R.B. 15/DEZ/14 "Derretimento"


R.B.

"Derretimento"

 

São Paulo, 15 de dezembro de 2014 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em queda, ampliando a forte desvalorização já acumulada em DEZ/14 (-12,2%), ainda prejudicada pela enxurrada de noticias negativas para as empresas e para a economia brasileira, porem deve-se ressaltar que o patamar atual é bom para compras de investidores de longo prazo e (2) o DÓLAR pode seguir em alta, rumo aos R$ 2,70, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e seguindo a esperada piora do "humor" na Bovespa.

 

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu –3,7%, para fechar o dia no menor patamar desde MAR/14 (aos 48.001pts) e fechar a semana com o pior desempenho semanal (-7,7%) desde MAI/12, seguindo as perdas das principais bolsas mundiais e mais uma vez prejudicada pelo "derretimento" das ações da Petrobrás (-6,6%) e (2) o DÓLAR subiu 0,7% à R$ 2,66, para fechar o dia no maior patamar desde 31/MAR/05, acompanhando a piora do "humor" na Bovespa, mesmo diante do aumento do volume de vendas do BC.

 

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,3% e China 0,4%, beneficiadas pelas expectativas de que Pequim poderá adotar novas medidas de estímulos, (2) da EUROPA, Inglaterra –2,5%, França –2,8% e Alemanha –2,7%, prejudicadas pela perspectiva de uma demanda menor por petróleo em 2015, que derrubou as ações da Shell (-2,98%) e da BP (-3,3%), e pelas reverberações da crise política da Grécia na Europa e (3) dos EUA, realizando lucros, para o S&P fechar a sessão com o pior desempenho semanal desde MAI/12, S&P –1,6%, DJ –1,8% e NASDAQ –1,2%, com os investidores saindo dos mercados em resposta à queda livre dos preços do petróleo e a dados fracos da China.

 

Comprovando, pela "enésima vez", que Mantega foi o pior ministro da fazenda da história do Brasil, como são cada vez mais comuns projeções de que o IPCA de JAN/15 fique acima de 1%, a nova equipe econômica de Dilma corre o risco de enfrentar, logo no início do segundo mandato da presidente, a inflação mensal mais alta em 12 anos.

 

Com fama de metódico e obstinado, Joaquim Levy, escolhido por Dilma para ser o novo comandante da economia, vai encontrar um campo "minado" ao assumir o Ministério da Fazenda e por este motivo vai precisar de sangue-frio para descascar abacaxis no BNDES, na Caixa, na questão das desonerações tributárias, no setor elétrico, no Fundo de Amparo do Trabalhador e principalmente na Petrobras.

 

Podendo pressionar ainda mais a inflação, com a maioria dos fatores de elevação de custos das tarifas de energia já conhecida, consultorias estimam que, em 2015, os consumidores podem ter de arcar com altas da conta de luz superiores a 30% em alguns casos.

 

Dando mais um sinal de bolha imobiliária que se forma na principal cidade do Brasil, como "sobram poucos otários" para pagar os preços astronômicos praticados atualmente, o estoque de imóveis residenciais novos à venda na cidade atingiu 23.652 unidades, o que representa o maior número registrado desde o início da série, em 2004.

 

Supostamente seguros, já que tem o tesouro nacional como emissor, os títulos públicos do programa de investimento Tesouro Direto, em busca de uma maior capilaridade de investidores, terão novos nomes que, com o objetivo de facilitar o entendimento do investidor, passam a valer em 1º/FEV/15.

 

Enquanto a presidenta Dilma finge que nada esta acontecendo, assustado com o início das demissões nos grandes estaleiros, o governo pediu pressa ao BNDES na aprovação de um empréstimo de US$ 5bi para a Sete Brasil, maior fornecedora da Petrobras no pré-sal e que foi criada para construir e alugar 28 sondas de perfuração para a referida estatal e assim ao mesmo tempo estimular a indústria naval.

 

O preço do barril de petróleo continuou a sua rota de queda, fechando sexta-feira passada no menor patamar dos últimos 5 anos (US$ 61,85), e para piorar a situação a Agência Internacional de Energia voltou a reduzir sua previsão de crescimento da demanda global pelo combustível no ano que vem.

 

Por conta do escândalo de corrupção envolvendo a Petrobras, os grandes investidores da companhia no mercado dos EUA, como fundos de pensão, seguradoras, fundos de investimento, já reduziram em ao menos 1/3 sua posição em ações da empresa tupiniquim.

 

-    A Petrobrás despencou –6,6%, registrando seu quinto dia consecutivo de baixa, desta vez prejudicada pelo revelação que uma gerente da companhia advertiu a presidenta Graça Foster sobre uma série de irregularidades em contratos da empresa muito antes do início da Operação Lava Jato.


Política:
 
O reajuste nos contracheques das principais autoridades do país, medida que deve ser aprovada sem muita contestação pelo Congresso nesta semana, produzirá um efeito cascata com impacto anual de pelo menos R$ 3,8bi aos cofres públicos.
 
De forma discreta, para não chamar atenção, o ex-presidente Lula prestou, na última terça-feira, um depoimento à Polícia Federal em um inquérito complementar do mensalão, porem o "chefe da quadrilha" falou apenas na condição de testemunha e obviamente não relatou grandes novidades.
 
Fazendo uma oposição lúcida, coordenada e construtiva, Mariana Silva afirmou na ultima sexta-feira que, diante da revelação de que Graça Foster já sabia da corrupção na empresa, toda a diretoria da Petrobras deve ser demitida o quanto antes.
 
Segundo dados oficiais do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional, órgão ligado ao Ministério da Justiça, o Brasil repatriou pouco mais de 1% do dinheiro de corruptos que conseguiram levar seus recursos desviados a bancos no exterior.
 
Assim como no Brasil, após dias de intensos debates, o Senado dos EUA finalmente aprovou ontem o Orçamento de US$ 1,1tri que financiará o governo federal até SET/15 e evitou assim uma paralisação da administração, como a que ocorreu em 2013.

Crítica:

 

Inovando, mesmo contrariando a opinião dos seus fãs mais puristas, a Harley-Davidson, famosa, tradicional e centenária marca de motos, vai lançar já em 2016 uma motocicleta elétrica que em 4 segundos chega-se a 100 km/h e que tem o ruído que parece uma turbina de avião.

 

Repetindo, como já era de se esperar, a roubalheira da Copa do Mundo de Futebol, o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio-2016 pretende pagar R$ 254,9mi pelo aluguel do condomínio onde será instalada a Vila dos Atletas, na Barra da Tijuca, valor 456% maior do que a primeira previsão oficial, de R$ 45,8mi.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário