R.B. 21/AGO/15 "De forma heroica"


R.B.

"De forma heroica"

 

São Paulo, 21 de agosto de 2015 (SEXTA-FEIRA)


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA cair, com os investidores ainda não vendo motivos para compras diante de um cenário externo incerto e de perspectivas internas cada dia mais negativas e (2) o DÓLAR pode voltar a subir, rumo aos R$ 3,60, acompanhando a esperada queda da bolsa brasileira e a trajetória internacional da moeda norte-americana.

 

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,1%, na ‘’contramão’’ das principais bolsas mundiais e zerando as perdas da abertura, quando na mínima recuou -1,1%, sustentada pela recuperação de ações que haviam caído muito nos últimos pregões, como Vale (2,5%) e Banco do Brasil (1,1%) (2) o DÓLAR caiu –1,2% à R$ 3,46, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pelos leilões de venda do BC.

 

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -0,9% e China -3,4, diante do aumento das preocupações com uma desaceleração da economia global, que causou o declínio dos preços do petróleo para novas mínimas em 6 anos, e com destaques de queda para as ações das empresas exportadoras, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,6%, França -2,0% e Alemanha -2,4%, ainda prejudicadas pelos temores com a desaceleração da economia chinesa e também afetadas negativamente pela renovada tensão com a Grécia, após Alexis Tsipras, primeiro-ministro do país que se tornou o fiador da atual política de austeridade, anunciar que pode renunciar e (3) dos EUA, acompanhando as perdas das demais bolsas mundiais, para fecharem próximas das mínimas do dia e registrando as maiores perdas do ano, S&P -2,1%, DJ -2,1% e NASDAQ -2,8%, com o S&P passando a acumular queda no ano, também diante do aumento das ‘’apostas’’ de que a taxa de juros do país vai subir em SET/15, causado pelo anúncio de que em JUL/15 as vendas de imóveis residenciais usados cresceram no nível mais alto desde FEV/07, superando de longe a previsão do ‘’mercado’’.

 

A anunciada renúncia de Alexis Tsipras, agora ex-primeiro ministro da Grécia, e a consequente convocação de nova eleição, provavelmente para 20/SET/15, é rotina no sistema parlamentarista, mas causa uma enorme turbulência na Europa pois indica que os parlamentares gregos discordaram do pacote de austeridade recentemente posto em votação como exigência da União Européia para conceder novo empréstimo ao referido país.

 

Como fruto do aumento do desemprego, do elevado patamar da Selic e da falta de educação financeira do brasileiro, em JUL/15 o porcentual de cheques devolvidos pela segunda vez por falta de fundos ficou em 2,24% do total movimentado, patamar bem superior ao auferido em JUN/15 (1,98%).

 

Segundo a área técnica do IBGE, além do aumento na taxa de desemprego em JUL/15, o mercado de trabalho brasileiro passa por um momento de "reduções qualitativas", com substancial queda no rendimento real e a perda de empregos com carteira assinada, de -3,1% na comparação com JUL/14.

 

Dando mais um péssimo sinal da economia brasileira, a taxa média de desemprego nos 7 primeiros meses de 2015 chegou a 6,4%, muito acima do verificado em igual período do ano passado (4,9%) e atingindo assim o maior patamar desde 2010, quando chegou a 7,3%.

 

Ontem um turbilhão de forças globais se abateu sobre moedas de mercados emergentes, com os investidores avaliando os danos da queda dos preços de commodities e preocupações sobre a economia da China e, segundo David Kohl, estrategista-chefe de moedas do Julius Baer, a maior parte das moedas de mercados emergentes tem mais potencial de queda.

 

Em JUL/15, registrando o sétimo avanço consecutivo, a taxa de desemprego nas 6 principais regiões metropolitanas do país subiu acima das expectativas e foi a 7,5%, o que representa o maior patamar registrado desde MAR/10 (7,6%) e um forte aumento na comparação com JUL/14 (4,9%).

 

Por conta de fatores como impostos elevados, monopólio da Petrobrás e baixa produtividade, segundo um levantamento feito pela Airinc, os motoristas brasileiros pagam o litro da gasolina mais caro entre os 10 maiores produtores de petróleo do mundo, com uma média de US$ 1,19 por litro contra US$ 1,14 na China, US$ 0,97 no Canadá, US$ 0,88 no México e US$ 0,84 nos EUA.

 

Ajudando, "de forma heroica", a reduzir o déficit das contas publicas tupiniquins, a receita Federal, com foco nos grandes contribuintes, contabilizou R$ 75,13bi em autuações no primeiro semestre de 2015, o que representa um forte aumento de 39,7% na comparação com o mesmo período do ano passado.

 

Tocando em um ponto que causa enorme preocupação para quem quer investir no Brasil,  Jens Spahn, vice-ministro das Finanças da Alemanha, afirmou ontem a economia brasileira precisa criar um ambiente que transmita mais segurança para atrair recursos estrangeiros.

 

Trabalhando contra a população e à favor dos interesses das grandes empresas de telefonia e de televisão, ontem o petista Ricardo Berzoini, ministro das Comunicações, sinalizou em audiência pública na Câmara dos Deputados a intenção de discutir a regulamentação de serviços como o Netflix e o WhatsApp.

 

-    A Positivo disparou 10,5%, após a companhia anunciar o relançamento, no Brasil, da marca japonesa Vaio, detida pela Sony até 2014.


Política:

 

Com organizadores sem consenso, já que tinha gente até protestando contra o ajuste fiscal do governo, as manifestações convocadas para ontem por movimentos sociais bancados com dinheiro publico foram bem discretas e duraram até o momento em que havia pão com mortadela e refrigerante grátis.

 

Causando mais desanimo nos empresários, que obviamente reclamaram bastante, ontem foi aprovado no Senado o projeto de reoneração da folha de pagamento, que faz parte do pacote de ajuste fiscal de Joaquim Levy e que elevou em mais de 100% a taxação sobre o faturamento cerca de 56 setores.

 

Na denúncia que enviou ao Supremo Tribunal Federal, a Procuradoria-geral da República não pedirá o afastamento de Eduardo Cunha, atual presidente da Câmara, apesar de sustentar que o referido deputado peemedebista usou o cargo em benefício próprio e confundiu o público com o privado ao acionar a Advocacia-geral da União para tentar anular provas recolhidas dentro da Câmara.

 

Abrindo aos poucos a principal caixa de pandora dos governos petistas, os ‘’nobres’’ deputados que compõem a CPI do BNDES, que aliás é dominada pela oposição, aprovaram ontem requerimentos para ter acesso a cópias de contratos entre o banco estatal e as empreiteiras envolvidas na Operação Lava Jato.

 

Apenas 1 dia após o Senado referendar a proposta que reduz a desoneração da folha de salários de grande parte dos setores produtivos do país, o presidente da Casa, Renan Calheiros, disse não concordar com a "lógica de aumento de imposto sempre", ressaltando que o governo deveria dar o exemplo e fazer cortes de despesas, de ministérios e de cargos em comissão para que a presidenta Dilma mostre à sociedade que "está fazendo a parte dela".

 

Apesar de ser publicamente contrário ao tema, Renan Calheiros, presidente do Senado, afirmou que a proposta de redução da maioridade penal de 18 para 16 anos tramitará normalmente no Senado.

 

Finalmente partido para o ataque, os partidos de oposição da Câmara dos Deputados se uniram e divulgaram ontem uma nota crítica ao governo da presidenta Dilma, ressaltando principalmente a "incapacidade" do PT para reverter a situação de crise em que o país se encontra.

 

Apesar de terem trabalhado arduamente pela reeleição da presidenta Dilma, Luiz Barreto, presidente da Associação dos Profissionais dos Correios, acusou ontem a empresa pública federal de ter sido omissa em relação às aplicações feitas pelo seu fundo de pensão, o Postalis, criticando o que chamou de aplicações "sem sentido" feitas pelo fundo de pensão, responsáveis por gerar um déficit que chegou a R$ 5,6bi no final do ano passado.


Crítica:

 

Totalmente fora da realidade do país, foi inaugurado ontem um hotel 4 estrelas com 80 quartos de 24 metros quadrados na área de embarque do terminal 3 do aeroporto de Guarulhos cujo público-alvo são os passageiros em conexão de voos internacionais e cujo período de 3 horas em quarto de solteiro sairá por R$ 390 e de 24 horas por R$ 840.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil






Avast logo

Este email foi escaneado pelo Avast antivírus.
www.avast.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário