R.B. 27/OUT/14 "A maior ameaça para a democracia brasileira"


R.B.

"A maior ameaça para a democracia brasileira"

 

São Paulo, 27 de outubro de 2014 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, provavelmente para fechar o dia abaixo dos 50.000pts, com os investidores frustrados com a vitória de Dilma nas eleições presidenciais, o que torna incerto o futuro da economia brasileira e (2) o DÓLAR pode subir, para fechar o dia facilmente acima dos R$ 2,50, influenciado pelo mesmo motivo que levará a queda da Bovespa.

 

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 2,4%, quebrando uma sequência de 4 baixas e com bom volume de negócios (R$ 10,7bi), diante da esperança, posteriormente frustrada, de vitória de Aécio nas eleições presidenciais brasileiras, diante da divulgação de pesquisas favoráveis ao tucano e de uma matéria da revista Veja afirmando que Dilma e Lula sabiam dos casos de corrupção existentes na Petrobrás e (2) o DÓLAR caiu –1,5% à R$ 2,47, acompanhando o mesmo motivo que levou a valorização da Bovespa e também influenciado pelos leilões de venda do BC.

 

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, em um movimento de cautela diante da divulgação do primeiro caso de ebola em NY, Japão –0,3% e China –0,2%, também prejudicadas pela divulgação de dados preocupantes do setor imobiliário chinês, (2) da EUROPA, realizando lucros do pregão anterior, Inglaterra –0,5%, França –0,7% e Alemanha –0,7%, com destaques de queda para as ações do grupo de bens de luxo Kering (-5,1%) e da companhia de produtos químicos BASF (-3,2%), após divulgarem dados e estimativas abaixo do esperado e (3) dos EUA, fechando em alta a melhor semana dos últimos 12 meses, S&P 0,7%, DJ 0,8% e NASDAQ 0,7%, beneficiadas pela divulgação de bons resultados corporativos de empresas importantes no terceiro trimestre, como a Procter & Gamble (2,3%) e a Microsoft (2,5%), e também pelo anuncio de que em SET/14 as vendas de imóveis residenciais novos cresceram 0,2%.

 

Confirmando a desaceleração brusca da economia brasileira, (1) segundo dados preliminares da execução do Orçamento, em SET/14 o conjunto dos oito principais impostos e contribuições federais apresentaram uma redução de cerca de –1,0% na comparação com SET/13, (2) atingindo o menor nível desde ABR/09, em OUT/14 o Índice de Confiança do Consumidor recuou -1,5% na comparação com SET/14 e -8,9% na comparação com OUT/13, (3) no 12 meses encerrados em SET/14, o déficit do Brasil nas suas transações de bens e serviços com o exterior alcançou 3,7% do PIB, o que representa o maior percentual, na comparação com o tamanho da economia nacional, desde FEV/02 e (4) com muita oferta e demanda crescente, o aumento médio dos alugueis na cidade de SP está em 3,5% ao ano, patamar abaixo da inflação oficial (6,45%).

 

Mantega, que será substituído em 2015, já que a inflação está no topo da meta, a economia segue estagnada e o resultado fiscal é fraquíssimo, "garantiu" que os mercados devem se acalmar nesta semana, pois já antecipou ao fatos, ressaltando que seu sucessor deve fazer um ajuste fiscal em 2015 e que os juros tendem a ser reduzidos, uma vez que a inflação deve perder fôlego ajudada pela queda dos preços das commodities.

 

Apresentando um número que deve crescer ainda mais com a vitória de Dilma, ao menos até ela copiar a Argentina e dificultar a saída de brasileiros do país, nos 9 primeiros meses deste ano os gastos dos turistas tupiniquins em viagens internacionais somaram US$ 19,6bi, o que representa um recorde histórico e um crescimento de 5% na comparação com o verificado no mesmo período de 2013.

 

Ganhando mais dinheiro com a falta de Água em SP, (1) a rede de lavanderias 5àsec teve aumento de 80% na demanda média por lavagem de roupas e (2) um franquiado AcquaZero, que oferece o serviço de lavagem de carros a seco, teve contratar mais 3 funcionários para sua equipe de 7 pessoas e ampliar o período de atendimento.

 

Justificando a resposta de Dilma, que no último debate antes do primeiro turno recomendou que uma economista desempregada de 55 anos deveria buscar o Senac para se requalificar, as matriculas nos cursos profissionalizantes, mais voltados ao mercado de trabalho, aumentaram 55% entre 2008 e 2013.

 

Com a economia brasileira em ritmo muito lento, a Natura olha para fora, principalmente para a América Latina, com isto as vendas no exterior da empresa já representaram 18,6% da sua receita líquida nos primeiros nove meses deste ano, o que representa mais do que o dobro do auferido no mesmo período de 2010 (7,3%).

 

-    A HRT aprovou emissão de debêntures de R$ 90mi, com os recursos destinados a investimentos no campo de Polvo, na Bacia de Campos, único ativo em produção da petroleira, e possíveis aquisições.


Política:
 
Na disputa mais apertada da curta história da democracia brasileira, ontem a presidenta Dilma, apesar das inúmeras denuncias de corrupção em seu governo, foi reeleita com 51,6% dos votos válidos, principalmente por conta do fraco desempenho de seu adversário em MG, já que em sua terra natal Aécio ficou com apenas 47,5% dos votos válidos.
 
Ontem, após Aécio agradecer o povo brasileiro por ter recebido a maior votação da história do PSDB, Serra, ex-governador e eleito para o Senado, afirmou que os tucanos não farão uma oposição "destrutiva, do tipo quanto pior, melhor" e que no Congresso o partido continuará combatendo "tudo o que combateu nesta campanha".
 
No primeiro mandato, Dilma esvaziou funções políticas do Planalto e rompeu pontes com o Congresso, o que resultou em diversas crises do governo com os parlamentares, especialmente em votações em plenário, agora reeleita a presidente escalará um núcleo político forte para atuar na linha de frente da relação do Palácio do Planalto com o Legislativo, que será formada por Aloizio Mercadante, Jaques Wagner e Miguel Rossetto como ministros.
 
Certamente a oposição sai muito fortalecida destas eleições, conquistar 48,4% dos votos em um país no qual a população de menor renda é comprada por programas assistencialistas é realmente louvável, agora, se quiser se manter no poder nossa presidenta terá que mudar radicalmente, o que acho difícil, e por isto o grande risco é Dilma cair e seu vice Michel Temer assumir.
 
Reeleita, a presidenta Dilma afirmou que está aberta ao diálogo e que seu segundo mandato será melhor do que o primeiro, porem, como que em um ato de vingança contra as vaias e os xingamentos que a petista escutou na abertura da Copa do Mundo de Futebol, ontem, enquanto ela fazia o discurso da vitória, os militantes petistas gritavam "o povo não é bobo, abaixo a rede Globo".

Crítica:
 
Representando "a maior ameaça para a democracia brasileira" e mostrando como é importante a alternância no poder, reeleita, a presidenta Dilma vai nomear mais 6 ministros para a composição do Supremo Tribunal Federal até 2018, com isto dos 11 magistrados da corte, só Gilmar Mendes, indicado pelo ex-presidente FHC, não terá sido escolhido por um governo do PT.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário