R.B. 5/JAN/15 ‘’Fazer omeletes sem quebrar os ovos’’


R.B.

''Fazer omeletes sem quebrar os ovos''

 

São Paulo, 5 de janeiro de 2015 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em queda, ainda acompanhando as sinalizações e os temores de que o segundo mandato da presidenta Dilma será ainda pior do que foi o primeiro, com mais fisiologismo e mais populismo e (2) o DÓLAR pode voltar a subir, para fechar o dia acima dos R$ 2,70, acompanhando a piora do humor na Bovespa, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pela redução do volume de vendas do BC brasileiro.

 

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu –3,0%, pressionada pelo forte recuo das ações da Petrobrás (-6,6%) e iniciando o ano de 2015 exatamente como terminou 2014, diante de um cenário de recuo das commodities e de redução constante da credibilidade e da confiança, tanto externa como interna, na economia brasileira e (2) o DÓLAR subiu 1,7% à R$ 2,69, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e também influenciada pelos mesmos motivos que derrubaram a bolsa brasileira.

 

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão e China permaneceram fechadas por causa de feriados nacionais, porem Coréia subiu 0,6% e Hong Kong avançou 1,1%, diante de expectativas de que as autoridades chineses devem se movimentar para anunciar novas medidas de apoio à economia, (2) da EUROPA, devolvendo os ganhos da abertura, Inglaterra –0,3%, França –0,4% e Alemanha –0,4%, prejudicadas pelo baixo patamar do euro, que atingiu o valor mais baixo desde JUN/10, e pela divulgação de dados piores do que o esperado do índice PMI industrial da economia alemã, considerada o motor da união europeia e (3) dos EUA, próximas da estabilidade, S&P –0,1%, DJ 0,1% e NASDAQ –0,2%, com investidores encontrando poucos motivos para comprar ações após dados econômicos abaixo das expectativas e após vários recordes históricos de alta registrados em 2014.

 

Obrigado a recuar das primeiras medidas de ajuste anunciadas, como a revisão do reajuste do salário mínimo e provavelmente já ciente da enorme enrascada que está metido, Joaquim Levy, novo ministro da Fazenda de Dilma, sinalizou que não há intenção de anunciar novas medidas hoje, quando finalmente tomará posse.

 

Obrigado a ''fazer omeletes sem quebrar os ovos'', Nelson Barbosa, o novo ministro do Planejamento, afirmou, em seu discurso na cerimônia de transmissão de cargo, que os ajustes na política econômica serão necessários para recuperar o crescimento e a credibilidade da economia, porem ao mesmo tempo afirmou, por ordem da presidenta Dilma, que o salário mínimo continuará a crescer acima da inflação de 2016 até 2019.

 

Diante da perspectiva de mais um ano de crescimento fraco e de inflação elevada, a recomendação é que o pequeno investidor tome cuidado ao escolher as aplicações e busque refúgio na renda fixa com aplicações pós-fixadas, que têm o retorno atrelado à Selic ou ao CDI.

 

Em tese chefe de Graça Foster, ''só que não'' já que quem manda em tudo é a presidenta Dilma, o senador peemedebista Eduardo Braga, que agora é o novo ministro de Minas e Energia, afirmou que as denúncias contra a Petrobrás "constituem fatores de perturbação no mercado" e ressaltou que a estatal precisa do "apoio de todos brasileiros para que possa prosseguir na sua tarefa de transformar o Brasil, em um futuro próximo, em um grande exportador mundial de petróleo".

 

Apresentando o segundo ano consecutivo de retração, após recuarem –4% em 2013 na comparação com 2012, em 2014 os emplacamentos de carros de passeio e comerciais leves foi -7,4% menor do que em 2013, o que representa a maior queda percentual desde 2002.

 

Podendo, junto com a alta do dólar, ajudar a aumentar as exportações brasileiras, Li Yuanchao, vice-presidente da China, afirmou, durante um encontro com a presidenta Dilma, que vai trabalhar para "agilizar o processo" para a entrada de carne brasileira no mercado chinês. após 2 anos de embargo.

 

Com um peso maior no setor financeiro, já que Itaú PN representa 11,08% e o Bradesco PN 8,49%, e peso menor nas commodities, já que Petrobrás PN representa 4,83% e Vale PNA 4,31%, no novo Ibovespa, que começará a valer já nesta segunda-feira e que terá a participação 64 empresa, foram retiradas as ações da Eletropaulo, da Rossi Residencial e da Cosan Logística, que deram espaço à administradora de shopping centers Multiplan.

 

    A Estácio caiu -7,4 e a Kroton recuou -4,5%, após o governo publicar nos últimos dias de 2014 algumas mudanças, como nota mínima para acessar o programa de financiamento de estudo superior pelo governo e calendário diferente para recompra de certificados de instituições com mais de 20 mil estudantes usando o Fies.

-    A CSN despencou -9,7%, após divulgar que seu conselho de administração renovou programa de recompra, com até 34,6 milhões de ações, que vai durar até 31 de março de 2015.


Política:

 

Em defesa dos seus interesses e daqueles que financiam suas campanhas eleitorais, a senadora peemedebista Kátia Abreu, recém-empossada ministra da Agricultura, afirmou que o latifúndio deixou de existir no país e ressaltou que os conflitos fundiários com indígenas ocorrem porque eles "saíram da floresta e passaram a descer nas áreas de produção".

 

Atualmente considerado o principal homem de confiança da presidenta Dilma, o senador petista Aloizio Mercadante, que neste segundo mandato é ministro da Casa Civil, afastou a possibilidade de ser candidato à sucessão da chefa e afirmou que a única referência do PT para 2018 é o ex-presidente Lula.

 

Comandado pelo senador peemedebista Renan Calheiros, o PMDB do Senado já articula meios de dar o troco em Dilma pela redução de espaço no segundo governo e uma das possibilidades é ceder ao PSDB a primeira-vice-presidência da Casa, que deverá caber aos peemedebistas, além da presidência, por terem a maior bancada.

 

A ideia de concentrar no ministério e nas secretarias do Esporte a cota do PRB no governo federal e nas gestões estaduais que o partido apoia partiu do presidente da sigla, Marcos Pereira, que também é bispo da Igreja Universal do Reino de Deus.


Crítica:
 
Como a necessidade de cortar gastos públicos é menor do que a vontade de arrumar "boquinhas para os companheiros", o governo Dilma anunciou que em 2015 vai abrir cerca de 29.000 cargos em concursos públicos, fora as vagas de reposição, em caso de aposentadoria ou demissão do servidor.

 

Perdendo mais uma boa oportunidade de ficar de boca calada, na conversa com Joe Biden no Itamaraty, Dilma disse ao vice-presidente dos EUA que o embargo a Cuba era o "último resquício da Guerra Fria".


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



 

 

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário