R.B. 23/MAR/16 "Mais uma manobra orquestrada pelos petistas de toga"


"Mais uma manobra orquestrada pelos petistas de toga"

 

São Paulo, 23 de março de 2016 (QUARTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, prejudicada pelos sinais de que o governo petista, conforme revelam as gravações das ligações telefônicas de Lula, tem bastante "influencia" no Supremo Tribunal Federal para melar ,ou no mínimo dificultar, as investigações contra o referido ex-presidente e o impeachment de Dilma e (2) o DÓLAR pode subir, inclusive com "boas chances" de fechar o dia próximo dos R$ 3,65, influenciado pelo mesmo motivo que deve derrubar a bolsa brasileira e também pela suspensão dos leilões de venda do BC.

 

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu –0,3%, realizando lucros após fechar o pregão anterior no maior patamar desde 21/JUL/15, seguindo as perdas das principais bolsas mundiais e com destaques de queda para as ações dos bancos, como Itaú (-1,5%) e Banco do Brasil (-1,4%), diante do rebaixamento de suas recomendações feito por um banco estrangeiro e (2) o DÓLAR caiu –0,6% à R$ 3,59, revertendo uma abertura positiva, quando chegou a avançar 1,0%, e abrindo uma  boa oportunidade para compra, com os investidores "animados", de forma precipitada e equivocada, com as decisões desfavoráveis a Lula no Supremo Tribunal Federal.

 

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 1,9%, tentando uma recuperação após 4 pregões seguidos de queda, desta vez com destaques de alta para as exportadoras, como Toyota (3,6%) e Nintendo (8,2%), diante da valorização do dólar frente a moeda local (o iene) e China –0,6%, interrompendo uma sequência de 7 pregões em alta, após o BC local divulgar que não necessariamente encorajou novos investimentos no mercado, (2) da EUROPA, em um dia de cautela e de poucos negócios por conta de mais um atentado terrorista, desta vez na Bélgica, Inglaterra 0,1%, França 0,1% e Alemanha 0,4%, sustentadas pela divulgação de indicadores positivos do continente, como o índice de gerentes de compras, que subiu de 53,0pts em FEV/16 para 53,7pts em MAR/16 e o índice de sentimento das empresas alemãs, que melhorou de 105,7 para 106,7 na mesma base de comparação e (3) dos EUA, sem uma direção única, S&P –0,1%, DJ –0,2% e NASDAQ 0,2%, divididas entre as perdas dos setores de aviação e turismo e a valorização das ações do setor de tecnologia.

 

Segundo "rumores" que, se realmente concretizados, podem começar a animar o "mercado", Armínio Fraga e Henrique Meirelles são os nomes preferidos para o Ministério da Fazenda caso a presidenta Dilma sofra impeachment e o seu vice, Michel Temer, assuma o cargo.

 

Indicando que, para se manter no cargo, está disposto à seguir a cartilha de Lula e dar uma guinada à esquerda, ontem Tombini, presidente do BC, afirmou que não será necessário esperar que o IPCA, atualmente acima dos 10% ao ano, chegue aos 4,5% para que a taxa básica de juros comece a cair, ressaltando que os cortes na Selic podem começar ainda este ano.

 

Dando novos sinais negativos da economia brasileira, (1) registrando retrações consecutivas desde ABR/15, em FEV/16 o mercado de trabalho brasileiro fechou 104.582 vagas de emprego formais, o que representa uma redução de -0,26% na comparação com JAN/16 e (2) em FEV/16 a demanda por voos no Brasil recuou –3,0% na comparação com FEV/15, o que representa a sétima baixa consecutiva nesta base de comparação.

 

Pressionado pela queda contínua e crescente da arrecadação de impostos, o governo Dilma teve de promover um bloqueio adicional de R$ -21,2bi nas despesas programadas no Orçamento deste ano, o que não é suficiente para reequilibrar as contas do Tesouro Nacional e certamente causará ainda mais desemprego e recessão.

 

Confirmando, pela enésima vez, a enorme falta de capacidade gerencial do governo Dilma, as 2 linhas de crédito para a compra de painéis solares por consumidores dispostos a gerar energia em casa, anunciadas oficialmente em DEZ/15, ainda estão só no papel e, segundo fontes oficiais, devem levar ao menos mais 2 para serem lançadas pelo Banco do Brasil e pelo BNDES.

 

Apresentando mais um fator que reduz a competitividade das industrias tupiniquins, segundo uma pesquisa encomendada pela Confederação Nacional da Indústria, 50% das empresas do país dizem sofrer com problemas de falha no fornecimento energia de forma frequente ou eventual, causando problemas diversos como tempo parado de produção e perda de matéria prima.

 

Prejudicando milhares de investidores incautos que acreditavam que os preços e a demanda eram infinitos, em FEV/16 o preço de novos contratos de aluguel residencial em SP foi -2,88% menor do que em FEV/15, isto sem levar em conta uma inflação de 12,1% registrada no mesmo período.


Política:
 
Em "mais uma manobra orquestrada pelos petistas de toga", ontem, logo após a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, negar o pedido de Lula para suspender parte da decisão do ministro Gilmar Mendes invalidando sua posse como ministro da Casa Civil, Teori Zavascki, também ministro do STF, determinou que o juiz Sergio Moro encaminhe as investigações envolvendo o referido ex-presidente na Lava Jato para o STF e decretou sigilo em interceptações telefônicas do petista.
 
Comprando apoio, sem se preocupar em aumentar ainda mais a dívida publica, o governo federal fechou um acordo com governadores e com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, para votar na próxima terça-feira o projeto que aumenta o prazo para pagamento da dívida dos Estados com a União e permite aumentar de forma irresponsável gastos em anos de baixo crescimento.

 

Com potencial para incriminar caciques do PCO ao DEM, obviamente passando por PT, PMDB e PSDB, ontem o grupo Odebrecht anunciou oficialmente que decidiu fazer um acordo de delação de seus principais executivos, inclusive o ex-presidente Marcelo Odebrecht, que pelo visto mudou de opinião após 10 meses na cadeia.

 

Já confabulando a formação de seu governo, o vice-presidente Michel Temer, que está fugindo de um encontro com Lula, se reuniu com o senador Aécio Neves, presidente do PSDB, para discutir oficialmente a construção de uma agenda emergencial de recuperação para o país, a ser implementada após a aprovação do impeachment de Dilma.

 

Totalmente transtornada e desequilibrada, a presidenta Dilma, que ao que tudo indica anda tomando remédios controlados demais, fez um discurso para uma plateia comprada no qual afirmou que tem certeza o que está em curso é um golpe contra a democracia e garantiu que não "renunciará de jeito nenhum".

 

Confirmando que os maiores problemas do PSDB são causados pelo PSDB, Alberto Goldman, vice-presidente nacional do PSDB, e José Aníbal, presidente do Instituto Teotônio Vilela, vão entrar com uma representação no Ministério Público Eleitoral contra a candidatura de João Doria, queridinho de  Alckmin, à Prefeitura de SP pelo PSDB.


Crítica:
 

Enquanto artistas e "intelectuais" que vivem pendurados nas "tetas" do estado assinam lista de apoio ao governo mais corrupto da história deste país, centenas de juízes assinaram uma lista de apoio ao juiz Sergio Moro e, agora, renomados economistas divulgaram um manifesto pedindo o impeachment da presidenta Dilma.

 

As escolas publicas estão sucateadas e escolas particulares enfrentam sérios  problemas oriundos da crise econômica na qual o país se afunda, porem ontem o Senado teve a "cara de pau" de aprovar uma lei que isenta todos os templos religiosos do pagamento de IPTU, ainda que o imóvel seja alugado.

 

Mostrando que a maioria dos artistas só é liberal até "a água bater na própria bunda", um grupo de atores procurou o Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões no Estado de SP para registrar a denúncia de que as empresas e agencias de publicidade estão usando "pessoas reais" em propagandas, o que segundo eles é uma prática ilegal e imoral.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso site: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário