R.B. 23/MAI/16 "Empresário amigo do PT"



"Empresário amigo do PT"

São Paulo, 23 de maio de 2016 (SEGUNDA-FEIRA).

Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em queda, mesmo após acumular uma baixa de -4,0% na semana passada, reduzindo ainda mais a valorização acumulada no ano (14,7%) diante das perdas das principais bolsas mundiais, da retração das commodities e da divulgação de que as contas publicas brasileiras estão bem piores do que o esperado e (2) o DÓLAR pode subir, acompanhando a esperada piora do “humor” na bolsa brasileira e seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu -0,8%, devolvendo os ganhos da abertura, quando n máxima avançou 1,4%, para fechar em território negativo pelo 4º pregão consecutivo, desta vez abaixo dos 50.000pts (aos 49.722pts), em meio à queda das commodities e a espera de medidas mais concretas do governo Temer e (2) o DÓLAR caiu -1,5% à R$ 3,52, acompanhando o movimento internacional da moeda norte-americana e influenciado pela ausência do BC na ponta compradora.

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,5% e China 0,7%, recuperando perdas recentes e com destaques de alta para as exportadoras, diante da melhora na perspectiva de crescimento global, (2) da EUROPA, acumulando ganhos pela segunda semana consecutiva, Inglaterra 1,7%, França 1,7% e Alemanha 1,2%, com o apetite dos investidores pelo risco voltando diante da divulgação de dados positivos da economia alemã e (3) dos EUA, também recuperando perdas recentes, S&P 0,6%, DJ 0,4% e NASDAQ 1,2%, com destaques de alta para as empresas do setor de tecnologia, como Intel (1,8%), IBM (1,6%) e Apple (1,1%).

Para evitar um discurso apenas com notícias ruins, Temer pediu à sua equipe que, alem das medidas que visam controlar os gastos públicos, inclua no seu primeiro pacote econômico medidas para destravar o investimento e buscar uma recuperação do crescimento nos próximos meses.

Mostrando que a situação das contas publicas tupiniquins é bem pior do que o governo Dilma dizia (R$ -96,7bi), Meirelles, Ministro da Fazenda, anunciou na sexta-feira que vai pedir ao Congresso autorização para fechar o ano com um déficit de R$ -170,5bi e aproveitou a ocasião para piorar ainda mais reviu a projeção de queda no PIB deste ano, de -3,05% para -3,80%.

Dando novos sinais negativos da economia brasileira, (1) no primeiro trimestre deste ano os resgates dos fundos de previdência privada cresceram 22% na comparação com o mesmo período de 2015, (2) o consumo de gás liquefeito de petróleo no comércio e na indústria diminuiu -2,17% na comparação entre o primeiro trimestre deste ano e o mesmo período de 2015 e (3) em 2015 a receita do setor de armazenamento de dados caiu -37,2% na comparação com 2014.

Superando as "apostas do mercado" (0,76%) e pressionado pelos alimentos e remédios, o IPCA-15 de MAI/16 ficou em 0,86%, atingindo o maior patamar para um mês de maio desde 1996 e mostrando que, mesmo com a piora da economia e a redução do consumo pela população, os preços no país ainda resistem a ceder.

Mantendo seu discurso mentiroso, mesmo às vésperas de deixar o cargo, Tombini, presidente do BC, afirmou que (1) apesar de estouros na meta, a inflação, que fechou 2015 em 10,67%, "nunca saiu do controle" durante o governo Dilma e (2) a equipe econômica de Temer decidiu ampliar a expectativa de déficit neste ano para que qualquer melhora que aconteça nas contas públicas seja considerada novidade ou avanço.

Com o objetivo de desfazer a insatisfação do empresariado, que se decepcionou com alguns sinais emitidos pelo novo governo, Temer foi pessoalmente à campo para acalmar os ânimos e “garantiu” para as lideranças empresariais que vai cortar gastos e organizar o orçamento antes de propor o aumento de impostos, ressaltando que está disposto a fazer sacrifícios antes de pedir uma contrapartida à sociedade.

Caminhando à passos rápidos para reduzir ainda mais a concorrência no já monopolista mercado de capitais tupiniquim, na sexta-feira da semana passada a Assembleia de acionistas da Cetip aprovou a venda da empresa para a BM&FBovespa por R$ 11,9bi.

Mantendo o que está funcionando, Pedro Parente, novo presidente da Petrobras, acertou com o diretor da Área Financeira e de Relações com Investidores, Ivan Monteiro, que é elogiado pelo “mercado” e é responsável pela operação de reestruturação da dívida da empresa, sua permanência na diretoria da estatal.

-    A Vale caiu -5,1%, após Cláudio Alves, seu diretor global de marketing e vendas, dizer que a substituição de mineradoras menores por companhias globais começará a desacelerar se o preço permanecer por volta de US$ 50 a tonelada, acrescentando que vê mais volatilidade à frente.
-    Acumulando uma alta de 27% neste ano de 2016 e de 80% desde a mínima atingida em JAN/15, o petróleo está a um pequeno passo de retomar o patamar dos US% 50,00 o barril.

Política:

Decepcionando muita gente, porem tomando a atitude correta para evitar perder tempo com picuinhas e com problemas menores, Temer cedeu a pressões de artistas da TV Globo e decidiu recriar o Ministério da Cultura, que obviamente terá muito menos verba para distribuir à artistas amigos do que durante o governo Dilma.

Complicando a vida do número 2 do governo Temer, (1) segundo a gravação de conversas ocorridas em MAR/16, o senador peemedebista Romero Jucá, que atualmente é ministro do Planejamento, sugeriu ao ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado que uma "mudança" no governo federal resultaria em um pacto para "estancar a sangria" representada pela Operação Lava Jato, que investiga ambos e (2) o empresário Geraldo Magela Fernandes da Rocha declarou à Polícia Federal, em inquérito que tramita no STF, que aceitou atuar como laranja de Romero Jucá na abertura e no funcionamento da TV Caburaí, de Boa Vista.

Apesar de ressaltar que a ideia de que houve golpe no Brasil "não pegou" no exterior e que, para muitos, o afastamento da presidente Dilma foi justo, David Rothkopf, prestigiado editor chefe da revista norte-americana "Foreign Policy", afirmou que Obama e líderes mundiais estão esperando para ver se o governo Temer "realmente estará no comando por algum tempo" e se tem o "apoio e a confiança" do povo brasileiro.

Claramente com mais facilidade em criticar um governo de direita, como é o do PMDB, do que um governo supostamente de esquerda, como era o do PT, o ex-presidente FHC afirmou que o desempenho do presidente Temer nos próximos meses será crucial para determinar se o PMDB terá condições de liderar o país à frente de um novo bloco de poder, como petistas e tucanos fizeram antes dele.

Com potencial para pegar muito vagabundo do PT, da UNE, da CUT e do MST, o governo Temer cruzará a lista de beneficiários do Bolsa Família com duas novas bases de dados (1) a de sócios de empresas e (2) a de aposentados do INSS.

O procurador-geral do Ministério Público de Contas, Paulo Bugarin, pediu que o TCU averigue os indícios de irregularidades cometidas por Dilma em 2016 de forma “célere e urgente”, ressaltando que recebeu denuncias de diversos movimentos sociais de que o governo da petista ofereceu cargos, emendas e até dinheiro para evitar que o impeachment fosse aprovado.

Crítica:

Responsáveis por deixar bilionário muito “empresário amigo do PT” e por causarem a ruína das contas tupiniquins, apenas neste ano de 2016 os benefícios tributários e as renúncias fiscais concedidas por Dilma farão o governo Federal deixar de arrecadar a bagatela de R$ 295,9bi, valor superior ao déficit das contas publicas previsto para este ano (R$ -170,5bi) e que seria capaz de manter os ministérios da Saúde, da Educação, do Trabalho e dos Transportes por 1 ano.

Comprando apoio político com dinheiro público, é criminoso e tem que acabar o patrocínio das 125 empresas estatais que o país tem, como Petrobrás, Correios e Caixa, para times de futebol, escolas de samba, shows de artistas consagrados, filmes, peças de teatro e etc.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário