R.B. 19/DEZ/14 "Abrindo a caixa de Pandora"


R.B.

"Abrindo a caixa de Pandora"

 

São Paulo, 19 de dezembro de 2014 (SEXTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, acompanhando o "humor positivo" das demais bolsas mundiais e influenciada positivamente pelo aumento dos "rumores" de que Dilma procura um nome que agrade o "mercado" para substituir sua "amiga" Graça Foster na presidência da Petrobrás e (2) o DÓLAR pode seguir em queda, rumo aos R$ 2,60, influenciado pela esperada valorização da bolsa brasileira e ainda acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana.

 

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu –0,4%, devolvendo os ganhos da abertura, quando na máxima chegou a avançar 1,7%, pressionada pela baixa das ações da Petrobrás (-2,1%) e assim destoando do clima positivo nos mercados internacionais e (2) o DÓLAR caiu –1,7% à R$ 2,65, em queda pelo segundo dia seguido, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pelos leilões de venda do BC.

 

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 2,3% e China 0,1%, satisfeitas com a paciência do Fed ("BC" dos EUA) em não ter pressa em aumentar as taxas de juros da maior economia do mundo, (2) da EUROPA, Inglaterra 2,0%, França 3,3% e Alemanha 2,8%, influenciadas pelo mesmo motivo que levou a valorização das bolsas da Ásia e também beneficiadas pela recuperação dos preços das commodities, pelo aumento do índice Ifo de sentimento das empresas alemãs e pelo crescimento das vendas do varejo no Reino Unido e (3) dos EUA, com o S&P registrando o maior avanço acumulado em 3 dias desde NOV/11, S&P 2,4%, DJ 2,4% e NASDAQ 2,2%, ainda repercutindo o otimismo do comunicado do Fed ("BC" local) e com os papéis das empresas de tecnologia se destacando na alta após a divulgação do resultado melhor que o esperado da Oracle, cujas ações dispararam 10,2%.

 

Com Mantega de saída e sem Levy ainda ter assumido o cargo, o governo Dilma, que já é famoso por evitar tomar decisões, adiou a decisão sobre o esperado aumento da taxa de juros que serve de referência para os empréstimos do BNDES, também conhecida por TJLP e que hoje está em 5% ao ano.

 

Ainda com um discurso eleitoreiro, que precisa ser extirpado do governo Dilma com a saída de Mantega, ontem Arno Augustin, secretário do Tesouro Nacional, afirmou que o fraco desempenho fiscal deste ano não tem consequência negativa para a economia brasileira, pois foi uma escolha do governo para manter investimentos em educação, saúde e infraestrutura.

 

Prenunciando um Natal de "saco vazio" para o velhinho de roupa vermelha, barba branca e cara de fanfarrão, em DEZ/14 o Índice de Confiança do Consumidor brasileiro caiu -2,6%  na comparação com NOV/14 e incríveis -17,3% na comparação com DEZ/13.

 

Indicando que 2015 será um ano difícil para a economia brasileira, segundo uma pesquisa sobre perspectivas para o próximo ano realizada pelo Manpower Group Brasil com 851 empresas brasileiras, apenas 16% disseram que esperam aumentar a oferta de vagas, enquanto 10% preveem diminuir e 71% vão manter suas equipes com o mesmo número de empregados.

 

Após mais um recuo no mês de OUT/14, em NOV/14, já estimulado pelas contratações temporárias para o Natal, o mercado de trabalho formal brasileiro criou 8,4 mil vagas, o que representa o pior resultado para o mês desde NOV/08 e uma queda de –82% na comparação com o resultado auferido em NOV/13, quando o país criou 47,5 mil vagas.

 

-    A Gerdau subiu 1,9%, após ter sua  "nota" elevada pelo Bank of America Merrill Lynch.

-    A Embraer subiu 0,6%, beneficiada pelo anúncio de que o Congresso aprovou uma medida provisória que cria um plano de desenvolvimento da aviação regional, considerado por analistas positivo para a fabricante de aeronaves.

-    O Itaú recuou -0,7%, o Bradesco caiu -0,6% e Santander desvalorizou -0,6%, diante de "rumores"sobre possibilidade de volta da CPMF.

-    O Pão de Açúcar caiu -1,0%, após o Carrefour confirmar a venda de 10% da sua subsidiária brasileira a Abílio Diniz.


Política:
 
Finalmente "abrindo a caixa de Pandora", segundo informações do jornal "O Estado de S. Paulo", Paulo Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, listou o nome de 28 políticos envolvidos na Operação Lava Jato, dentre eles Antonio Palocci, Gleisi Hoffmann, Humberto Costa, Lindebergh Farias, Tião Viana, Renan Calheiros, Edison Lobão, Henrique Alves, Sérgio Cabral, Roseana Sarney, Eduardo Campos e até Sérgio Guerra, ex-presidente do PSDB.

 

Apesar do desejo pessoal de manter sua amiga Graça Foster no comando da Petrobras, a presidenta Dilma supostamente já foi convencida por auxiliares a procurar nomes, de preferência que agradem ao "mercado", para o comando da estatal e fazer a mudança o mais breve possível.

 

Com o PT bancando, provavelmente com recursos desviados do "petróleo",  uma enorme  "boca livre" para o dia da posse de Dilma, ontem a presidenta, ao ser diplomada pelo Tribunal Superior Eleitoral, afirmou que seu mandato é legitimado "pelo poder popular" e que mais difícil do que saber perder é saber vencer.

 

Sem pagar nem o piso do salário dos professores, de quem deveriam ter aprendido alguma coisa, os "nobres" parlamentares aprovaram um aumento do 40% para os juízes, a quem "confiam suas cabeças" quando são denunciados e na maioria das vezes inocentados, como ocorreu recentemente com Maluf.

 

Ex-advogado do PT, Dias Toffoli, atualmente presidente do Tribunal Superior Eleitoral, afirmou ontem, durante a cerimônia de diplomação de Dilma, que não haverá terceiro turno no país, o que é uma declaração endereçada à oposição, que por sua vez pediu a cassação do mandato da presidenta por suposto uso da máquina pública e abuso de poder político e econômico.


Crítica:
 
Terminou esta semana a Conferência Mundial do Clima, com mais um "compromisso vazio" para a apresentação de metas visando à redução das emissões de carbono, porem é sempre bom lembrar que a Natureza não precisa do homem para ser salva, pois já existe a milhões de anos e certamente vai se recuperar em poucos séculos se algum dia a vida humana deixar de existir na terra.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário