R.B. 10/JUL/14 ''Comemorando a derrota''


R.B.

"Comemorando a derrota"

 

São Paulo, 10 de julho de 2014 (QUINTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, com os investidores ''comemorando a derrota'' do Brasil na Copa do Mundo de Futebol, diante da avaliação de que isto pode contribuir com  a derrota da presidenta Dilma nas urnas, o que se ocorrer pode levar a bolsa brasileira a fechar o ano próxima dos 80.000pts e (2) o DÓLAR pode cair, influenciado pelos mesmos motivos que devem levar à valorização da Bovespa e também beneficiado pelo aumento da taxa real de juros da economia brasileira.

 

Terça-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA caiu –0,3%, com baixo volume de negócios (R$ 3,1bi) devido ao jogo do Brasil na Copa e acompanhando o ''mau humor'' visto nos mercados internacionais e (2) o DÓLAR caiu –0,3% à R$ 2,21, influenciado pelos leiloes de venda do BC e acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana.

 

Ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão –0,9% e China –1,2%, pressionadas pelos dados de inflação da China e pelo enfraquecimento nos índices acionários de Wall Street no dia anterior, (2) da EUROPA, sem uma tendência única, Inglaterra –0,3%, França 0,5% e Alemanha 0,4%, divididas entre o otimismo com o início da temporada de balanços e os temores com a crise no Iraque e a turbulência com o português Banco Espírito Santo e (3) dos EUA, se recuperando após 2 pregões consecutivos de queda, S&P 0,5%, DJ 0,5% e NASDAQ 0,6%, impulsionadas pela divulgação da ata de reunião do Fed (''BC'' local) detalhando como a autoridade monetária planeja desmontar o ciclo de flexibilização monetária, o que é um claro sinal de força da maior economia do mundo.

 

Segundo o economista João Sayad, que já foi Ministro do governo Sarney, secretário na gestão da petista Marta Suplicy e na administração estadual tucana de Alckmin, (1) medidas de arrocho devem ser descartadas em 2015, (2) 0 regime de metas precisa sofrer ajustes, (3) um aumento de combustíveis deveria ser feito, (4) os juros brasileiros são uma anomalia mundial e (5) os industriais tupiniquins viraram financistas.

 

Começando estourar a bolha e a mostrar para os brasileiros que os investimentos em imóveis são mais inseguros do que se pensava, em MAR/14 as vendas de imóveis usados caíram -29,5% e a locação de casas e apartamentos recuou -32,3% no Estado de SP.

 

Indicando mais uma vez o que pensam os investidores internacionais do governo Dilma, ontem, enquanto a Bovespa estava fechada por conta do feriado em SP, as ADRs da Petrobras negociadas na bolsa de NY subiram 3,5%, diante da ''aposta'' de que a derrota da seleção brasileira de futebol para a Alemanha deverá ter impacto na corrida eleitoral, prejudicando a reeleição da presidenta petista.

 

Em JUN/14 o fluxo cambial brasileiro, que representa a entrada e a saída de moeda estrangeira do país, fechou com saldo positivo de US$ 118mi, acumulando com isto um saldo positivo de US$ 8,5bi nos 6 primeiros meses do ano, o que representa o pior resultado para o período dos últimos 4 anos.

 

Dando sequencia à estratégia ''suicida e ideológica'' de afastar o Brasil das principais economias do mundo, segundo o embaixador José Alfredo Graça Lima, subsecretário geral de assuntos políticos do Ministério de Relações Exteriores, o banco de desenvolvimento e o fundo de socorro que estão sendo criados pelo Brics (grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) são uma resposta à falta de mudanças do FMI.

 

Influenciado pelos ''legados da Copa'', como a alta das passagens aéreas e das diárias dos hotéis, o IPCA, que mede a inflação oficial do país, fechou JUN/14 em 0,40%, o que representa uma desaceleração frente ao índice de MAI/14 (0,46%) mas leva o referido indicador a acumular uma alta de 6,52% nos últimos 12 meses, patamar superior ao teto da meta do governo (6,50%).

 

Para manter o mínimo de ''saúde financeira'' no setor, ontem a Agência Nacional de Energia Elétrica decidiu por adiar até o fim do mês o prazo para que as distribuidoras de energia paguem as usinas geradoras a ''conta salgada'' de R$ 1,32bi que corresponde ao gasto dessas empresas em MAI/14.

 

-    A Gol caiu -2,7%, já que a empresa tem sofrido instabilidade dos preços das commodities no exterior, o que pode influenciar o custo com combustíveis de aviação.

-    A Embraer caiu –2,7%, porem após o fechamento do pregão a empresa anunciou que fechou um contrato com o governo de Honduras para o reparo de aviões da Força Aérea hondurenha e também para melhorar a capacidade de defesa do país contra o narcotráfico e situações de desastres naturais.


Política:

 

Repetindo uma mentira até ela se tornar verdade, enquanto o ''mercado'' e o próprio BC brasileiro preveem uma inflação de no mínimo 6,4% em 2014, a página da presidenta Dilma na internet cita uma previsão de "especialistas" de que o IPCA, índice oficial do sistema de metas, pode fechar o ano em 5,5%.

 

Suspeito de envolvimento com um esquema de compra de apoio político batizado de mensalão do DEM, José Roberto Arruda, ex-governador do DF, segue como candidato mesmo após ser condenado, por 2 votos a 1, por ato de improbidade administrativa.

 

Apesar de negar publicamente, o vexame histórico do Brasil na Copa acendeu um sinal de alerta no governo Dilma, que teme que o mau humor decorrente da derrota para a Alemanha contamine expectativas já não muito favoráveis na economia e tenha reflexos na campanha eleitoral.

 

Instalada há 42 dias, a CPI mista da Petrobras, que é totalmente comandada por partidos da base governista, obviamente ainda não começou a apurar a fundo as denúncias de irregularidades na compra da refinaria de Pasadena, nos EUA, pela estatal.


Crítica:

 

Em mais uma escalada de violência, que como sempre é estupida e desnecessária, o premiê israelense, Binyamin Netanyahu, prometeu intensificar os ataques contra o movimento islamita Hamas em Gaza, que segundo palestinos já deixaram ao menos 47 mortos.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil 



Nenhum comentário:

Postar um comentário