R.B. 9/JUN/14 ''Beneficiando os vagabundos''


R.B.

"Beneficiando os vagabundos "

 

São Paulo, 9 de junho de 2014 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em alta, mesmo após fechar o pregão anterior com a maior valorização diária desde 27/ABR/14 e no maior patamar desde 19/MAI/14, desta vez beneficiada pela divulgação de dados positivos vindos da China e (2) o DÓLAR pode voltar cair, devolvendo o restante da valorização acumulada na semana passada (0,4%), influenciado pelos leilões de venda do BC e pelo fluxo positivo de recursos externos.

 

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 3,0%, com o mercado ‘’comemorando’’ mais uma queda nas intenções de voto da presidenta Dilma, o que impulsionou o desempenho principalmente das estatais Petrobrás (8,3%) e Banco do Brasil (5,3%), e também acompanhando o desempenho positivo nas demais bolsas mundiais e (2) o DÓLAR caiu -0,8% à R$ 2,25, seguindo os mesmos motivos que melhoraram o ânimo na bolsa brasileira e também acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana.

 

Também sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão -0,1% e China -0,5%, realizando lucros recentes, à espera da divulgação de dados econômicos nos EUA e mesmo após o órgão regulador bancário chinês informar que afrouxará regras do compulsório dos bancos para liberar mais fundos para pequenas empresa, (2) da EUROPA, nos maiores patamares dos últimos 6 anos, Inglaterra 0,7%, França 0,7% e Alemanha 0,4%, com os investidores ainda ‘’comemorando’’ as medidas de estímulo anunciadas no dia anterior pelo BC Europeu e também ‘’animados’’ pelo crescimento da produção industrial e do superávit comercial alemão e (3) dos EUA, com o DJ e o S&P novamente nos maiores patamares da história, S&P 0,5%, DJ 0,5% e NASDAQ 0,6%, beneficiadas pela divulgação de que em MAI/14 a geração de novos postos de trabalho no país superou as estimativas do ‘’mercado’’ e alcançou o nível mais alto desde o pré-crise.

 

Aumentando o número de grandes empresários que apoiavam Dilma e agora, por conta da incompetência administrativa e técnica da presidenta do Brasil, mudaram radicalmente de lado, segundo Abílio Diniz, presidente do conselho de administração da BRF, o governo tem que parar de atrapalhar as empresas fazendo mudanças ‘’no meio do jogo".

 

Como o ‘’brilhante’’ Mantega, ministro brasileiro da Fazenda, finalmente aprendeu que segundando o dólar consegue também conter a inflação, o BC anunciou na sexta-feira passada que vai prorrogar, para uma data ainda não informada, o programa de leilões de contratos de câmbio, que foi lançado inicialmente em AGO/13.

 

Segundo uma pesquisa feita pelo instituto Pew, com experiência consolidada na sondagem da opinião pública em mais de 80 países, (1) a piora da avaliação da situação econômica no Brasil só se compara a ocorrida em países com guerra civil ou conflito agudo, como o Egito e (2) 85% da população brasileira considera a inflação um dos maiores problemas do país.

 

Dando um ótimo sinal para a economia global, a China anunciou que em MAI/14 suas exportações se recuperaram do desempenho fraco dos últimos 3 meses e assim registraram um avanço de 7% na comparação com MAI/13, o que é um bom sinal para a economia brasileira, já que o país asiático é o principal parceiro comercial do Brasil, comprando cerca de 20% dos produtos tupiniquins vendidos no exterior.

 

Apesar dos bancos terem lucrado muito desde que Lula assumiu a presidência do Brasil em 2003, atualmente a bolsa sobe quando Dilma cai pois, diante de sua enorme incompetência administrativa e técnica, quando terminar o mandato da atual presidenta, na média a economia terá crescido pouco menos de 2% ao ano e sob uma inflação anualizada de 6%.

 

-    Influenciado positivamente pela menor pressão dos preços dos alimentos, o IPCA, índice oficial de inflação do país, registrou alta de 0,46% em MAI/14, patamar inferior aos 0,67% de ABR/14 e também o mais baixo desde SET/13.


Política:

 

Trabalhando apenas pela sua reeleição, a presidenta Dilma, obviamente usando dinheiro público, fez sua oitava visita a Minas somente este ano, na qual conheceu uma estação do BRT-Move, anunciou recursos para a área da saúde, criticou adversários por falta de investimentos em mobilidade urbana e, por fim, pediu cordialidade dos mineiros durante a Copa do Mundo.

 

O PT está especialmente preocupado com a candidatura do petista Alexandre Padilha ao governo de SP, pois o candidato que foi criado por Lula para acabar com a hegemonia do PSDB no maior estado do Brasil acabou ficando isolado, já que perdeu o PDT, potencial aliado, para o PMDB de Paulo Skaf, não ganhou o PR, do usineiro Maurilio Biagi Filho, e só conseguiu o apoio de Paulo Maluf, do PP.

 

Enquanto a disputa pelo governo estadual se acirra, a corrida para a única vaga ao Senado ainda está indefinida no RJ, já que até agora apenas 3 pré-candidatos já se apresentaram, são eles o ex-governador Sérgio Cabral, do PMDB, e os deputados federais Romário, do PSB, e Jandira Feghali, do PCdoB.

 

Segundo a última pesquisa de intenções de voto divulgada, 30% dos eleitores declaram branco, nulo ou indecisão, o que é um recorde de eleitores sem candidato a essa altura da disputa e sinal positivo para a campanha de Eduardo Campos, o pré-candidato à Presidência do PSB, já que este resultado indica que o eleitorado está sedento por um nome que não seja nem do PT nem do PSDB.


Crítica:

 

Segundo uma pesquisa feita pela consultoria CVA Solutions, os clientes dos bancos públicos Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Banrisul, que segundo o governo petista devem servir à população antes de se preocuparem com o lucro, estão mais satisfeitos com o banco do que os correntistas das instituições privadas Itaú, Bradesco e Santander, já que segundo este mesmo estudo a satisfação do cliente está mais ligada ao preço de tarifas, juros do financiamento, anuidade do cartão e taxas de administração do que com a qualidade do atendimento.

 

Mais uma vez ‘’beneficiando os vagabundos’’ que, além de protestar, não fazem nada para conquistar o que querem, a presidenta Dilma, com o objetivo de tentar neutralizar protestos e os consequentes danos à imagem do governo, ordenou que sua equipe encontre uma forma de incluir os sem-teto, principalmente os que participam do MTST, no programa Minha Casa, Minha Vida.

 

Segundo dados oficiais, a Anatel aplicou R$ 1,9bi em multas no ano passado, porém, como as teles estão entre as principais financiadoras das campanhas políticas, o governo só conseguiu arrecadar R$ 90mi, o que representa apenas 2,86% das punições registradas e incentiva a manutenção da péssima qualidade no atendimento e principalmente nos serviços destas empresas.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer crítica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil 


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário