R.B. 13/OUT/15 "Enorme falta de educação financeira dos brasileiros"



R.B.
"Enorme falta de educação financeira dos brasileiros"

NY, 13 de outubro de 2015 (TERÇA-FEIRA).


Mercados e Economia:

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, realizando lucros recentes, acompanhando as perdas das principais bolsas mundiais e influenciada pelos ‘’temores’’ de que a discussão do impeachment de Dilma inviabilize as votações do ajuste fiscal e dos vetos da presidenta à chamada ‘’pauta bomba’’ e (2) o DÓLAR pode subir, recuperando parte da forte baixa registrada na semana passada (-5,4%), que aliás foi a maior queda semanal desde NOV/08, pressionado pelos mesmos motivos que devem derrubar a bolsa brasileira.

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,5%, para fechar em alta pelo nono pregão consecutivo, o que representa a maior sequência de ganhos desde AGO/10, com bom volume de negócios, acompanhando o movimento ascendente das bolsas de NY e com destaque positivo para as ações da Vale (2,0%) e (2) o DÓLAR caiu -1,8% à R$ 3,76, para fechar o dia no menor patamar desde 2/SET/15, influenciado pelos leilões de venda do BC e acompanhando a trajetória descendente da moeda norte-americana frente às demais moedas do mundo, diante da consolidação das ‘’apostas’’ de que a taxa de juros dos EUA só subirá em 2016.

Ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, acompanhando o fechamento positivo das principais bolsas mundiais na última sexta-feira, Japão permaneceu fechada por conta de feriado e China 3,3%, com os investidores ‘’apostando’’ na possível recuperação no preço das commodities e ‘’animados’’ com as pequenas e contínuas medidas de estímulo por parte do governo chinês, (2) da EUROPA, sem uma tendência única, Inglaterra -0,7%, França -0,3%, realizando lucros após a maior sequencia de ganhos em cerca de 3 meses, com destaque de queda para as ações da fabricante de motores Rolls-Royce (-3,9%), diante da notícia divulgada no Financial Times de que a empresa está sendo investigada por reguladores europeus, que analisam contratos de manutenção de aeronaves, porem Alemanha 0,3%, sustentada por ganhos das empresas do setor energético, como a RWE (10,2%) e a E.On (5,3%), após o ministro da Economia do país ter dito que o setor de serviços públicos deve compensar o desmantelamento do setor nuclear alemão e (3) dos EUA, próximas da estabilidade, S&P 0,1%, DJ 0,2% e NASDAQ 0,2%, com baixo volume de negócios, devido ao ‘’Dia de Colombo", e com os investidores poucos dispostos a correrem riscos no início de uma semana marcada por uma série de indicadores do país sobre a inflação, o consumo e a atividade industrial.

Deixando cada dia mais claro que a taxa básica de juros dos EUA só subirá em 2016, (1) Stanley Fischer, vice-presidente do Fed, alertou que "não é um compromisso" aumentar os juros do país este ano, (2) Dennis Lockhart, presidente Fed de Atlanta, afirmou que somente em DEZ/15 existirão dados econômicos suficientes e consistentes para que o BC norte-americano considere um aumento da taxa de juros e (2) Charles Evans, presidente do Fed Chicago, ressaltou que a autoridade monetária do país ainda não atingiu seu objetivo de chegar a inflação de 2%.

Tentando segurar ‘’na unha’’ a credibilidade do Brasil, Joaquim Levy, ministro da Fazenda, afirmou no domingo passado, logo após a reunião do FMI e pouco antes de embarcar para o Brasil, que o Orçamento de 2016 é prioridade do governo, pois representa "o fundamento do crescimento econômico".

Dando mais um sinal negativo da economia brasileira, em AGO/15 as empresas atacadistas e distribuidoras do Brasil tiveram uma queda real, já descontada a inflação, de -12% no faturamento na comparação AGO/14 e de -9,75% no acumulado dos primeiros 8 meses deste ano, o que também claramente indica que a situação do país está piorando a cada dia.

Dentro do esperado, já que o PIB tupiniquim representa menos de 3,7% do PIB mundial, segundo um estudo divulgado pela revista norte-americana Harvard Business Review, existem 4 brasileiros na lista dos 100 presidentes-executivos com melhor desempenho no mundo, mesmo patamar registrado por este mesmo estudo em 2014, são eles (1) Carlos Brito, da cervejaria Anheuser-Busch Inbev, (2) Robeto Setubal, do Itaú, (3) Carlos Ghosn, que comanda a montadora francesa Renault e (4) Renato Alves Vale, da administradora de rodovias CCR.

Apesar de criticar a presidenta Dilma, dizendo que ela tem uma visão "imediatista" e "centralizadora, Klabin Empresário e membro do conselho de administração da Klabin, que é uma das grandes produtoras e exportadoras de papel do país, recomendou ao Congresso Nacional a aprovação da recriação da CPMF em caráter provisório.

Com o apoio do Banco Mundial e contando com a confiança dos investidores, o governo Dilma, de olho na retomada dos investimentos em infraestrutura, deve lançar em breve uma nova debênture (títulos de crédito emitidos para captar recursos) para projetos de estradas, rodovias, portos e aeroportos que pode chegar a US$ 500mi.

-    A Ambev subiu 0,5%, porem durante o final de semana foi divulgado que (1) a empresa deve fazer uma oferta maior para adquirir o controle da SABMiller e (2) o Departamento de Justiça dos EUA está investigando denúncias de que a empresa busca limitar a concorrência no mercado de cervejas através da aquisição de distribuidores, tornando mais difícil para cervejarias artesanais conseguirem colocar seus produtos nas prateleiras.

Política:

Morrendo de medo de perder o emprego, que acabaria com o maior salário que ela certamente ganhará em toda sua vida, a presidenta Dilma ‘’garantiu’’, durante sua visita de Estado à Colômbia, que crise econômica não afetará os principais programais sociais e nem as concessões para o setor agrícola.

Como sabe que o presidente da Câmara tem seu preço, o Planalto, com receio de que os Deputados iniciem nesta semana discussão sobre o afastamento da presidenta Dilma, ainda tenta um acordo de última hora com Eduardo Cunha, para tentar postergar o avanço da proposta, e obviamente a ‘’moeda de troca’’ é dar a ele uma espécie de trégua no episódio das contas não declaradas reveladas pelo governo da Suíça em seu nome.

Com as investigações chegando cada dia mais perto do maio bandido da história do Brasil, segundo declarações de Fernando Baiano, operador do PMDB, em seu acordo de delação premiada, um dos filhos do ex-presidente Lula foi beneficiado, de maneira indireta, por pagamentos do esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato.

Confirmando, pela enésima vez, que os tucanos abusam dos gastos públicos assim como os petistas, em meio a uma crise financeira que o fez aumentar impostos e congelar investimentos, o governador do Paraná, Beto Richa, do PSDB, passou o fim de semana em Paris, hospedado num hotel 5 estrelas, às custas do erário, para ‘’descansar’’ antes de uma missão internacional de 13 dias cujo objetivo é atrair investimentos da China, Rússia e França.

Crítica:

Prejudicadas pela ‘’enorme falta de educação financeira dos brasileiros’’ e pela a gigantesca concentração do setor bancário tupiniquim, as instituições financeiras menores, para atrair cliente, têm oferecido rendimentos em aplicações, como CDB e LC, que podem chegar a 120%, contra uma media de 90% nos grandes bancos, o que, com a Selic em 14,25% ao ano, resulta em uma diferença de cerca 5% ao ano.

Ensinando, para os taxistas capitalistas de SP, que a concorrência é a melhor forma de regular um mercado, a comunista China publicou sábado passado um esboço de regras que regulam os negócios on-line de transporte individual de passageiros, um setor em crescimento em que a norte-americana Uber Technologies e a concorrente chinesa Didi Kuaidi, têm competido agressivamente, inclusive com outras concorrentes menores, por participação de mercado.

PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com

Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com
Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário