R.B. 20/JUN/14 "Velha guarda"


R.B.

"Velha guarda"

 

São Paulo, 20 de junho de 2014 (SEXTA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve subir, acompanhando o desempenho positivo das demais bolsas mundiais e com os investidores "comemorando" mais uma queda de Dilma nas pesquisas de intenção de voto e (2) o DÓLAR pode seguir em queda, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciada pelo aumento do fluxo positivo de recursos externos.

 

Quarta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 1,7%, fechando o dia no maior patamar desde 23/OUT/13, já que após uma abertura instável foi impulsionada pelo anúncio de que o Fed ("BC" dos EUA) afastou a possibilidade de aumento no juro básico norte-americano antes de 2015 e (2) o DÓLAR caiu –1,2% à R$ 2,23, influenciado pelos leilões de venda do BC e principalmente pelo mesmo mesmo motivo que levou a valorização da Bovespa.

 

Ontem, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão 1,5% e China 1,0%, "animadas" pela declaração de Li Keqiang, o primeiro-ministro chinês, de que o crescimento do seu país vai manter-se num "nível médio a elevado", (2) da EUROPA, Inglaterra 0,4%, França 0,7% e Alemanha 0,7%, impulsionadas pela percepção de que o Fed ("BC" dos EUA) não está com pressa para elevar as taxas de juros e (3) dos EUA, com o S&P batendo mais um recorde histórico de alta, S&P 0,2%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,1%, em um pregão com baixa volatilidade e poucos negócios, mesmo diante da divulgação de dados melhores que o esperado sobre o mercado de trabalho norte-americano.

 

Apesar de consideradas positivas "do ponto de vista conceitual", segundo os principais analistas as medidas de apoio à indústria, anunciadas na quarta-feira passada pela presidenta Dilma, não têm impacto para tirar a economia da rota de desaceleração neste ano e o apoio mais relevante é a volta do Reintegra, programa que devolve parte do imposto pago pelo exportador, porem o percentual de 0,3% anunciado para este ano é considerado muito pequeno.

 

Apostando no Brasil, (1) a JHSF, um das maiores empresas do setor imobiliário do país, anunciou que comprou os 13 restaurantes que compõem o Grupo Fasano e os direitos relacionados ao uso da referida Fasano por R$ 53mi e (2) a BBI Financial, gestora de recursos especializada na área de saúde, vai investir R$ 150mi na ampliação da rede de hospitais Placi, do RJ.

 

Apresentando dois sinais negativos da economia brasileira, em MAI/14 (1) o consumo de energia no mercado livre (de grandes consumidores) diminuiu pelo terceiro mês consecutivo, desta vez –1,55 na comparação com ABR/14 e –1,33% na comparação com MAI/13 e (2) as vendas de materiais de construção caíram -5,8% na comparação com MAI/13.

 

Podendo ajudar a segurar a inflação, segundo José Alberto Paiva Gouveia, presidente do sindicato que representa os donos de postos, o preço do álcool deverá continuar em baixa, pelo menos, até o fim de OUT/14, já que atualmente há um estoque excessivo do combustível nas usinas e uma procura menor dos consumidores.

 

-    A Cemig subiu 5,20%, a Copel avançou 3,9% e a Cesp valorizou 3,7%, apostando na chance de nova ajuda do governo a distribuidoras, após a Agência Nacional de Energia Elétrica ter admitido ontem que o preço da energia de curto prazo segue acima do que o setor pode suportar.


Política:

 

Em uma ação orquestrada pelo governo, a CPI mista da Petrobras não conseguiu votar na quarta-feira passada os mais de 350 requerimentos que esperam pela análise da comissão de inquérito, já que, com o aval do Palácio do Planalto, os deputados e senadores aliados da presidenta Dilma não compareceram à reunião que analisaria diversos pedidos de convocações, quebras de sigilo e depoimentos.

 

Confirmando que se Dilma for para o segundo turno a oposição estará unida contra ela, Alckmin, o governador tucano de SP, decidiu que será do PSB a vaga de vice em sua chapa na disputa à reeleição, o que abre caminho para que o presidenciável Eduardo Campos, do PSB, tenha espaço no palanque do tucano no maior colégio eleitoral do país.

 

Confirmando pela primeira vez que vai ter segundo turno nas eleições presidenciais, segundo a última pesquisa divulgada, Dilma caiu de 40% para 39%, Aécio Neves subiu de 20% para 21%, Eduardo Campos caiu de 11% para 10%, o Pastor Everaldo aparece em seguida com 3%, Magno Malta vem depois com 2% e José Maria está em ultimo com 1%.

 

Além da queda nas intenções de voto, a presidenta Dilma deve se preocupar com outros 3 números divulgados na pesquisa Ibope (1) 43% dos entrevistados apontaram que não votariam na petista de jeito nenhum, (2) o percentual dos que acham o seu governo ruim ou péssimo aumentou de 27% para 33%, o que representa o maior patamar desde o início do seu governo e (3) a desaprovação à sua maneira de governar subiu de 43% para 50%.

 

Podendo prejudicar suas possibilidades de vitória, principalmente por se aliar a um politico da "velha guarda", ontem o tucano Aécio Neves reuniu-se ontem com o ex-senador Tasso Jereissati, do PSDB do Ceará, o que fez crescer as especulações em torno do nome do cearense para ocupar a vaga de vice na chapa tucana.


Crítica:

 

Colocar em prática ações ligadas ao consumo consciente está no discurso da maioria das empresas e dos brasileiros, porem na pratica a realidade é outra já que (1) o crédito ainda é bastante utilizado para parcelamento de compras, muitas vezes, desnecessárias, (2) cada família brasileira acumula um desperdício anual de 255,5 quilos de comida, valor que, se esse valor fosse poupado, resultaria em uma economia de quase R$ 1mi ao longo da vida do brasileiro e (3) o consumo diário de água por pessoa chega a mais de 200 litros por dia, quase o dobro do necessário.

 

Usando verba publica para ajudar na sua reeleição, o que é crime, neste ano a presidenta acelerou seus gastos com autopromoção, já que apenas nos 5 primeiros meses de 2014 a Presidência da República desembolsou R$ 92,3mi em publicidade institucional, valor 61,8% maior que no mesmo período em 2013.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog: www.relatoriobrasil.com

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/relatoriobrasil 


Nenhum comentário:

Postar um comentário