R.B. 4/FEV/15 "Bandeira inviável, cínica e hipócrita do PT"


R.B.

"Bandeira inviável, cínica e hipócrita do PT"

 

São Paulo, 4 de fevereiro de 2015 (QUARTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em alta, beneficiada pela recuperação do preço das commodities nos mercados internacionais e ainda "animada" pelo aumento dos "rumores" de que Dilma finalmente decidiu mudar a presidência da Petrobrás e (2) o DÓLAR pode seguir em queda, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e também a esperada melhora do "humor" na Bovespa, porem deve-se ressaltar que o patamar dos R$ 2,65, caso atingido, é um bom ponto de compra.

 

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 2,8%, com bom volume de negócios (R$ 7,3bi), acompanhando o movimento ascendente das bolsas de NY e principalmente impulsionada pela forte alta das ações da Petrobrás (15,5%), que registrou a maior valorização diária desde SET/98, diante do aumento dos "rumores" de que Henrique Meirelles substituirá Graça Foster na presidência da empresa e (2) o DÓLAR caiu –0,7% à R$ 2,69, seguindo a melhora do "humor" na Bolsa brasileira e influenciado pelos leilões de venda do BC e pela redução do clima de aversão ao risco após a Grécia ter proposto como solução ao impasse com seus credores a troca da dívida por títulos indexados ao crescimento.

 

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão –1,3%, com destaques de queda para as exportadoras e China 0,3%, acompanhando o fechamento positivo das bolsas de NY no dia anterior, (2) da EUROPA, Inglaterra 1,3%, França 1,1% e Alemanha 0,6%, beneficiadas pela recuperação dos preços das commodities e por expectativas positivas de uma solução do impasse entre o novo governo grego e os credores internacionais e (3) dos EUA, em alta pelo segundo pregão seguido, S&P 1,4%, DJ 1,8% e NASDAQ 1,1%, acompanhando o avanço dos preços do petróleo, que impulsionou as ações da Chevron (3,3%) e da ExxonMobil (3,0%), e também reagindo positivamente ao noticiário sobre fusões, mas especificamente da Staples (10,9%) com a Office Depot (21,5%), e a informes de resultados de empresas, como a Ford (2,5%), a GM (2,6%) e o New York Times (7,6%).

 

Revelando novamente a enorme incapacidade técnica da atual diretora da empresa, composta quase que totalmente por apadrinhados de políticos, Joaquim Levy, ministro brasileiro da Fazenda, foi acionado pela presidenta Dilma para encontrar uma solução para o balanço contábil da Petrobras e para que a metodologia adotada seja aceita pelos órgão de controle do mercado de ações.

 

Obviamente sem revelar isto publicamente, na busca de maior espaço para o corte das despesas do Orçamento deste ano, a equipe econômica brasileira fará um pente-fino em todos os programas governamentais, inclusive nos programas sociais, em um esforço concentrado para melhorar a eficiência dos gastos e ajudar no cumprimento da meta fiscal.

 

Confirmando que a economia brasileira está "no fundo do poço", em 2014, prejudicada principalmente pela forte redução do setor automotivo, a indústria nacional registrou uma retração de -3,2% na sua produção quando comparada com 2013, o que representa o pior resultado desde 2009, quando o país sofria com os efeitos do auge da crise global e o setor registrou um tombo de -7,1%.

 

Como (1) apesar das vendas estarem estagnadas, os proprietários ainda não começaram a reduzir os preços, em JAN/15 o valor médio do metro quadrado dos imóveis anunciados nas 20 maiores cidades brasileiras teve alta de 6,19% na comparação com JAN/14, patamar abaixo da inflação acumulada no período (6,41%) e (2) fruto da enorme e crescente oferta de imóveis para alugar, em DEZ/14 o número de ações levadas à Justiça por falta de pagamento de aluguel residencial e comercial em SP caiu –24,6% na comparação com NOV/14 e –1,6% na comparação com DEZ/13.

 

Ajudando a pressionar ainda mais a inflação, ontem a Aneel, em mais uma medida para tentar arrumar a enorme porcaria que a presidenta Dilma fez no inicio de 2013 ao forçar a redução das de energia elétrica, aprovou um reajuste tarifário de mais 6 distribuidoras de energia no país que na média ficará em 45,7%.

 

Diante de um cenário de queda dos preços das commodities e de incertezas com o futuro também entre os produtores agrícolas, em JAN/15 as vendas de máquinas colheitadeiras agrícolas registraram uma queda de –38% na comparação com JAN/14 e assim atingiram o menor patamar para meses de janeiro desde 2009.

 

-    O Itaú subiu 2,8%, após anunciar que, superando as expectativas do "mercado", acumulou um lucro líquido de R$ 20,2bi em 2014, o que representa um crescimento de 29% em relação ao ano anterior.

-    A Vale subiu 4,8%, seguindo a valorização internacional do minério de ferro.


Política:

 

Preparando o fogo para assar a batata da presidenta Dilma, José Oliveira Costa, advogado de FHC, pediu para o prestigiado jurista Ives Gandra u parecer jurídico que diz haver fundamentos necessários para o pedido de impeachment da presidenta Dilma por causa dos escândalos na Petrobras.

 

Mostrando mais uma vez qual era o destino da corrupção na Petrobrás, ontem o empresário Augusto Ribeiro de Mendonça Neto, sócio da Setal Construções e da PEM Engenharia, confirmou em depoimento à Justiça Federal no Paraná que fez doações oficiais ao PT a pedido de Renato Duque, ex-diretor de Serviços e Engenharia da Estatal, como pagamento de propina para ganhar contratos.

 

Ontem, em sua primeira sessão de votação na legislatura que se inicia, a Câmara dos Deputados concluiu a aprovação, por 388 votos a 66, da proposta de emenda à Constituição que divide entre os Estados a arrecadação com as vendas pela internet e por telefone.

 

Apesar dos sinais de reconciliação trocados entre o Planalto e o peemedebista Eduardo Cunha, que é o novo presidente da Câmara, pois ontem, que foi o primeiro dia de votações, petistas e pequenas siglas de esquerda disseram que Cunha quer acelerar a votação da reforma política para evitar a proibição do financiamento privado das eleições, que é uma "bandeira inviável, cínica e hipócrita do PT".

 

Ainda inconformada com a derrota que sofreu, a presidenta Dilma, como sempre acha um culpado por seus erros, decidiu trocar a liderança do governo na Câmara dos Deputados, colocando o deputado petista José Guimarães no lugar do deputado petista Henrique Fontana.

 

Recebendo um belo "premio de consolação", Luciana Genro, candidata à Presidência da República em 2014 pelo PSOL, assumiu ontem um cargo público na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul pelo qual receberá um salário de R$ 16,9 mil mensais.

 

Conforme já se esperava, as mudanças nas regras de benefícios trabalhistas e previdenciários anunciadas pelo governo Dilma no final do ano passado estão sendo questionadas no Supremo Tribunal Federal pelo partido Solidariedade, pela Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos e pela Força Sindical.


Crítica:

 

Confirmando como a presidenta do Brasil é "burra e cabeça dura", apenas agora, diante de um desastre quase que terminal e que tem potencial para destruir a maior empresa do Brasil, que Dilma supostamente decidiu mudar a direção da Petrobras, que aliás para se reerguer precisará, além de mudar sua direção, valorizar seus funcionários concursados e técnicos, se afastar dos políticos e acabar com ideias estúpidas como a reserva de mercado para fornecedores nacionais.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário