R.B. 22/AGO/14 "Mais uma maracutaia"


R.B.

"Mais uma maracutaia"

 

São Paulo, 22 de agosto de 2014 (SEXTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve cair, acompanhando o movimento de realização de lucros nas principais bolsas mundiais e devolvendo uma pequena parte da forte alta acumulada nos últimos 12 meses (14,8%) e (2) o DÓLAR pode seguir em alta, mesmo diante dos leiloes de venda do BC, influenciado pela esperada realização de lucros na Bovespa e ainda mantendo os R$ 2,25 como suporte.

 

Ontem, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,2%, novamente com bom volume de negócios (R$ 6,3bi) e desta vez sustentada pelo bom desempenho das ações dos bancos, como Itaú (0,7%) e Bradesco (1,6%), apesar da leve realização de lucros nas ações da Petrobrás (-0,2%) e da Vale (-0,4%) e (2) o DÓLAR subiu 0,2% à R$ 2,26, seguindo a cotação internacional da moeda norte-americana e com os investidores esperando o discurso que Janet Yellen, a presidente do Fed ("BC" dos EUA), fará hoje.

 

Também ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, sem uma tendência única, Japão 0,8%, em alta pela nona sessão consecutiva, desta vez com uma nova valorização do dólar ante a moeda local (o iene) impulsionando ações de exportadores e de empresas do setor financeiro, e China –0,4%, prejudicada pela divulgação de dados decepcionantes da atividade industrial do país, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,3%, França 1,2% e Alemanha 0,9%, impulsionadas pela divulgação de dados positivos do PMI alemão, que indicaram crescimento do setor privado e assim tranquilizaram os investidores sobre as perspectivas da maior economia europeia e (3) dos EUA, com o S&P batendo um novo recorde histórico, S&P 0,3%, DJ 0,4% e NASDAQ 0,1%, beneficiadas por uma enxurrada de dados econômicos positivos, como as vendas de casas existentes que atingiram o maior patamar em 10 meses e os pedidos iniciais de auxílio-desemprego que caíram drasticamente.

 

Em "mais uma maracutaia" para reforçar seu caixa, o governo Dilma reduziu o ritmo e a previsão de pagamento de subsídios a setores e operações tão diferentes quanto agricultura, energia elétrica, exportações e investimentos, já que no primeiro semestre deste ano, segundo dados da execução do Orçamento, foi desembolsado apenas 1/3 do total previsto para essa modalidade de despesa no ano.

 

Com o objetivo de saber se houve prejuízo a pequenos investidores que tenham ações do banco do Brasil, a CVM decidiu investigar o atraso no repasse de recursos do Tesouro para o referido banco estatal, que fechou o primeiro semestre com uma conta a receber do governo de quase R$ 8bi, oriunda principalmente em razão de subsídios concedidos a produtores rurais.

 

Como está muito difícil um acordo com os europeus, o Mercosul vai se reunir, já nos próximos dias, com a Aliança do Pacífico para discutir a aceleração da liberalização comercial entre os dois grandes blocos da América Latina e tentar mostrar que o bloco formado por Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Venezuela não está tão paralisado como julga a grande maioria dos analistas.

 

Mostrando porque não adianta o governo estimular o consumo, segundo uma pesquisa divulgada ontem pelo Serasa, o número de consumidores inadimplentes no Brasil chegou a 57 milhões em AGO/14 e atingiu o maior patamar desde 2012, quando este levantamento começou a ser feito.

 

Com a realidade começando a bater à porta da economia brasileira, em JUL/14 foram gerados apenas 11.796 empregos formais no Brasil, o que representa um recuo de -71,5% na comparação com JUL/13 e também o pior resultado desde 1999, quando esta pesquisa começou a ser feita.

 

De forma "conveniente" em um momento no qual os arrecadadores de doações para as campanhas politicas batem nas portas dos empresários para pedir dinheiro para seus candidatos, ontem o governo Dilma decidiu prorrogar para o fim de 2018 a desoneração de computadores, notebooks, tablets, modems e smartphones.

 

Ajudando a engordar o caixa do governo, convenientemente às vésperas do primeiro turno das eleições presidenciais, ontem a Anatel o edital para o leilão do 4G, que será realizado no dia 30/SET/14  e que garantirá pelo menos R$ 7,7bi ao governo.

 

-    A Natura subiu 3,9%, já que os investidores estão gostando da saída de Alessandro Carlucci da presidência da empresa, cargo que ocupou por dez anos, pois acreditam que mudanças na gestão poderão trazer resultados melhores.

-     O Pão de Açúcar caiu –1,4%, realizando lucros recentes.


Política:

 

Com o objetivo claro de atrair a simpatia do mercado, ontem Maria Alice Setúbal, coordenadora do programa de governo de Marina Silva, afirmou que a candidata a presidente pelo PSB pretende, conforme já escrito em seu programa de governo, conceder autonomia formal, por lei, ao BC.

 

Coberto de razão, Aécio, o candidato do PSDB à Presidência, classificou a gestão de Dilma como "o governo do remendo e do improviso" ao comentar o pacote de estímulo ao crédito lançado pela gestão petista e ao ressaltar que estas medidas deveriam vir acompanhadas de regras que estimulem investimentos para o crescimento do país.

 

Ontem, em visita às obras de transposição do rio São Francisco, que aliás já está demorando mais para ficar pronta do que as pirâmides do Egito, a presidenta Dilma, candidata à reeleição,  criticou o que chamou de uso da Petrobras como "arma política" em período eleitoral e atacou indiretamente o governo do ex-presidente FHC ao dizer que problemas ocorridos com a estatal nos mandatos do tucano não foram investigados.

 

Agindo como um índio, Paulo Passos, ministro dos Transportes da presidenta Dilma, afirmou que espera que as chuvas de OUT/14 possam ser suficientes para liberar a hidrovia Paraná-Tietê, em SP, que aliás foi a segunda mais movimentada do país no ano passado e que agora está paralisada por falta de água nos rios da região.

 

Ajudando, e muito, na campanha eleitoral de Dilma, a greve de dois meses no IBGE, que terminou na semana passada sem a pretendida equiparação salarial com outros órgãos do governo, deixou como legado o atraso na divulgação de várias pesquisas importantes sobre o nível de emprego, que agora somente serão divulgadas após as eleições presidenciais.

 

Recebendo uma boa oportunidade para dizer o que sente e mostrar como reage à pressão, Marina Silva, candidata à presidente pelo PSB, será entrevistada na bancada do "Jornal Nacional", da TV Globo, na próxima quarta-feira.


Crítica:

 

Como se o judiciário brasileiro estivesse sem processos atrasados e com tempo para discutir e analisar coisas supérfluas, ontem, por uma decisão judicial, a Apple foi obrigada a tirar de sua loja on-line o aplicativo Secret, que ganhou popularidade e causou polêmica no Brasil nas últimas semanas.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil 



Nenhum comentário:

Postar um comentário