R.B. 29/SET/14 "Tendência que se espalha pelo mundo"


R.B.

"Tendência que se espalha pelo mundo"

 

São Paulo, 29 de setembro de 2014 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, com os investidores "frustrados" com o crescimento da presidenta Dilma nas pesquisas de intenção de voto 1 semana antes do primeiro turno, porem deve-se ressaltar que o patamar pode novamente ficar interessante para compras, principalmente para aqueles que acreditam que no segundo turno, com a oposição unida e o mesmo tempo na TV, o Brasil pode "se livrar do PT" e (2) o DÓLAR pode subir, rumo aos R$ 2,45, "tentando o limites" do BC e acompanhando a esperada piora do "humor" na Bovespa.

 

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 2,3%, acompanhando a melhora do "humor" nas principais bolsas mundiais e com destaque da alta para as ações da Petrobrás (5,5%), diante de "rumores", posteriormente frustrados, de queda da presidenta Dilma nas pesquisas de intenção de voto e (2) o DÓLAR –0,4% à R$ 2,41, pressionado pelos leilões de venda do BC e acompanhando a melhora do "humor" na Bovespa e a trajetória internacional da moeda norte-americana.

 

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,1% e China 0,2%, impulsionadas por esperanças de que possíveis novas reformas de Pequim levem a um aumento na liquidez, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,1%, França 0,9% e Alemanha 0,2%, beneficiadas pela revisão para cima do PIB dos EUA e da Espanha, que amenizou as preocupações dos investidores com a expansão da economia mundial, e pela informação de que o BC Europeu prevê aumento na demanda dos bancos da zona do euro pelo programa de crédito barato, o que deve ampliar a oferta de financiamentos na região e (3) dos EUA, recuperando parte das perdas do pregão anterior, S&P 0,9%, DJ 1,0% e NASDAQ 1,0%, também animadas pela revisão para cima do PIB do país, que cresceu à taxa anualizada de 4,6% no segundo trimestre, o que representa o ritmo mais rápido desde o quarto trimestre de 2011, e com destaque de alta para as ações da Apple (2,9%).

 

Simplesmente por ser menos conhecida que seus oponentes, Marina Silva é uma incógnita para os economistas que traçam cenários (1) otimistas, nos quais o governo corta gastos, reduz a dívida pública, recoloca a inflação na trajetória do centro da meta e recobra a confiança dos investidores e (2) pessimistas, nos quais a presidente assiste impotente à aprovação de medidas populistas pelo Congresso, que forçam o governo a gastar de forma insustentável, desequilibram as contas públicas e atiçam a inflação.

 

Segundo um levantamento feito pelo FMI, uma das principais propostas da agenda econômica de Marina Silva, que é a criação de um conselho independente para monitorar as contas do governo, é uma "tendência que se espalha pelo mundo" com apoio do pensamento liberal e que já foi colocado em prática em pelo menos 28 países ricos e emergentes como Holanda, Reino Unido, Canadá, França, Chile, África do Sul e Quênia.

 

-    Fazendo maracutais, como já é de seu costume, a presidenta e candidata Dilma se valeu de dados errados sobre a dívida pública para negar a necessidade de um "choque fiscal", ou seja, de um corte amplo e imediato nos gastos do governo.

 

Como fruto da falta de confiança dos consumidores no futuro da economia brasileira, em AGO/14, mesmo diante das medidas do BC para liberar parte do compulsório para estimular a concessão de crédito, o saldo dos empréstimos pessoais para compra de veículos teve a sétima queda, desta vez de –0,3% na comparação com JUL/14.

 

Ainda tentando atrair a simpatia dos empresários 1 semana antes das eleições presidenciais, hoje Mantega, futuro ex-ministro da Fazenda, vai se reunir novamente com representantes do setor industrial para negociar novas medidas de incentivo à exportação.

 

Podendo influenciar nos negócios do Banco Indusval, do qual detém uma substancial participação, Bill Gross, um dos investidores de títulos de dívida mais respeitados do mundo, está deixando a Pimco, gestora de recursos que ele fundou, para se juntar à rival Janus Capital Group.

 

Em 2009 a Petrobras previu produzir 3,655 milhões de barris de petróleo e gás natural por dia em 2013, em média, no Brasil e no exterior, porem, diante de questões operacionais e políticas, no ano passado a média diária foi de 2,539 milhões de barris, o que fez a empresa deixar de faturar US$ 40,7bi.

 

-     BRF subiu 3,5%, após anunciar (1) a nomeação de Pedro Faria, atual CEO internacional, para o cargo de diretor-presidente da companhia (2) um programa de recompra de cinco milhões de ações, o que equivale a 0,57% dos papéis disponíveis.

-    A Vale caiu –1,4%, ainda impactada por problemas de oferta e demanda de minério de ferro na China, mesmo após anunciar que fechou acordo para expandir sua frota de navios para o transporte do produto, o que deve aumentar sua competitividade ante as rivais Rio Tinto e BHP Billiton.


Política:
 

Ontem, durante o debate na TV Record, a presidenta Dilma foi o principal alvo dos ataques por conta das inúmeras denúncias de corrupção no seu governo, especialmente envolvendo a Petrobras, e chegou a pedir três direitos de resposta, todos eles negados, em menos de 1 hora.

 

Também ontem, no quarto e penúltimo debate entre os candidatos à Presidência antes do primeiro turno, a presidenta Dilma, atacando para se defender, intensificou a estratégia de campanha do PT de tentar colar em Marina Silva a imagem de uma política não confiável e que muda de posição ao sabor das circunstâncias.

 

Com um orçamento de campanha que chega a R$ 7,9mi, oriundos de doações de empresas como JBS, OAS, UTC e Bradesco, o peemedebista Renan Filho, que tem 34 anos e é filho de Renan Calheiros, caminha à passos largos para ser o próximo governador de Alagoas, já que segundo a ultima pesquisa tem 43% das intenções de voto, contra 26% do senador Biu de Lira, do PP.

 

Mostrando como o mundo dá voltas rápidas, principalmente na política, Aécio entrou na disputa deste ano com a certeza de que chegaria ao segundo turno, porem a morte de seu amigo e adversário Eduardo Campos, do PSB, mudou o cenário e agora o neto de Tancredo pode ser o primeiro tucano a ficar fora da reta final da eleição desde 1994.


Crítica:

 

Apesar da intensificação da crise econômica e política pela qual passa o país, o turismo vem se mostrando um setor blindado aos atuais problemas da Argentina, já que em JUL/14, exatamente quando o país entrou em calote técnico de sua dívida, as visitas de turistas internacionais cresceram 6,6% na comparação anual, principalmente atraídos pelos preços competitivos no país.

 

Em uma sociedade alienada e hipócrita, que come carne de vaca, vê crianças passando forme e mesmo assim trata cães e gatos como se fossem humanos, já estão sendo oferecidos planos de saúde para pets que partem de valores mensais próximos a R$ 30, para coberturas básicas que incluem consultas e vacinas, e podem chegar aos R$ 200 nas modalidades mais completas, conforme a idade e o porte do animal.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário