R.B. 29/JUN/15 "O que está ruim sempre pode piorar"


R.B.

"O que está ruim sempre pode piorar"

 

São Paulo, 29 de junho de 2015 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, acompanhando as perdas das principais bolsas mundiais, para reduzir os ganhos acumulados no mês (2,4%) e no ano (8,0%), diante do aumento da possibilidade de calote por parte da Grécia e (2) o DÓLAR pode seguir em alta, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana para ampliar a valorização acumulada nos 4 últimos pregões (1,5%).

 

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 1,6%, recuperando as perdas do pregão anterior e com destaque de alta para as ações da Petrobras (4,8%), diante da possibilidade da empresa reduzir em até -40% os investimentos a serem feitos nos próximos 5 anos e da expectativa de que o Congresso possa votar pelo fim da exigência de que a referida estatal participe com pelo menos 30% nos consórcios de exploração do pré-sal e (2) o DÓLAR subiu 0,3% à R$ 3,13, completando a quarta sessão consecutiva de ganhos, desta vez também acompanhando a valorização internacional da moeda norte-americana.

 

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão –0,3%, a 2º queda seguida, desta vez com destaques negativo para as ações da Canon (-3,1%) e China –7,4%, a maior queda diária em 5 meses, com os investidores ainda preocupados com novas ofertas públicas de ações, (2) da EUROPA, sem uma tendência única, Inglaterra –0,8%, pressionada pelo recuo das mineradoras, como BHP Billiton (-2,6%) e Glencore (-2,6%), porem França 0,3% e Alemanha 0,2%, impulsionadas pela renovação do otimismo em relação às negociações da Grécia com credores internacionais, diante de declarações otimistas de autoridades da zona do euro e (3) dos EUA, também sem uma tendência única, S&P –0,1%, DJ 0,3% e NASDAQ –0,6%, com o DJ beneficiado pela alta forte das ações da Nike (4,2%), que divulgou resultados melhores do que o esperado, e as ações das indústrias de chips caindo em reação ao péssimo informe de resultados da Micron Technology, cujas ações despencaram –18,1%.

 

Diante do risco de calote e da falta de acordo com credores, a Grécia decidiu fechar os bancos nesta segunda-feira e impor medidas de controle de capital, restringindo os saques nos caixas eletrônicos a 60 euros diários por pessoa, o que obviamente já causou uma forte queda nas bolsas asiáticas, como Xangai (-3,3%), Tóquio (-2,9%) e Sydney (-2,2%), e está derrubando as bolsas europeias, como Frankfurt (-4,0%), Londres (-2,0%) e Paris (-3,0%).

 

Ressaltando que "o que está ruim sempre pode piorar", Armínio Fraga, ex-presidente do BC no governo FHC e atualmente sócio da Gávea Investimentos, afirmou que (1) os investidores brasileiros estão com medo da recessão, da inflação e do desemprego, (2) a campanha presidencial de Dilma em 2014 foi um show de mentiras, (3) a presidenta expõe o ministro Joaquim Levy ao escala-lo para discutir o ajuste fiscal com o Congresso e (4) o governo deveria ter optado por uma meta de superávit primário menor neste ano.

 

Cada dia mais desanimados, segundo uma pesquisa feita com 822 proprietários ou responsáveis pela gestão financeira de empresas dos setores de comércio e serviços em todo o país, 7 em cada 10 afirmam que as medidas do ajuste fiscal, feitas pelo governo federal, terão impacto negativo na economia brasileira e em suas vendas.

 

Segundo Armando Monteiro, ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, a principal meta da sua pasta durante a visita da presidenta Dilma aos EUA é fechar um acordo amplo de padronização de normas entre os setores privados brasileiro e norte-americano, o que ajudará a aumentar as vendas ao país de Obama, que aliás desde o ano passado é o principal destino das exportações brasileiras de manufaturados.

 

Principal destinatária dos empréstimos do BNDES, a JBS, cujo presidente, o brasileiro Wesley Batista, estará presente nas reuniões de empresários norte-americanos com a presidenta Dilma, afirmou que trabalha para o fechamento de um acordo de reabertura do mercado dos EUA para a carne brasileira.

 

Para ajudar o governo Dilma a captar recursos para atingir a meta de superávit primário, o conselho de administração da Caixa Econômica Federal aprovou o início do processo de abertura de capital e de venda de 25% das ações da sua subsidiária no segmento de seguridade, o que deve render cerca de R$ 7,5bi para o Tesouro Nacional.


Política:
 
Ex-presidente do Conselho de Administração da Petrobrás e ex-ministro da Fazenda do governo Dilma, Guido Mantega, indicando qual será o futuro dos petistas, foi mais uma vez hostilizado em público, agora enquanto almoçava com a família em um restaurante no bairro da Vila Olímpia, região nobre de SP.
 
Invertendo a lógica que existe em qualquer democracia séria, o PT, que é alvo de inúmeras investigações da polícia, convidou o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a dar explicações ao partido sobre as últimas ações da Polícia Federal, subordinada a ele.

 

O empresário Ricardo Pessoa, dono da UTC e chefe do cartel de empreiteiras que roubou a Petrobras, afirmou, em sua delação premiada, que pagou propina a políticos petistas, inclusive para a campanha da presidenta Dilma, com dinheiro desviado de contratos superfaturados para a prestação de serviços à referida Estatal, fazendo a crise subir a rampa do Palácio do Planalto.

 

Apesar do grande medo de ser preso, com a presidenta Dilma em viagem aos EUA, o ex-presidente Lula desembarca hoje em Brasília para comandar reuniões com o objetivo de cobrar do PT uma reação às novas denúncias que atingem o partido e o Palácio do Planalto.

 

O peemedebista Eduardo Cunha, presidente da Câmara dos Deputados, começou a negociar com outros partidos uma emenda à Constituição para implantar o sistema parlamentarista de governo no Brasil e já avisou que espera obter um acordo para colocar a proposta em votação antes de 2017.

 

Com a população torcendo para ele abrir o bico, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região rejeitou mais um pedido apresentado pelos advogados do presidente do grupo Odebrecht, Marcelo Odebrecht, para livra-lo da prisão por envolvimento com o esquema de corrupção descoberto pela Operação Lava Jato na Petrobras.

 

-    O prefeito de Salvador, ACM Neto, praticamente selou sua filiação ao PMDB, que, se tudo correr conforme o planejado, deve ocorrer já em AGO/15.


Crítica:

 

Atendendo aos apelos dos "eco-chatos", a prefeitura de SP decidiu proibir o consumo de foie gras na cidade, alegando que os gansos sofrem para que a referida iguaria seja produzida, o que é uma enorme hipocrisia já que bois, porcos, galinhas e peixes também sofrem e são abatidos todos os dias para que a população sacie seu desejo por carne.


PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário