R.B. 10/NOV/14 ''O barato quase sempre sai muito caro''


R.B.

"O barato quase sempre sai muito caro"

 

São Paulo, 10 de novembro de 2014 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, tentando manter os 55.000pts como suporte e acompanhando a valorização das demais bolsas mundiais e (2) o DÓLAR pode cair, reduzindo uma pequena parte da forte alta acumulada na semana passada (4,1%), diante dos leilões de venda do BC.

 

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 1,1%, revertendo uma abertura negativa, na qual chegou a recuar –0,8%, com bom volume de negócios (R$ 6,5bi) e destaque de alta para as ações da Petrobrás (1,5%), impulsionada por compras de estrangeiros e também de fundações estatais e (2) o DÓLAR subiu 0,7% à R$ 2,57, em alta pelo sexto pregão consecutivo e fechando no maior patamar desde 19/ABR/05, ainda diante das expectativas de elevação dos juros nos EUA.

 

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,5%, encerrando a terceira semana consecutiva de ganhos, desta vez impulsionada pelo compromisso assumido no dia anterior pelo BC Europeu de, se necessário, estimular ainda mais o crescimento na zona do euro e China –0,3%, realizando lucros recentes, pressionada por notícias negativas sobre os planos de expansão de empresas chinesas do setor de construção, (2) da EUROPA, devolvendo parte dos ganhos do pregão anterior, Inglaterra –0,2%, França –0,9% e Alemanha –0,9%, com destaques de queda para as ações de bancos e (3) dos EUA, com pouca volatilidade, baixo volume de negócios e sem uma tendência única, S&P 0,1%, DJ 0,1% e NASDAQ –0,1%, em um dia marcado pela divulgação dos dados do nível de emprego do país, que mostrou que a taxa de desemprego recuou de 5,9% em SET/14 para 5,8% em OUT/14, o que ficou bem próximo das expectativas dos economistas e reforçou a tese de uma economia em recuperação moderada.

 

Segundo Meirelles, postulante ao cargo de Ministro da Fazenda, conviveremos com um mundo interessante nos próximos anos, no qual a recuperação lenta dos EUA não oferecerá grande ajuda à retomada do crescimento e os emergentes terão que resolver sozinhos os seus problemas domésticos de competitividade e produtividade para voltar a crescer a taxas desejadas.

 

Dizendo o que o mercado quer escutar e aquilo que o governo dificilmente vai executar, Mantega, futuro ex-ministro da Fazenda, afirmou na sexta-feira passada que, após o Tesouro Nacional acumular o maior déficit dos últimos 20 anos, o governo Dilma está estudando cortes para diminuir despesas que estão crescendo, como o seguro-desemprego, abono salarial e auxílio-doença.

 

Comprovando o que já se constatava, segundo um estudo feito por economistas do Insper da PUC, a qualidade da infraestrutura no Brasil recuou –2,1% entre 2010 e 2014 e o volume de investimentos ainda é baixo sob a perspectiva internacional e também na comparação com os países emergentes.

 

Diante da inevitável perda de fôlego no consumo, o setor de shoppings começa a recolher seus planos de expansão pelo Brasil, já que 44 empreendimentos que haviam sido anunciados para este ano em todo o país, só 11 foram abertos até agora, contra 38 inaugurações no ano passado.

 

Mostrando mais uma vez que ''o barato quase sempre sai muito caro'', a liquidação extrajudicial da corretora Corval, conhecida por cobrar taxas baixas, colocou em xeque a segurança dos investimentos em títulos públicos comprados no Tesouro Direto, já que alguns investidores relatam a transferência de títulos de sua propriedade para uso da própria corretora.

 

Apesar de desacelerar na comparação com SET/14 (0,57%) e de ficar abaixo das ''apostas do mercado'', em OUT/14 a inflação oficial do país ficou em 0,42%, com isto no acumulado em 12 meses o IPCA registra uma alta de 6,59%, superando o teto da meta (6,5%).

 

-    Por falta de perspectivas futuras, o HSBC, segundo maior banco estrangeiro em atividade no Brasil e sétimo maior banco em operação no país, demitiu cerca de 800 funcionários brasileiro na semana passada.


Política:
 
Como a presidenta Dilma, que quer mandar até na marca do papel higiênico usado nas dependências do Palácio do Planalto, não suporta Meirelles, que como todo bom líder gosta de ter autonomia, cresce a possibilidade de Nelson Barbosa ser o escolhido para o Ministério da Fazenda, o que é bem melhor do que Mercadante.
 
Com Lobão praticamente fora do governo Dilma, ganha cada vez mais força o nome de Giles Azevedo, atual chefe de gabinete da presidenta, para assumir o Ministério de Minas e Energia, pois ele é o único com disposição para ser o "ministro do racionamento petista".

 

Cotado para uma vaga no Supremo Tribunal Federal, mesmo sem nunca ter sido juiz, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, virou alvo de líderes do PMDB no Congresso, que trabalham para barrar sua indicação para a vaga aberta com a aposentadoria de Joaquim Barbosa.

 

Dando mais uma amostra do estelionato eleitoral que representou a reeleição de Dilma, com um discurso que totalmente baseado em promessas e números falsos, foi revelado durante o final de semana que durante a campanha a presidenta citou queda do desmatamento quando na verdade ela já tinha números indicando exatamente o contrário.

 

-    Conforme já era de se esperar, segundo dados oficiais do Tribunal Superior Eleitoral, os deputados federais de partidos aliados à presidenta Dilma ficaram com 60% das doações feitas por empresas aos eleitos para a próxima legislatura.


Crítica:
 
Dando um ''exemplo de eficiência'', a cidade de Niterói, no RJ, implementou uma grande mudança na maneira de gerir a distribuição de água, principalmente via eliminação de 100% dos vazamentos e das ligações clandestinas, que permitiu aumentar, no intervalo de dois anos, em 36% a quantidade de pessoas atendidas pelo serviço sem que fosse necessário elevar o volume de água consumida pelo município.


PAZ, amor e bons negócios;
Alfredo Sequeira Filho

O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário