R.B. 10/JUN/16 "O Brasil é o país dos vagabundos, dos subsídios e das isenções"



"O Brasil é o país dos vagabundos, dos subsídios e das isenções"

São Paulo, 10 de Junho de 2016 (SEXTA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em queda, revolvendo mais uma parte da alta acumulada no mês (5,5%) e no ano (17,9%), seguindo a piora do “humor” externo, que novamente por conta dos “temores” de saída da Inglaterra da União Europeia derruba as principais bolsas mundiais e os preços das commodities e (2) o DÓLAR pode voltar a subir, dando sequencia à sua trajetória de alta por conta da valorização internacional da moeda norte-americana e das reais possibilidades de alta dos juros nos EUA e de queda dos juros no Brasil.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -1,0%, com baixo volume de negócios (R$ 5,1bi), realizando lucros após ter subido 2,26% no pregão anterior e usando como justificativas o recuo das principais bolsas mundiais e a queda das commodities e (2) o DÓLAR subiu 0,8% à R$ 3,40, em um “ajuste técnico” após recuar por 6 pregões consecutivos e fechar no menor patamar desde 29/JUL/16, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pela retração da bolsa brasileira e pelos sinais de que a taxa básica de juros tupiniquim pode cair ainda este ano.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -1,0%, com destaques de queda para as exportadoras, como as montadoras Toyota (-1,4%) e Nissan (-2,5%), prejudicadas pela valorização da moeda local (iene) frente ao dólar e China permaneceu fechada por conta do feriado chamado Dragon Boat Festival, (2) da EUROPA, Inglaterra -1,1%, França -1,0% e Alemanha -1,2%, prejudicadas pelo aumento dos “temores” de saída da Inglaterra da União Europeia e pressionadas pela realização de lucros no setores de siderurgia e mineração, como Antofagasta (-6,2%), Glencore (-5,3%) e ArcelorMittal (-2,4%) e (3) dos EUA, realizando lucros após 3 pregões seguidos de alta, S&P -0,2%, DJ -0,1% e NASDAQ -0,3%, em um dia também de recuo nos juros dos títulos do governo, que atingiram o nível mais baixo desde FEV/16 por conta do aumento da aversão ao risco e da cosequente busca por segurança.

Causando bastante desconforto, (1) Mario Draghi, presidente do BC Europeu, que criticou a falta de reformas econômicas nos países da Europa, ressaltando que isto tem dificultado seu trabalho de impulsionar a inflação e (2) o megainvestidor George Soros afirmou que a eventual saída do Reino Unido da União Europeia poderia desencadear um êxodo geral, levando a dissolução do referido bloco econômico.

Agradando o “mercado”, já que é bastante respeitado e admirado, ontem o economista Ilan Goldfajn foi empossado pelo presidente Temer para exercer a presidência do BC brasileiro e já avisou que seu objetivo principal é cumprir plenamente a meta de inflação de 4,5%, mirando seu ponto central e que a retomada do crescimento econômico, da queda dos juros e do aumento do emprego passam pela reorganização das contas públicas.

Beneficiadas pela mudança de governo, grandes empresas brasileiras, como Petrobrás, Vale, Marfrig, Cosan e Eldorado, já captam US$ 9,6bi no exterior desde a queda da presidenta Dilma, o que já supera em pouco mais de 30 dias todo o volume de recursos conseguidos com investidores estrangeiros ano passado.

Ainda apresentando sinais negativos da economia brasileira, (1) atingindo o maior patamar da história, em ABR/16 54,4% das 8,13 milhões de companhias em operação no Brasil tinham ao menos uma dívida em atraso, contra 50,5% em ABR/15 e (2) nos 5 primeiros meses deste ano a produção de refrigerantes em lata caiu -10,4% na comparação com o mesmo período de 2015.

Apresentando um otimismo típico de quem começa em um novo emprego, ministro Ronaldo Nogueira, novo ministro do Trabalho, “garantiu” que o desemprego vai deixar de aumentar em JUL/16 e que, a partir do segundo semestre, o Brasil deve registrar de novo a criação de postos do trabalho.

Como o brasileiro é 99,9% analfabeto financeiro e foi estimulado pelo acéfalo e corrupto governo petista a consumir sem necessidade e sem capacidade, os juros médios no cartão de crédito subiram de 435,58% ao ano em ABR/16 para estratosféricos 441,76% ao ano em MAI/16, tingindo novamente o maior patamar da história.

Aumentando a ineficiência tupiniquim, por conta de uma lei de 1934, que obriga a inspeção sanitária das embalagens de madeira que separam os produtos nos contêineres, as mercadorias que chegam ao Brasil podem perder até 10 dias paradas nos portos e com isto o país ganha notas cada dia mais baixas em rankings mundiais sobre eficiência do setor portuário, já aparecendo entre as 10 piores posições.

Provando que “tudo que está ruim sempre pode piorar”, a produção brasileira de grão da safra 2015/16, prejudicada pelas adversidades climática, deve alcançar 196,49 milhões de toneladas, o que representará uma queda de -5,4% ante a safra anterior e será a primeira retração registrada no país desde o ciclo 2008/2009.

Política:

Como, diferente de sua antecessora, sabe falar em público e principalmente tem uma enorme habilidade política, o presidente Temer decidiu que, por conta da importância da questão, vai levar pessoalmente ao Congresso Nacional na semana que vem a Proposta de Emenda Constitucional para limitar o aumento do gasto público à variação da inflação.

Confirmando mais uma vez que é uma cobra da pior espécie, Lula, tentando prejudicar o governo Temer, voltou a procurar Renan Calheiros, o presidente do Senado, para prestar a ele “solidariedade” pela ofensiva da Procuradoria-Geral da República, que pediu ao Supremo Tribunal Federal sua prisão.

-    Com o objetivo de ir além do corte dos 4.000 postos de confiança, o governo Temer pediu um estudo sobre a possibilidade de reservar cargos comissionados a servidores de carreira.
-    Para ganhar apoio dos senadores que darão a palavra final sobre seu impeachment, a ex-presidenta Dilma já foi convencida a prometer um plebiscito para definir a convocação de novas eleições presidenciais, caso seja reconduzida ao cargo.

Com o objetivo explicito de proteger bandidos, corre na Comissão de Ciência e Tecnologia um projeto de Lei, de autoria do deputado peemedebista Veneziano Vital do Rêgo, que prevê prisão por até 2 anos para quem filmar, fotografar, “captar a voz” e até divulgar sem autorização.

Indicando que o principal candidato à presidente do PSDB também é um grande picareta, em 2010, quando Aécio Neves ainda era governador de MG, uma estatal do governo mineiro fechou termo de parceria com o pai do o referido tucano que previa pagamento de R$ 250 mil para a produção de feijão na fazenda de Cunha em Montezuma.

Crítica:

Com medo do fim da mortadela grátis e da privatização da Petrobrás, os petroleiros vão realizar hoje uma paralisação de 24 horas em protesto contra o governo Temer.

Crescendo muito mais que os demais países da região, já que segundo projeções do FMI o PIB do país deve avançar 3,5% este ano, o Peru confirmou ontem que, após a eleição mais disputada de sua história, o economista conservador Pedro Pablo Kuczynski foi eleito com 50,12% dos votos válidos.

Provando mais uma vez que "o Brasil é o país dos vagabundos, dos subsídios e das isenções", na mesma semana em que 78% dos suíços recusaram uma proposta de renda básica de R$ 9.000 por mês, a prefeitura de SP conseguiu aprovar na Câmara municipal, em primeiro turno, um projeto de Lei que dará no mínimo R$ 50,00 por mês para as pessoas que começarem a ir ao trabalho de bicicleta.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário