R.B. 28/JUN/16 "Ápice do pão e circo tupiniquim"



"Ápice do pão e circo tupiniquim"

São Paulo, 28 de junho de 2016 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, em uma recuperação de perdas recentes, que seguirá o movimento semelhante das principais bolsas mundiais, também beneficiadas pela alta do petróleo e (2) o DÓLAR pode cair, em um “ajuste” técnico após 2 pregões consecutivos de alta, acompanhando a esperada melhora do “humor” na bolsa brasileira e influenciado pela expectativa de aumento do fluxo positivo de recursos externos.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -1,7%, para fechar o dia abaixo dos 50.000pts (aos 49.245pts), novamente acompanhando as perdas das principais bolsas mundiais e o recuo das commodities, pressionada principalmente pelas ações de bancos, como Itaú (-3,5%) e Bradesco (-2,6%), e da Petrobras (-5,1%) e (2) o DÓLAR subiu 0,7% à R$ 3,41, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado por declarações do presidente Temer defendendo a redução da taxa básica de juros brasileira ainda neste ano.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, tentando recuperar perdas recentes, Japão 2,4% e China 1,5%, com os investidores “apostando” em uma semana com bastante volatilidade, à medida que se busca avaliar como o Reino Unido irá ajustar suas relações com a Europa e monitorar a possibilidade de mais contágio financeiro, (2) da EUROPA, em mais um dia de perdas, Inglaterra -2,5%, França -3,0% e Alemanha -3,0%, novamente com destaques de queda para os bancos, cujo índice do setor recuou -7,7%, e desta vez também prejudicadas pelo rebaixamento da “nota” da Inglaterra pela Fitch e pela S&P e (3) dos EUA, com o S&P registrando o pior desempenho em 2 dias desde AGO/15, S&P -1,8%, DJ -1,5% e NASDAQ -2,4%, desta vez prejudicadas principalmente pelos receios de que a decisão britânica possa atingir os gastos com investimentos nos negócios do setor de tecnologia.

Já reagindo à saída do Reino Unido da União Europeia e aos recentes dados econômicos tupiniquins anunciados na semana passada, o “mercado” (1) elevou, de 7,25% para 7,29%, sua projeção para a inflação brasileira este ano, (2) manteve em -3,44% suas “apostas” para o PIB de 2016 e (3) elevou, de 13% para 13,25%, suas estimativas para o fechamento da taxa básica de juros neste ano.

Aumentando o rombo tupiniquim, segundo dados oficiais divulgados ontem a dívida pública federal cresceu 2,82% entre os meses de ABR/16 e MAI/16, atingindo com isto a marca histórica de R$ 2,88tri e podendo, segundo projeções do Tesouro Nacional, encerrar o ano entre R$ 3,1 e R$ 3,3tri.

Queimando recursos de seu colchão de reservas, que é para exatamente isto que serve, o governo federal deverá utilizar o caixa de reservas, destinado para pagar o vencimento de títulos da dívida pública, para bancar a nova meta fiscal, que prevê um déficit de R$ -170bi neste ano, para assim evitar um crescimento ainda maior da dívida pública.

Como precisa fazer caixa para reduzir o buraco nas contas do setor elétrico, estimado em R$ -34bi, o governo Temer informou ontem que avalia vender até R$ 20bi em ativos que pertencem ao sistema Eletrobras, o que na pratica é uma privatização.

Com o “humor” dos investidores melhorando um pouco diante da saída de Dilma do poder, em MAI/16, pela primeira vez no ano, ocorreu um aumento nas concessões de novos empréstimos na comparação com o mês anterior, desta vez de apenas 0,3%, porem, como o consumidor brasileiro continua um grande analfabeto financeiro, a taxa de juros média cobrada por estas operações chegou a 71,7% ao ano, contra 57,3% ao ano em MAI/15.

Ineficiente, caro, atrasado tecnologicamente e antro de corrupção, os Correios, que tem o monopólio na entrega de cartas no país, vai reajustar em 10,7% suas tarifar a partir desta terça-feira, após já ter reajustado em 8,9% em DEZ/15, ajudando a pressionar a inflação para tentar reduzir o rombo de R$ -2,1bi do seu caixa.

Perdendo cada vez mais participação global, a BM&FBovespa, que também é ineficiente, cara, monopolista e tecnologicamente atrasada, apresentou ontem sugestões de mudanças nas regras de listagem de empresas que fazem parte do Novo Mercado e Nível 2, os segmentos com regras mais rígidas de boa governança corporativa, como a absurda redução do volume mínimo de ações em circulação (free float) dos atuais 25% para 20%.

Coberto de razão, principalmente em um mundo que luta por igualdades entre os sexos e que as pessoas vivem cada dia mais, além o governo Temer defende uma reforma da previdência com a fixação de um piso de 65 anos e uma redução na diferença para aposentadoria entre homens e mulheres.

Por falta de uma política para venda do petróleo da União, o governo está deixando de receber sua parcela da produção dos dois maiores campos do pré-sal, Lula e Sapinhoá, na Bacia de Santos.

Política:

Pressionado por políticos que querem continuar mamando nas tetas das empresas publicas tupiniquins, Temer, alegando indefinições sobre os pontos que vetará no projeto de lei, decidiu adiar a sanção da chamada Lei de Responsabilidade das Estatais, já que quer manter a proibição de nomeação de dirigentes de partidos políticos nas estatais.

Mentindo sem ficar vermelha, a senadora petista que é bonitinha, mas também é ordinária, subiu à tribuna para defender seu marido, preso na semana passada pela Polícia Federal, garantindo que ele nãodesviou dinheiro para ele e nem para o PT e ressaltando que foi vitima de uma injustiça, já que segundo ela a prisão foi ilegal, sem fatos, sem provas e sem processo.

Cada dia mais perturbada mentalmente, a ex-presidenta Dilma afirmou ontem que o resultado de perícia de técnicos do Senado mostra que ela não cometeu crime de responsabilidade e que, portanto, o processo de impeachment é um golpe pois não tem base jurídica, porem contabilidade de Temer já indica 60 votos no senado pela sua queda.

Ontem, provavelmente em mais uma manobra terrorista do PT para adiar o fim oficial do governo Dilma, a comissão especial do impeachment encerrou suas atividades antes do previsto após um apagão de energia elétrica em Brasília afetar também o Congresso, cujos geradores misteriosamente não funcionaram.

Ressaltando, coberta de razão, que os petistas medem e julgam seus adversários usando seus princípios de bandido, a advogada Janaína Paschoal, um dos autores da denúncia de impeachment da presidenta Dilma, bateu boca com o senador Lindbergh Farias, que a acusou de ter influenciado o juiz que determinou a prisão do ex-ministro Paulo Bernardo, na semana passada, pois ele foi seu orientado no doutorado.

Atendendo a interesses políticos, principalmente do PT, do PMDB e do PSDB, Carmen Lúcia, ministra do Supremo Tribunal Federal, pediu à Procuradoria-Geral da República que se manifeste com urgência em um processo contra o deputado Celso Russomanno, do PRB, que “coincidentemente” lidera as pesquisas pela prefeitura de SP.

Já percebendo que é melhor ter 1% de alguma coisa do que 100% de nada, o termo “renúncia” deixou de ser visto como palavrão por Eduardo Cunha, presidente afastado da Câmara, já que se ele desistir do cargo, Waldir Maranhão, hoje seu rival, também cai, abrindo-se caminho para eleger um novo presidente.

Crítica:

No domingo, mesmo dia em que estava triste pela Argentina, que é seu país e que perdeu mais uma decisão de campeonato de futebol, o para Francisco, mostrando mais uma vez que é uma pessoa iluminada e humilde, afirmou que os cristãos e a Igreja Católica Romana devem procurar o perdão de homossexuais, das mulheres e das crianças pela forma como eles foram tratados ao longo dos últimos milênios.

Os governos federal, estadual e municipal garantem que para as Olimpíadas, "ápice do pão e circo tupiniquim", não vai faltar dinheiro, porem nas delegacias do RJ, sem combustível para as viaturas, sem água, sem papel higiênico e até sem tinta para impressão de boletins de ocorrência, os policiais civis da cidade maravilhosa decidiram paralisar suas atividades, a princípio por apenas 8 horas.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário