R.B. 16/OUT/14 ''Pegadinhas do IBGE''


R.B.

"Pegadinhas do IBGE"

 

São Paulo, 16 de outubro de 2014 (QUINTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em queda, acompanhando a gradativa piora do ''humor'' nos principais mercados mundiais, porem deve-se ressaltar que o patamar já está bastante interessante para compras de quem ''aposta'' que Aécio será o próximo presidente do Brasil e (2) o DÓLAR pode cair, em um ''ajuste técnico'' após fechar o pregão anterior registrando a maior alta diária desde 20/JUN/13, influenciado pelos leilões de venda do BC e pela expectativa de que, diante dos sinais de fragilidade da economia mundial, a taxa básica de juros dos EUA pode continuar baixa por mais tempo do que o esperado.

 

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu 3,2%, prejudicada pela divulgação de dados ruins no exterior, que apontam para uma desaceleração do crescimento global, e também com os investidores esperando a divulgação de pesquisas eleitorais e (2) o DÓLAR subiu 2,4% à R$ 2,45, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciada pelo anuncio do BC brasileiro de que o fluxo cambial ficou negativo em US$ -2,1bi nos 10 primeiros dias de OUT/14.

 

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,9%, tentando uma recuperação após uma sequência de 5 quedas consecutivas, com as exportadoras beneficiadas pela valorização do dólar frente a moeda local (o iene) e CHINA 0,6%, beneficiada pela especulação de que o país terá de adotar novas medidas de estímulos após os últimos dados de inflação sugerirem fraqueza na demanda doméstica, (2) da EUROPA, Inglaterra –2,8%, França –3,6% e Alemanha –2,9%, prejudicadas por preocupações sobre o crescimento econômico mundial e pelo aumento dos temores com a questão do ebola, que por sua vez derrubou as ações do setor aéreo, como a Lufthansa (-1,3%) e (3) dos EUA, em baixa pelo quinto pregão consecutivo, S&P –0,8%, DJ –1,1% e NASDAQ –0,3%, desta vez pressionadas por uma nova onda de aversão ao risco, diante da divulgação de dados que deram sinais de fraqueza da economia norte-americana.

 

Dando dos sinais negativos da economia brasileira, (1) em SET/14 foram criados 123.785 empregos com carteira assinada no país, o que representa o pior resultado para um mês de setembro desde 2001 e também uma queda de –41% na comparação com SET/13, (2) em OUT/14 o índice de confiança dos industriais brasileiros na economia do país ficou em 45,8pts, o que representa um recuo de 0,7pts na comparação com SET/14 o menor patamar desde que o indicador que começou a ser medido (em 1999) e (3) em AGO/14 as vendas do comércio varejista do país foram –1,1% menores que em AGO/13.

 

Discordando de tudo que é dito e feito na atual politica econômica brasileira, um grupo de 164 renomados professores de economia divulgou ontem um manifesto que tem 8 itens e cujo objetivo é "desconstruir os inúmeros argumentos falaciosos ventilados na campanha eleitoral petista".

 

Elevando as preocupações com a atividade econômica global (1) na China, a inflação ao consumidor desacelerou mais do que o esperado em SET/14, se aproximando da mínima em 5 anos e (2) nos EUA, as vendas no varejo caíram –0,3% em SET/14 e (3) atingindo o que é considerado uma "zona de perigo", a inflação na zona do euro atingiu em SET/14 o menor nível desde OUT/09, ao mesmo tempo em que as exportações do bloco vacilaram em AGO/14, dando pouca esperança para a economia que tenta evitar sua terceira recessão em 6 anos.

 

Com o consumidor finalmente começando a aprender a fazer contas, como atualmente se aluga um imóvel pagando-se de aluguel menos do que 0,5% do seu valor, no terceiro trimestre deste ao o número de interessados em alugar um imóvel residencial na cidade de SP cresceu 24% ante o mesmo período de 2013.

 

Com Eike Batista, que já foi considerado pelo governo petista um exemplo de empresário, conseguindo acabar com a única empresa viável de seu ex-império, ontem a MMX, braço de mineração do grupo EBX, anunciou que apresentará hoje um pedido de recuperação judicial no Justiça do RJ.

 

-    A Petrobrás despencou –6,9%, diante do ''temor'' de que, por conta da forte queda forte do preço do petróleo, que zerou a defasagem entre os preços da gasolina e do diesel praticados no Brasil e no exterior, o governo cogite não reajustar os combustíveis este ano.

-    A Embraer caiu –2,4%, mesmo após anunciar que sua carteira de pedidos firmes a entregar chegou ao fim do terceiro trimestre em US$ 22,1bi, o que representa o maior patamar da história da empresa e um avanço de 22,1% na comparação com o segundo trimestre.


Política:

 

-    Repetindo o cenário da semana passada, segundo as duas pesquisas divulgadas ontem o tucano Aécio continua liderando a disputa pela presidência do Brasil com 51% dos votos válidos e a petista Dilma tem os mesmos 49% registrados anteriormente.

-    Na primeira pesquisa divulgada após o primeiro turno, Rodrigo Rollemberg, do PSB, aparece na frente na corrida pelo governo do Distrito Federal, com 57% dos votos válidos, já seu adversário Jofran Frejat, do PR, tem 43%.

-    Argumentando que o atual governo petista sucateou a saúde e desrespeitou o exercício da medicina, ontem a Associação Médica Brasileira divulgou uma carta de apoio à candidatura presidencial do tucano Aécio.

-    Apesar de Garotinho, terceiro colocado no primeiro turno, ter apoiado o candidato do PRB, na disputa pelo governo do RJ o peemedebista Pezão, atual governador, lidera com 56% dos votos válidos, contra 44% de Crivella.

 

A noticia negativa das pesquisas divulgadas ontem para os tucanos é que Aécio se manteve no mesmo patamar da semana passada mesmo com (1) a avalanche de más notícias que assaltou o governo na última semana, como as denúncias de corrupção na Petrobras e o aumento da inflação e (2) o anúncio de apoio de Marina e da família Campos ao candidato tucano.

 

Demorou mais não tardou e ontem Lula, que é conhecido por gostar de uma ''caninha'', atacou Aécio ao lembrar que o referido candidato tucano à presidente já foi parado em uma batida policial no RJ às 3 horas da manhã e se recusou a soprar um bafômetro para dizer se tinha bebido ou não.

 

Tratado como herói pelos petistas, Dirceu, ex-ministro da Casa Civil de Lula que foi condenado a 7 anos e 11 meses no processo do mensalão, pedirá na próxima segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal que o autorize o regime semiaberto para terminar de cumprir sua pena em prisão domiciliar.


Crítica:

 

A suposta baixa taxa de desemprego brasileira esconde várias ''pegadinhas do IBGE'', já que são considerados como empregados (1) os 50 milhões de beneficiários do programa bolsa família, (2) os prestadores de serviços temporários que recebem menos de um salário mínimo por mês, (3) quem desistiu de procurar emprego e (4) uma pessoa realiza qualquer atividade e ao invés de dinheiro recebe um prato de comida, por exemplo.

 

Estimulando a perpetuação do estúpido racismo e do inexplicável preconceito, ontem o Conselho Nacional do Ministério Público anunciou que deve decidir até o início do ano que vem se os Ministérios Públicos de todo o país terão de adotar cotas para negros em seus concursos de admissão.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário