R.B. 8/JUN/16 "Desfazendo mais uma burrada do PT"



"Desfazendo mais uma burrada do PT"

São Paulo, 8 de junho de 2016 (QUARTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, reduzindo a baixa acumulada nos últimos 12 meses (-4,4%) e ampliando a valorização acumulada no ano (16,5%), ainda beneficiada pela alta das commodities e também impulsionada pelo movimento ascendente das principais bolsas mundiais e (2) o DÓLAR pode subir, em um “ajuste técnico” após fecha o pregão anterior no menor patamar desde 31/JUL/15, diante da avaliação de que no médio prazo os juros devem subir nos EUA e cair no Brasil.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,1%, sustentada pelo avanço das commodities e das principais bolsas mundiais, em uma sessão volátil, com mínima de 50.004pts e máxima de 50.641pts, e com baixo volume de negócios (R$ 4,0bi), o que é reflexo do cenário político conturbado no país e (2) o DÓLAR caiu -1,5% à R$ 3,45, para fechar o dia no menor patamar dos últimos 10 meses, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana, diante das “apostas” de que os juros dos EUA não subirão na próxima reunião do FED (“BC” norte-americano).

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, acompanhando o fechamento positivo das principais bolsas mundiais no dia anterior, Japão 0,6% e China 0,1%, com destaques de alta para as exportadoras, principalmente do setor de tecnologia, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,2%, França 1,2% e Alemanha 1,6%, beneficiadas pela valorização do petróleo e pela divulgação de que o PIB da zona do euro cresceu 0,6% no primeiro trimestre e 1,7% no período de um ano e (3) dos EUA, próximas da estabilidade,  S&P 0,1%, DJ 0,1% e NASDAQ -0,1%, com os ganhos nos setores de Óleo e Gás, Telecomunicações e Industriais compensando as perdas no setores de Assistência Médica, Finanças e Serviços.

-    Colocando, com toda a razão, a culpa no fraco desempenho das economias emergentes, como principalmente o Brasil, ontem à tarde o Banco Mundial reduziu, de 2,9% para 2,5%, suas previsões de crescimento global neste ano de 2016.

Apesar da oposição xiita do PT, ontem o Plenário do Senado Federal aprovou, por 56 votos a favor e 13 votos contrários, a indicação de Ilan Goldfajn para assumir a presidência do BC e, logo em seu primeiro discurso, o referido economista afirmou que terá como objetivo cumprir plenamente a meta de inflação de 4,5% e ressaltou que a retomada do crescimento econômico, da queda dos juros e do aumento do emprego passam pela reorganização das contas públicas.

Muito mais otimista que o “mercado”, que fala em 0,85%, ontem Serra, ministro das relações exteriores, afirmou que “aposta” que a economia tupiniquim crescerá 2,0% em 2017, ressaltando que as medidas econômicas tomadas pelo governo Temer serão responsáveis por elevar o ânimo do brasileiro, influenciando as expectativas, estimulando o consumo e os investimentos e culminando a retomada do crescimento.

-    Como o Planalto obteve do Congresso autorização para fechar 2016 com um déficit de até R$ -170,5bi, mesmo sem contar gastos com juros, o governo Michel Temer elevou em R$ 38,5bi a previsão de despesas para o ano.
-    Sofrendo com a crise que abala todo o país, o município de SP, que é o maior do Brasil, deve arrecadar R$ -3bi a menos do que o previsto para este ano.
-    Trazendo ao menos uma notícia positiva para o Brasil, em MAI/16 as importações chinesas de minério de ferro cresceram 3,4% na comparação com ABR/16.

“Desfazendo mais uma burrada do PT”, deve ser aprovada em breve na Câmara uma proposta, de autoria de Serra e que já passou pelo Senado, que retira as obrigações da Petrobras de ser a operadora única do pré-sal, de participar com um mínimo de 30% dos investimentos e de apenas comprar de fornecedores brasileiros.

Com a China dando sequencia à sua estratégia de aumentar sua presença e principalmente sua influencia na América do Sul, o grupo chinês Shanghai Pengxin, que tem R$ 3bi em caixa somente para investir no Brasil, está negociando a compra do controle do banco Indusval.

-    A Vale caiu -0,1%, mesmo diante da alta do minério de ferro, já que a companhia anunciou que pretende emitir bônus com vencimento em JUN/21.

Política:

Temendo o simples aumento da possibilidade de retorno da presidenta Dilma, um grupo de 150 empresários, liderados por Paulo Skaf (da Fiesp) se encontrará hoje com o presidente Temer para mostrar ele que tem a confiança e o apoio do setor às medidas que está tomando nos campos político e econômico.

Agindo, como sempre, de forma coorporativa, ontem presidente do Conselho de Ética do Senado, o peemedebista João Alberto de Souza, arquivou a representação contra o senador Romero Jucá, também peemedebista, protocolada pelo PDT que argumentava que o referido parlamentar quebrou o decoro ao ser flagrado em uma gravação em que sugeria um pacto para deter o avanço das investigações da Lava Jato.

Por considerar que é inviável acumular as duas funções pelo excesso de trabalho, o tucano Aloysio Nunes Ferreira, novo líder do governo no Senado, renunciou ontem à sua vaga de titular na Comissão Especial do Impeachment e em seu lugar entrará o senador Ricardo Ferraço, que é do PSDB.

Como a deputada baiana Tia Eron faltou à sessão de ontem, a cúpula do Conselho de Ética da Câmara, com receio de que Eduardo Cunha tenha reunido os votos suficientes para enterrar o seu processo de cassação, desmarcou a sessão de hoje que analisaria o relatório que defende a perda do mandato do referido peemedebista.

Ontem, no mesmo dia em recebeu a noticia que um grupo de artistas retardados está arrecadando alimentos para ela, a ex-presidenta Dilma, cada dia mais transtornada mentalmente, enviou uma manifestação ao Supremo Tribunal Federal na qual voltou a sustentar a tese de que está em curso um verdadeiro golpe de Estado no Brasil, ressaltando que o processo de impeachment ilegítimo e ofensivo à Constituição.

Com o marqueteiro Luiz Gonzalez, que atuou para o partido, cobrando R$ 17 milhões da sigla, a Justiça determinou ontem o bloqueio das contas do PSDB no Estado e na cidade de SP, o que obviamente pode prejudicar as campanhas para as eleições municipais.

Crítica:

Terminando de forma brilhante o seu mandato, Obama, que certamente ficará marcado como um dos principais presidentes da história dos EUA, telefonou ontem para Hillary Clinton para parabenizá-la por conseguir o número necessário de delegados para ser a candidata presidencial democrata e, com o objetivo de unir seu partido, marcou uma conversa com Bernie Sanders, senador de Vermont que foi derrotado nas previas.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário