre foram muito “amigas” dos políticos, figurando entre as principais doadoras para os partidos, em 22 das 27 capitais do país o número de usuários por antena de telecomunicações está abaixo da média recomendada pelo setor, o que explica a péssima qualidade do sinal dos celulares e a internet móvel.

A Apple, que faz tempo não inova e se apoia apenas nos seus consumidores viciados e reféns de sua tecnologia, ontem, após o fechamento da bolsa de NY, foi anunciado que As vendas globais de iPhones, responsáveis por 2/3 de seu faturamento, caíram -23% no segundo trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano anterior, o que fez seu lucro líquido recuar -27,1% na mesa base de comparação.

Política:

Como que legislando à favor de parlamentares corruptos, de sonegadores e de todas as classes de bandidos, o deputados do DEM Rodrigo Maia, que é o novo presidente da Câmara, indicou ontem que o governo poderá patrocinar mudanças nas regras para a nefasta repatriação de recursos não declarados depositados no exterior.

Como o país precisa que o Congresso Nacional trabalhe mais e as eleições municipais devem afastar os parlamentares de Brasília, Rodrigo Maia, novo presidente da Câmara, afirmou que a Casa voltará aos trabalhos já na próxima segunda-feira, dia em que ele marcará sessão deliberativa.

Fazendo justiça e defendendo a Constituição brasileira, ontem o Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina proibiu a realização no Estado de um plebiscito informal para questionar a população sobre a separação da região Sul –Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul do restante do país e pediu que a Polícia Federal investigue o caso, ressaltando que tentar desmembrar parte do território nacional para constituir país independente é considerado crime com pena de prisão, que varia de quatro a 12 anos.

Em uma destas “coincidências do destino”, o juiz Sergio Moro, responsável pelas ações da Operação Lava Jato, participará de uma audiência pública na comissão especial de combate à corrupção da Câmara em 4/AGO/16, mesmo dia em que a comissão especial do impeachment no Senado votará a saída definitiva da ex-presidenta Dilma.

Certamente responsável direto pela maior rapinagem de cofres públicos da história mundial, que aliás deixa o Petrolão no chinelo, Luciano Coutinho, ex-presidente do BNDES durante os governos Lula e Dilma, foi acusado em delação premiada pelo empresário Ricardo Pessoa, dono da UTC, de pedir dinheiro para campanhas petistas em troca de liberação de “dinheiro fácil”.

Mostrando que, fora o maluco do Suplicy, vai ser difícil sobrar algum dirigente petista fora da cadeia, a Polícia Federal indiciou Paulo Bernardo, ex-ministro do Planejamento no governo Lula, por organização criminosa e corrupção passiva na Operação Custo Brasil, que investiga o desvio de R$ 100mi de empréstimos consignados.

Crítica:

Pela enésima vez a "cantora" Preta Gil reclamou publicamente de ter sofrido ofensas racistas na internet, triste ver a imbecilidade de alguns que se preocupam com a cor da pele dos outros, mas “mais triste ainda é ver a ignorância de pessoas publicas”, consideradas por muitos da "elite" do Brasil, perpetuarem e referendarem o racismo ao defenderem a ideia estúpida de que existem diferentes raças de humanos.

Confirmando a mentalidade atrasada, canalha e exploradora do sindicalismo tupiniquim, ontem as 6 maiores centrais sindicais do país afirmaram que a crise econômica não deve ser "paga" pelos trabalhadores, em documento no qual “garantiram” também o compromisso de luta pelos direitos trabalhistas.

Sem nenhuma vergonha na sua cara de pau, ex-primeira-dama Marisa Leticia, esposa de Lula, ajuizou uma ação na Justiça de SP contra a empreiteira OAS e a cooperativa Bancoop em que pede o ressarcimento de R$ 301 mil que “pagou” por um apartamento no Guarujá, alegando que desistiu da compra e que tem direito a receber de volta o valor corrigido.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário