R.B. 17/SET/14 "Os banqueiros são culpados até pelo asteroide que matou os dinossauros"


R.B.

"Os banqueiros são culpados até pelo asteroide que matou os dinossauros"

 

São Paulo, 17 de setembro de 2014 (QUARTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em alta, rumo aos 60.000pts, com os investidores ''comemorando'' (l) a queda da presidenta Dilma nas pesquisas de intenção de voto e (ll) o anuncio de que o BC chinês vai injetar um total US$ 81bi nos 5 principais bancos do país a fim de combater o arrefecimento da economia e (2) o DÓLAR pode seguir em queda, diante das ''apostas'', que podem ser confirmadas ao longo do pregão, de que Fed (''BC'' dos EUA) manterá inalterada a taxa básica de juros norte-americana.

 

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 2,0%, para fechar em território positivo pelo segundo dia consecutivo, com ótimo volume de negócios (R$ 10,0bi) e impulsionada principalmente pelas ações das estatais Petrobrás (4,9%) e Banco do Brasil (4,4%), diante de ''rumores'' de uma nova queda da presidenta Dilma nas pesquisas de intenção de voto e (2) o DÓLAR caiu -0,6% à R$ 2,32, acompanhando a melhora do ''humor'' na Bovespa, seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pelos leilões de venda do BC.

 

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -0,2% e China -1,8%, prejudicadas por preocupações com a situação econômica chinesa e em compasso de espera antes do desfecho do encontro do BC norte-americano, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,2%, França -0,4% e Alemanha -0,3%, ainda prejudicadas pelos temores de divisão do Reino Unido, que ofuscaram os resultados positivos das economias da zona do euro, como o crescimento 1,2% dos salários da região no segundo trimestre em relação ao mesmo período de 2013 e (3) dos EUA, recuperando as perdas da abertura, com o S&P fechando dia a registrar a maior alta percentual em 1 mês, S&P 0,8%, DJ 0,6% e NASDAQ 0,8%, diante de ''rumores'' divulgados no Wall Street Journal indicando que o Fed (''BC'' local) pode ser menos ''linha-dura'' que o esperado pelos mercados.

 

Abusando do poder da máquina publica para atrair votos para Dilma e para melhorar o relacionamento do governo petista com o setor privado, ontem Mantega, o demissionário Ministro da Fazenda, agendou para hoje uma reunião com o setor da construção civil na qual deve anunciar o aumento da meta de habitações da segunda etapa do programa Minha Casa, Minha Vida.

 

Trabalhando em beneficio dos empresários e contra a população, ontem o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal para tentar derrubar a regra que impõe punições às empresas com débitos tributários que distribuem lucros aos seus acionistas.

 

Como nem mesmo a Copa do Mundo ajudou, em JUL/14 o setor de serviços brasileiro cresceu 4,6%, em termos nominais (sem descontar a inflação), na comparação com o mesmo mês de 2013, o que representa o resultado mais baixo de toda a série histórica do IBGE, iniciada em 2012.

 

Diante dos resultados auferidos por suas empresas e da enorme falta de credibilidade do governo Dilma, em SET/14 o índice de confiança dos empresários na economia brasileira se manteve nos mesmos 46,5pts de AGO/14, o que representa um dos níveis mais baixos desde que começou a ser medido em 1999.

 

-    A Cemig caiu -0,8%, já que o petista Fernando Pimentel, líder na disputa pelo governo de MG, afirmou que tem intenções de reduzir a tarifa de energia elétrica no estado.


Política:

 

Com ''os tucanos abandonando o barco'' muito antes de hora, supostos ''aliados'' de Aécio, do candidato do PSDB à Presidência, estão se aproximando cada dia mais da campanha de Marina, como o presidente estadual do PSDB no Ceará, Tomás Figueiredo Filho, porém, mais cautelosa, a candidata do PSB pediu para que os auxiliares dela mais próximos não façam, por enquanto, nenhum movimento em direção aos tucanos.

 

Mostrando a importância do apoio tucano à candidata do PSB no segundo turno das eleições presidenciais, segundo a última pesquisa divulgada, Dilma, mentido mais que o Pinóquio, caiu de 39% para 36%, Marina Silva, apanhando mais que boneco de Judas em sábado de Aleluia, caiu de 31% para 30% e Aécio Neves, mesmo com a debandada dos ''companheiros tucanos'', subiu de 15% para 19%.

 

No debate de ontem entre os presidenciáveis na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, que pelo clima de tensão no ar teve a participação do Capeta, tivemos como destaques (1) Dilma arrogante e confusa como sempre, (2) Aécio, com cara de coroinha, tentando passar a imagem de bom cristão, (3) Marina Silva frustrada pelo formato do debate que impediu um confronto direto com a presidenta, (4) Eduardo Jorge dando aula para a presidenta sobre setor elétrico, (5) Levy Fidelis dizendo que "os banqueiros são culpados até pelo asteroide que matou os dinossauros", (6) Luciana Genro, como que possuída pelo Tinhoso, batendo abaixo da linha da cintura e (7) e Pastor Everaldo mostrando-se despreparado até para ser sindico de prédio.

 

Segundo Joaquim Barbosa, que pressionado politicamente abandonou de forma prematura a presidência do Supremo Tribunal Federal, em países ainda em fase de consolidação institucional, ou que tenham instituições débeis, a reeleição funciona como o carro-chefe, a mãe de todas as corrupções de toda a espécie.

 

Usando seu direito de resposta por ser acusada pelos casos de corrupção na Petrobrás, a presidenta Dilma afirmou, em um idioma muito parecido com o português e cometendo um enorme ato falho, que a polícia Federal é um integrante do governo.

 

Ao mesmo tempo em que os paulistas falam que os cariocas estão sem candidato decente para votar para governador do estado, em SP as pesquisas indicam que a disputa pelas vagas na Câmara Federal é liderada pelo palhaço Tiririca, pelo homofobico pastor Feliciano e por Maluf, que é procurado até pela Interpol.


Crítica:
 
Abandonado por todos, inclusive pelo ''companheiro Lula'' que até o final do seu segundo mandato o classificava como um exemplo de empresário, Eike Batista, atualmente conhecido também como o ''Midas do PowerPoint'', recebeu ontem a notícia de que a Justiça Federal do RJ determinou o bloqueio de todos os seus bens, investimentos e valores em conta corrente nos bancos brasileiros, que é mais um desdobramento da denúncia feita pelo Ministério Público Federal na semana passada, por crimes de manipulação de mercado e negociação de ações com informação não pública, supostamente praticados pelo empresário com papéis da OGX.

 

Revelando mais um passo da ''insana cartilha bolivariana'', que também é seguida pelo Brasil, pela Venezuela e por Cuba, ontem Hector Timerman, ministro argentino das Relações Exteriores, convocou o diplomata norte-americano ao seu escritório e disse que poderia tomar "as mais severas ações previstas na Convenção de Viena", que é a expulsão, simplesmente por que o representante dos EUA criticou o ''maravilhoso'' governo de Cristina Kirchner e aconselhou a Argentina a acertar sua dívida com os credores.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil 



Nenhum comentário:

Postar um comentário