R.B. 24/MAI/16 "Jornalistas vibraram"



"Jornalistas vibraram"

São Paulo, 24 de maio de 2016 (TERÇA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, tentando uma recuperação após 5 pregões seguidos de queda, acompanhando a leve melhora do “humor” nas principais bolsas mundiais e influenciada pela apresentação das propostas do governo Temer para recuperar a economia brasileira e (2) o DÓLAR pode cair, devolvendo uma parte da forte alta registrada no pregão anterior e seguindo os mesmos motivos que devem “animar” a bolsa brasileira.

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,8%, acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais, prejudicada pelo recuo das commodities e pressionada pela revelação de uma conversa do ministro do Planejamento, Romero Jucá, sugerindo um pacto para conter o avanço da Operação Lava Jato e (2) o DÓLAR subiu 1,8% à R$ 3,58, para fechar o dia no maior patamar desde 18/ABR/16, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e também influenciado pelo aumento da tensão no cenário político.

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão -0,5%, com destaque de queda para a petrolífera Inpex (-2,2%), pressionada pelo recuo do petróleo e China 0,6%, recuperando perdas recentes, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,3%, França -0,7% e Alemanha -0,7%, prejudicadas pela queda do petróleo e pela divulgação de que índice de gerentes de compras da zona do euro caiu de 53,0pts em ABR/16 para 52,9pts em MAI/16, atingindo assim seu menor nível em 16 meses e (3) dos EUA, S&P -0,2%, DJ -0,1% e NASDAQ -0,1%, com os investidores continuando a digerir a perspectiva de elevação de juros do país em um ritmo mais acelerado do que o esperado anteriormente.

Segundo Meirelles, ministro brasileiro da Fazenda, as medidas econômicas a serem anunciadas hoje não podem ser de curto prazo, pois tem que ficar claro que as ações a serem tomadas pelo novo governo Temer são um meio de garantir que (1) em 5, 10 ou 15 anos os aposentados receberão seus benefícios, (2) 11 milhões de brasileiros que hoje estão desempregados voltem ao mercado de trabalho e (3) os empresários voltem a ter confiança e a investir no país.

Levemente mais otimista, o “mercado” diminuiu, de -3,88% para -3,80%, suas expectativas para a retração do PIB brasileiro em 2016, porem, diante da divulgação de um IPCA acima do esperado, as “apostas” para a inflação deste ano subiram, desta vez de 7,00% para 7,04%.

Ressaltando que é importante dar incentivos fiscais para a formação da previdência privada no país e que é fundamental aumentar o tempo de contribuição dos trabalhadores, José Roberto Savoia, professor da USP e ex-secretário da Previdência no governo FHC, alertou que a implementação de uma idade mínima para aposentadoria no Brasil é a única saída para garantir o equilíbrio em longo prazo nas contas da Previdência Social.

Dando novos sinais negativos da economia brasileira, (1) em ABR/16 a demanda por voos domésticos no Brasil caiu -12,2% na comparação com ABR/15, completando assim 9 baixas consecutivas na comparação anual e (2) em ABR/16 as vendas no varejo tiveram uma queda real, já descontada a inflação, de -10,9% na comparação com o mesmo período de 2015, o que representa o pior desempenho para o período desde o início desta medição.

Ilustrando a péssima situação das agencias regulatórias brasileiras, Tiago de Barros, novo diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica, que é responsável pela licitação e fiscalização dos serviços responsáveis pelo suprimento de energia elétrica no país, afirmou ontem que a falta de recursos pode levar o órgão, cuja folha salarial supera os R$ 165 milhões por ano, a paralisar as atividades dentro de 2 meses.

-    Impulsionadas pela alta do dólar, as exportações brasileiras de madeira processada cresceram, em média, 31% nos primeiros quatro meses deste ano, em comparação com o mesmo quadrimestre de 2015.

-    A Apple subiu 1,3%, após o jornal "Economic Daily News", de Taiwan, noticiar que a empresa pediu a fornecedores que produzam mais de sua próxima geração de iPhone que o esperado anteriormente.
-    A Petrobrás caiu -4,5%, acompanhando o recuo internacional do petróleo e também prejudicada pelo anuncio de que a nomeação de Pedro Parente para a presidência da empresa depende da realização de um "teste de integridade" sobre seu currículo.

Política:

Apesar de dizer, com a cara de pau típica de um político tupiniquim, que não há nada de ilegal em sua fala e que o jornal tirou suas declarações do contexto, o peemedebista Romero Jucá, certamente “aconselhado” pelo presidente Temer, pediu licença do cargo de ministro chefe da Casa Civil e retornará ao Senado para reduzir o prejuízo à imagem do governo.

Hoje, já sem a ajuda de Romero Jucá, o presidente Temer vai enfrentar seu primeiro grande teste no Congresso desde que assumiu o governo federal há 12 dias, já que em uma sessão conjunta a Câmara e Senado devem começar a apreciar o projeto de lei que altera a meta fiscal para este ano.

O episódio que levou à queda de Romero Jucá comprova, caso alguém ainda tivesse dúvida, que a Operação Lava Jato tornou-se intocável politicamente e imune a qualquer tipo de acordão, inclusive pela quantidade de atores que teria de arregimentar, a começar por um certo juiz de Curitiba.

Provando que as investigações não vão parar, na manhã de hoje a Polícia Federal deflagrou a 30ª fase da Operação Lava Jato, que foi batizada de "Operação Vício" e que tem 2 mandados de prisão preventiva, 9 de condução coercitiva e 28 de busca e apreensão.

Responsável pela gravação do áudio que levou à queda de Romero Jucá, Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, fechou delação premiada é considerado “o novo homem-bomba” já que, segundo rumores, vai comprometer principalmente o peemedebista Renan Calheiros, presidente o Senado.

-    Com a queda de Romero Jucá o tucano Serra, que antes o nome mais citado no governo como potencial titular do Planejamento, ganha ainda mais força e importância no ministério de Temer.
-    Haddad, prefeito de SP, deve colocar a vice-prefeita, Nádia Campeão na Secretaria de Educação, liberando Gabriel Chalita, hoje titular da pasta, para assumir a vaga de vice na chapa pela sua reeleição.
-    Apesar da mortadela estar acabando, movimentos contrários ao impeachment estão convocando a militância para “seguir” ministros de Temer e, a cada aparição pública, acusá-los de golpistas.
-    Segundo um levantamento com 36 líderes congressistas 43,8% confiam que Temer ficará até 2018 enquanto 28,1% creem na volta de Dilma.

Crítica:

Tratando humanos como animais, ontem a polícia grega começou a desmontar à força o acampamento improvisado de Idomeni, na fronteira com a Macedônia, onde se encontram mais de 8.400 refugiados, que foram forçados a irem a um dos novos centros oficiais abertos no norte da Grécia.

“Jornalistas vibraram” quando foram divulgados, quebrando a lei do sigilo bancário, os nomes dos beneficiários das contas offshores do Panamá, em um caso que ficou conhecido como Panamá Papers, porem ontem reclamaram veementemente que um site que seria ligado ao governo ucraniano divulgou dados privados, como nome, telefone, endereço e e-mail, de 4.500 jornalistas que cobrem o conflito no país.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário