R.B. 30/SET/15 "Prometendo até a alma ao Diabo para continuar no cargo"


R.B.

"Prometendo até a alma ao Diabo para continuar no cargo"

 

São Paulo, 30 de setembro de 2015 (QUARTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve voltar a subir, ainda recuperando perdas recentes, acompanhando o desempenho positivo das principais bolsas mundiais, impulsionada pela valorização das commodities e beneficiada pelo inesperado aumento dos combustíveis anunciado pela Petrobrás e (2) o DÓLAR pode seguir em queda, com "boas chances" de fechar o dia abaixo dos R$ 4,00, influenciado pelos mesmos motivos que devem animar a bolsa tupiniquim.

 

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,4%, tentando iniciar um movimento de recuperação após 7 pregões consecutivos de queda, com baixo volume de negócios (R$ 5,0bi) e beneficiada pela alta do petróleo no mercado internacional e (2) o DÓLAR caiu –0,4% à R$ 4,06, em um pregão marcado pela volatilidade, com máxima de R$ 4,15 e mínima de R$ 4,01, e no final do dia influenciado pelos leilões de venda do BC e seguindo a melhora do "humor" na bolsa brasileira.

 

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão –4,0% e China –2,0%, acompanhando as perdas das bolsas de NY no dia anterior, prejudicadas pelas preocupações com a desaceleração da economia chinesa e com seus efeitos no desempenho da economia mundial, (2) da EUROPA, se aproximando dos menores patamares desde JAN/15, Inglaterra –0,8%, França –0,3% e Alemanha –0,3%, seguindo as perdas das bolsas asiáticas e influenciadas negativamente pela divulgação de indicadores econômicos fracos na região, como a deflação na Espanha, que atingiu em SET/15 o maior patamar em 6 meses, e o CPI da alemão, que recuou -0,2% entre AGO/15 e SET/15, mais que a retração estimada de -0,1% para o período e (3) dos EUA, sem uma tendência única, S&P 0,1%, DJ 0,3% e NASDAQ –0,6%, divididas entre as preocupações com a economia global, que derrubaram as ações do setor de consumo, e o bom desempenho das ações do setor de biotecnologia, que ensaiaram uma recuperação depois de quedas fortes ao longo da última semana.

 

Pressionando a inflação e cobrando dos consumidores brasileiros o preço da corrupção e da gestão temerária na empresa durante os governos Lula e Dilma, ontem a Petrobrás, mesmo com o petróleo em um patamar historicamente baixo no mercado internacional, anunciou um aumento de 6% no preço da gasolina e de 4% o preço do diesel nas refinarias, ressaltando que a decisão foi tomada para tentar resolver seus problemas de caixa por conta da forte alta do dólar nos últimos dias.

 

Ressaltando que está chegando ao fim  aera das taxas de juros em mínimas recordes, ontem o FMI alertou que as empresas dos mercados emergentes, que juntas acumulam uma dívida recorde de US$ 18tri, precisam de monitoramento cuidadoso, principalmente aquelas em "setores vulneráveis" como construção, mineração e petróleo e gás.

 

Beneficiando os bancos e ajudando a enforcar ainda mais o consumidor tupiniquim, que é bom sempre lembrar tem uma péssima educação financeira, ontem o Senado aprovou a medida provisória que amplia de 30% para 35% o limite do crédito consignado da renda do trabalhador, aposentado ou pensionista.

 

Dando e novos sinais negativos da economia brasileira, (1) como, por conta da crise, mais pessoas estão buscando trabalho e as empresas já começam a demitir em massa, a taxa de desemprego do trimestre encerrado em JUL/15 ficou em 8,6%, o que representa um forte aumento na comparação com igual período do ano passado (6,9%) e, provavelmente por enquanto, o menor patamar desta série histórica iniciada em JAN/12 e (2) o faturamento das indústrias de alimentação nas vendas de produtos para refeições fora de casa registrou uma alta nominal de -12,4% no primeiro semestre, em relação ao mesmo período de 2014.

 

"Menos pior" do que o esperado pelo "mercado" (R$ –10,7bi), em AGO/15 os gastos do governo federal, que recuaram –2,1% na comparação com AGO/14, superaram as receitas, que recuaram –4,8% também na comparação com AGO/14, gerando um saldo negativo de R$ -5,1bi nas contas publicas tupiniquins.

 

Por conta da constante queda na produtividade do trabalhador, da péssima educação da população, da falta de investimentos em infraestrutura, da deterioração das contas públicas, da burocracia, do excesso de impostos, da violência urbana e da evolução dos escândalos de corrupção, o Brasil despencou 18 posições no ranking anual do Fórum Econômico Mundial que avalia a competitividade de 140 países, atingindo este ano o 75º lugar, o que representa o pior posto desde que o país passou a ser avaliado neste ranking (em 1990).

 

Mostrando que, além de absorver o conhecimento intelectual de Mantega, seu antecessor no cargo, também está aprendendo a elaborar frases enigmáticas com a presidenta Dilma, ontem Joaquim Levy, ministro da Fazenda, afirmou que o maior risco para o país é a busca por "soluções fáceis" através de mudanças pontuais, ressaltando que o ajuste fiscal traria a queda dos juros e permitiria ao empresariado planejar a longo prazo.

 

Pressionado principalmente pelo avanço dos preços no atacado, que por sua vez foram influenciados pela disparada do dólar, em SET/15 o IGP-M, que é utilizado como referência para a correção de valores de contratos de energia elétrica e de aluguel de imóveis, registrou alta a 0,95%, contra 0,28% em AGO/15, acumulando com isto 6,34% em 2015 e 8,35% nos últimos 12 meses.


Política:
 
"Prometendo até a alma ao Diabo para continuar no cargo", a presidenta Dilma decidiu ontem elevar de 5 para 7 o número de ministérios que pretende dar ao PMDB na sua nova reforma ministerial, na qual também prometeu cortar 10 pastas e inevitavelmente terá que reduzir o espaço do PT.
 
Entregando a cabeça de seu principal puxa-saco, a presidenta Dilma cedeu às pressões do PMDB e do ex-presidente Lula e decidiu retirar o ministro Aloizio Mercadante da Casa Civil, colocando no seu lugar o também petista Jaques Wagner, que atualmente é ministro da Defesa e que será substituído por Aldo Rebelo, do PC do B, que sai da pasta da Ciência e Tecnologia para dar lugar a um peemedebista.

 

Demitido por telefone pela presidenta Dilma, o medico sanitarista Arthur Chioro, que é petista, vai ficar no cargo até amanha, quando será anunciado o nome do novo ministro da saúde, que certamente será alguém indicado pelo PMDB.

 

Piorando cada vez mais a democracia brasileira, a presidenta Dilma vetou os pontos da reforma política que (1) permitiam o financiamento empresarial de campanhas eleitorais, que agora serão bancadas basicamente com dinheiro publico, e (2) previa que as urnas eletrônicas imprimissem o voto do eleitor.

 

Pressionado de um lado pela sociedade e do outro pelos bandidos do governo, Augusto Nardes, ministro do Tribunal de Contas da União, afirmou ontem que ainda esta semana será anunciada a data da votação das contas da presidenta Dilma no ano passado.

 

Motivo suficiente para colocar condenar e prender qualquer um em qualquer país sério, obviamente menos no Brasil, segundo e-mails trocados entre executivos do grupo Odebrecht, o ex-presidente Lula agiu para defender interesses da empreiteira na África e na América Latina enquanto estava à frente do governo.

 

Ontem o PT entrou com um recurso no Tribunal Superior Eleitoral, que aliás é comandado pelo ex-advogado petista e agora ministro Dias Toffoli, pela anulação de uma decisão do ministro Gilmar Mendes pedindo que a Procuradoria-Geral da República e a Polícia Federal apurem suspeita de irregularidades na campanha à reeleição da presidenta Dilma.

Crítica:

 

Com a população brasileira pagando muito caro a conta do governo mais incompetente da história, as Estatais federais responsabilizam as políticas do governo Dilma pelo prejuízo de R$ 20bi com que as usinas hidrelétricas estão arcando, ressaltando que medidas indispensáveis deixaram de ser tomadas pelo Executivo no ano passado devido ao período eleitoral.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário