R.B. 21/AGO/14 ''Quase iguais''


R.B.

"Quase iguais"

 

São Paulo, 21 de agosto de 2014 (QUINTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, em uma ''saudável'' realização de lucros após fechar o pregão anterior no maior patamar desde 6/FEV/14 (aos 58-878pts), com o ''mercado'' desanimado com a divulgação de novos indicadores negativos da economia brasileira e (2) o DÓLAR pode subir, mesmo diante dos leilões de venda do BC, acompanhando a esperada realização de lucros na Bovespa e também a trajetória internacional da moeda norte-americana.

 

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,7%, novamente com bom volume de negócios (R$ 7,3bi) e desta vez ''animada'' com a confirmação da candidatura de Marina Silva, cujo principal assessor econômico, Eduardo Giannetti da Fonseca, tem um currículo admirado e tem dado declarações que agradam bastante o ''mercado'' e (2) o DÓLAR subiu 0,6% à R$ 2,26, acompanhando a valorização internacional da moeda norte-americana, repercutindo a divulgação da ata da última reunião do Fomc, que é o comitê de política monetária dos EUA.

 

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 0,1% e China 0,2%, sustentadas o desempenho positivo das bolsas de NY no dia anterior, com destaques de alta para as ações das empresa do setor imobiliário, (2) da EUROPA, Inglaterra -0,3%, França -0,3% e Alemanha -0,2%, realizando lucros recentes, pressionadas pelos sinais de que o BC da Inglaterra já está elevando o debate sobre um aperto monetário e (3) dos EUA, revertendo uma abertura negativa, para fecharem em alta pelo terceiro pregão seguido, S&P 0,2%, DJ 0,3% e NASDAQ 0,1%, desdenhando da possibilidade de uma subida antecipada da taxa de juros do país, diante dos sinais positivos da economia do país.

 

De forma totalmente eleitoreira, sem nenhuma credibilidade e provavelmente também sem nenhum efeito pratico, ontem Mantega, ministro da Fazenda, anunciou que medidas para estimular e facilitar a oferta de crédito, principalmente para os setores imobiliário e automobilístico, como (1) a redução de 60% para 50% dos depósitos, (2) o estabelecimento de um patamar único o fator de ponderação de risco, que é uma espécie de seguro contra calotes, o que reduziu o requerimento de capital para risco nas operações de crédito e (3)  a criação de uma espécie de "meta de vendas" para os bancos, na qual quem elevar em 20% a média diária dessas operações de financiamento até DEZ/14 poderá descontar os empréstimos do dinheiro retido no BC.

 

A decisão de lançar novas medidas de estímulo ao consumo mostra mais uma vez a incapacidade técnica da equipe econômica de Dilma, já que neste momento, principalmente diante da pressão inflacionária e da baixa confiança na economia, o que deveria ser feito era se estimular a produção e o investimento.

 

Provando em números a incapacidade técnica da equipe econômica de Dilma, segundo projeções da Fiesp a participação da indústria de transformação no PIB brasileiro deve cair para 12,6% neste ano, o que representa o menor patamar desde 1954.

 

Ainda com preços astronómicos, registrando uma queda de –48,3% na comparação com o mesmo período de 2013, no primeiro semestre deste ano o mercado imobiliário paulistano, que começa a mostrar que não é tão seguro como se acreditava, apresentou as vendas mais baixas de toda a série histórica medida pelo sindicato do mercado imobiliário, que começou em 2004 com a atual metodologia.

 

Dando um exemplo de como é possível agregar valor a uma commoditie, o suco integral sem conservante e laranjas já descascadas são as apostas de pequenos produtores rurais do interior de SP para enfrentar a crise da citricultura, que atinge sobretudo a agricultura familiar com safras elevadas, avanço de doenças nos pomares e perda de renda.

 

Na ata da sua reunião da semana passada, os integrantes do Federal Reserve (''BC'' dos EUA), afirmam observar uma melhoria nos indicadores do mercado de trabalho do país, indicando que caso os índices permaneçam favoráveis, e a inflação sob controle, a autoridade monetária norte-americana poderá antecipar o fim dos estímulos que há anos tem auxiliado o país a se recuperar da crise econômica.

 

Sofrendo com as intervenções do governo Federal, as empresas do setor elétrico listadas na BM&FBovespa tiveram, sob a ótica da rentabilidade sobre patrimônio, entre JUL/13 e JUN/14, o pior resultado em 12 meses desde o último trimestre de 2004.

-    A Petrobras subiu 2,1%, ainda influenciada pela redução das chances de vitória de Dilma nas eleições presidenciais e obviamente sem influencia do anuncio do candidato Pastor Everaldo, que afirmou que se eleito vai privatizar a empresa.

-    A MMX caiu 8,4%, após anunciar que, devido à "prolongada" baixa nos preços internacionais de minério de ferro, vai interromper sua produção na região de Serra Azul, em MG, por 30 dias.


Política

 

Segundo Marina Silva, que ontem foi oficializada como nova candidata do PSB à Presidência, a presidenta Dilma, que busca a reeleição pelo PT, é a principal culpada pela crise no setor energético e é lamentável que o país esteja sob ameaça de apagão elétrico desde 2002, tendo sempre a mesma pessoa responsável pelo setor, inicialmente como ministra e hoje como presidente.

 

Além de oficializar Marina Silva como sua candidata à presidência, ontem o PSB, ressaltando que pretende perseguir metas e o programa de Eduardo Campos, anunciou que o deputado federal Beto Albuquerque será o candidato a vice-presidente.

 

Atualmente os ataques covardes, pessoais, preconceituosos e mentirosos à Marina Silva são "quase iguais" aos ataques sofridos por Lula quando ele se elegeu em 2002, porem agora a diferença é que, além de tomar porrada dos tucanos, a candidata do PSB também apanha dos petistas, entretanto na maioria das vezes em campanha política quem bate cai, exatamente como aconteceu com Serra em 2002 e 2010.

 

Candidato tucano ao Senado por SP, José Serra foi intimado pela Polícia Federal para depor sobre os contatos que manteve com empresas do cartel de trens que atuou no Estado entre 1998 e 2008.

 

Ontem o Conselho de Ética da Câmara dos Deputados aprovou, por onze votos a zero, o parecer que pede a cassação do deputado André Vargas, que é um ex-petista que foi flagrado pela Polícia Federal em conversas com o doleiro Alberto Youssef, operador de um esquema bilionário de lavagem de dinheiro desbaratado pela Operação Lava Jato.


Crítica:

 

Mentindo, desprezando de forma crônica as ordens da corte norte-americana e demonstrando um total desdém pelas leis e pelos acordos internacionais, ontem Cristina Kirchner, a presidente da Argentina, anunciou que enviará um projeto de lei ao Congresso para realizar no seu país, e obviamente da forma como bem entender, o pagamento dos credores da dívida renegociada, que hoje são feitos sob jurisdições de outros países, como os EUA.

 

Reagindo à decapitação covarde, desumana e inexplicável de um norte-americano pela milícia radical do Estado Islâmico na Síria, Obama, presidente dos EUA, disse que governos do Oriente Médio devem fazer um esforço comum para "extrair o câncer" representado por esta facção, "antes que ele se espalhe".


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil 



Nenhum comentário:

Postar um comentário