R.B. 19/FEV/16 "Encolhendo cada dia mais"


"Encolhendo cada dia mais"

 

São Paulo, 19 de fevereiro de 2016 (SEXTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve voltar a cair, em um movimento de cautela antes do final de semana, já que cada dia menos investidores tem coragem de se posicionar na ponta compradora diante da deterioração crescente da confiança e da economia tupiniquim e (2) o DÓLAR pode seguir em alta, ainda acompanhando a piora do "humor" na bolsa brasileira e também seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

 

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu –0,4%, realizando lucros após 4 pregões seguidos de alta, reagindo de forma retardada ao rebaixamento da "nota" do país, prejudicada pela divulgação de novos dados desanimadores da economia brasileira, pressionada pela intensificação dos embates políticos no Congresso tupiniquim  e com baixo volume de negócios (R$ 4,7bi) e (2) o DÓLAR subiu 1,6% à R$ 4,05, retomando o patamar dos R$ 4,00, acompanhando a esperada piora do "humor" na bolsa brasileira e seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

 

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão 2,3%, beneficiada pela valorização do petróleo e  ignorando a maior queda nas exportações domésticas desde 2009 e China-0,2%, realizando lucros após 2 pregões seguidos de alta, diante da divulgação de aumento da inflação do país, (2) da EUROPA, sem uma tendência única, Inglaterra –0,9%,prejudicada por ações de empresas ligadas ao setor de commodities, como Anglo American (-7,7%), BP (-1,3%) e Shell (-3,2%), porem França 0,2% e Alemanha 0,9%, amparadas pela ata do BC europeu, que indicou uma nova rodada de estímulos na região e (3) dos EUA, realizando lucros após 3 dias de ganhos expressivos, S&P –0,5%, DJ –0,2% e NASDAQ –1,0%, acompanhando o recuo dos preços do petróleo e com destaques de queda para as ações dos bancos e do setor de tecnologia.

 

Corroborando e reforçando a decisão da S&P de rebaixar novamente e ainda mais a "nota" do Brasil, ontem foi divulgado que (1) a economia tupiniquim fechou 2015 com retração de –4,1% de acordo com Índice de Atividade Econômica do Banco Central, (2) no ano passado as industrias do país cortaram –6,2% de vagas segundo o IBGE e (3) a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico espera uma retração de –4,0% do PIB brasileiro este ano.

 

Apenas 1 dia após reduzir ainda mais a sua "nota" para o Brasil, Lisa Schineller, analista da S&P, afirmou que a reforma da Previdência é importante, porem alertou foram a deterioração da trajetória fiscal e as "inconsistências" e "retrocessos" na elaboração de políticas pelo governo federal que motivaram o novo rebaixamento do país.

 

Antecipando o anuncio das medidas para Nelson Barbosa, ministro da fazenda, passar menos vergonha na reunião do G-20, que ocorre na semana que vem na China, o governo Dilma decidiu anunciar hoje um corte de gastos federais próximo de R$ 25bi neste ano.

 

"Encolhendo cada dia mais" o mercado financeiro tupiniquim, principalmente diante das decisões equivocadas do atual governo, da mudança constante nas "regras do jogo" e da falta de perspectivas para o futuro, ontem, menos de 1 ano após o HSBC vender suas operações no Brasil, o Citibank, que está no Brasil fazem mais de 100 anos, anunciou que fechará todas as suas agencias no país.

 

-    Dando 2 novos sinais negativos da economia brasileira, na comparação entre 2014 e 1015, (1) as vendas de imóveis caíram –15,% e (2) as vendas de automóveis despencaram –25,5%.

 

Insistindo em complicar a vida de quem gera emprego e renda, o Conselho Nacional de Política Fazendária avisou ontem que vai continuar defendendo a obrigatoriedade de que as pequenas empresas sigam as novas regras para pagamento de ICMS em vendas para consumidores finais de Estados diferentes do de origem da empresa.

 

Sucateada, de forma proposital, pelo governo Dilma, já que é a principal responsável pela geração de dados e provas usadas nas investigações contra políticos em operações como a Lava Jato, no ano passado a Receita Federal recuperou em impostos e multas a sonegadores em suas operações de fiscalização –16,5% menos do que em 2014, prejudicando ainda mais o desempenho das contas publicas.

 

Coberta de razão, já que diante da crise financeira que passa está focada em vender ativos e cortar gastos, a Petrobrás anunciou ontem que desistiu de patrocinar em R$ 300.000.000,00 a Olimpíada do RJ, que agora será a primeira neste século a não contar com o patrocínio de uma gigante nacional do petróleo para sua realização.


Política:
 
Confirmando pela enésima vez que a presidenta Dilma terá bastante dificuldade para aprovar a volta da CPMF, Goiás, São Paulo, Paraná e Santa Catarina são os primeiros 5 Estados brasileiros a se posicionarem oficialmente contra o referido imposto do cheque.
 
Sem capacidade de entender que o movimento é contra todos os partidos, o deputado federal tucano Silvio Torres, que é secretário-geral do PSDB,  procurou Aécio Neves, que é presidente da sigla, para pedir que o partido entre pesado na convocação de manifestantes para os protestos de 13/MAR/16 contra a presidenta Dilma.

 

Atacando para se defender, já que é a única arma que tem, a presidenta Dilma acusou ontem o PSDB de fazer uso político da Justiça Eleitoral, ressaltando e garantindo que nunca teve qualquer participação direta ou indireta em atos de corrupção para obtenção de doações eleitorais.

 

Remando para o lado oposto da presidenta Dilma, a bancada de deputados federais do PT se reuniu na manhã de ontem e após isto anunciou que  a reforma da Previdência não pode ser a prioridade do governo neste momento e que o tema só deve ser colocado em pauta quando houver relativo consenso.

 

Acreditando que o Estado deve ser cada vez maior, os deputados do PT também se posicionaram contra a proposta debatida no Senado de mudar as regras de exploração do pré-sal, dando à Petrobras a possibilidade de abrir mão, nos próximos leilões de exploração, de ser a operadora única dos campos.

 

Enquadrando um petista gabaritado, que aliás ao derrotar o candidato de Aécio Neves na casa do tucano foi o principal responsável pela reeleição de Dilma, o Tribunal Regional Eleitoral de MG rejeitou, por 4 votos a 1, as contas da campanha  do PT de 2014 que elegeu o petista Fernando Pimentel governador do referido estado, ressaltando inclusive que uma das irregularidades encontradas foi o repasse de R$ 11,7 milhões para a campanha de reeleição da atual presidenta do Brasil.

 

Segundo estimativas de Eduardo Cunha, o peemedebista que é presidente da Câmara Federal, entre 50 e 60 deputados devem mudar de partido com a janela aberta ao longo do próximo mês, o que certamente reduzirá o tamanho da base aliada e aumentará o risco de cassação do mandato por da presidenta Dilma.


Crítica:
 

Atualmente capitaneado por famílias inteiras e por pessoas com elevada qualificação profissional, o que obviamente compromete ainda mais o futuro do país, segundo dados oficiais da Receita Federal, entre 2011 e 2015 o total de declarações de saída definitiva do país cresceram 67% e os principais motivos alegados pelos brasileiros que buscam vida nova em outro países são (1) falta de segurança, (2) crise econômica e (3) deterioração dos valores morais da sociedade tupiniquim.

 

Mostrando o tamanho gigantesco da conta da corrupção na Petrobrás,  Iágaro Jung Martins, subsecretário de Fiscalização, afirmou ontem que a Receita Federal espera recuperar R$ 10bi apenas em impostos e multas do dinheiro desviado nas transações ilegais apuradas pela Operação Lava Jato.

 

Com todos os partidos com parlamentares envolvidos em escândalos de corrupção, hoje em dia está cada vez mais claro que lamentavelmente em cada alfinete comprado por repartições públicas em todo o Brasil sob todos os partidos tem alguém de olho grande para tirar vantagem e dinheiro.

 

Perpetuando o ditado popular "cabeça vazia, oficina do diabo", nas penitenciárias brasileiras, que são verdadeiras universidades do crime, apenas 2 em cada 10 presos trabalha e dos que trabalham 34% exercem tarefas que têm baixo potencial de capacitação para um ofício.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso site: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário