R.B. 24/MAR/14 ‘’Desacreditado e criticado’’


R.B.

"Desacreditado e criticado"

 

São Paulo, 24 de janeiro de 2014 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados e Economia:

 

Hoje (1) a BOVESPA deve seguir em alta, ainda em um movimento de recuperação de perdas recentes e influenciada positivamente pela valorização dos preços das commodities e (2) o DÓLAR pode seguir em queda, influenciado pelos leilões de venda do BC e acompanhando a melhora do ''humor'' na Bovespa.

 

Sexta-feira, no BRASIL, (1) a BOVESPA subiu 0,2%, fechando a semana em alta para acumular o maior ganho semanal (5,4%) desde 6/SET/13, sustentada pelo avanço das ações da mineradora Vale (2,1%) e (2) o DÓLAR caiu -0,1% à 2,32, acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado pelo aumento do fluxo positivo de recursos externos.

 

Também na sexta-feira, nas principais bolsas (1) da ÁSIA, Japão não teve pregão por conta de feriado e China subiu 2,7%, diante da divulgação de dados positivos da economia local, (2) da EUROPA, Inglaterra 0,2%, França 0,2% e Alemanha 0,2%, sustentadas por notícias favoráveis dos EUA e seguindo o fechamento positivo das ações asiáticas após a China anunciar medidas positivas para seu mercado de capitais e (3) dos EUA, S&P –0,3%, DJ –0,2% e NASDAQ –0,9%, pressionadas por uma realização de lucros em ações do setor de saúde e pelas ações da Symantec (-12,9%), após a empresa de software anunciar a demissão de Steve Bennett como executivo-chefe, que ficou menos de dois anos no cargo.

 

Lançado em 2002, o programa de investimentos em títulos públicos para pessoas físicas, chamado de Tesouro Direto, será repaginado neste ano e assim passará por mudança no nome dos títulos, terá novos produtos e apresentará ainda novas ferramentas para facilitar a escolha da aplicação.

 

Com o objetivo de modernizar a indústria, reduzir os custos e dar mais transparência, a CVM decidiu que os fundos de investimentos terão novas regras a partir de DEZ/14, e a principal delas será a redução no número de categorias, das atuais 7 para apenas 3.

 

Com o Brasil mais uma vez prejudicado pela burocracia, a meta do governo de acelerar investimento na exploração privada de aeroportos dedicados à aviação executiva está esbarrando em problemas ambientais e judiciais, com isto desde DEZ/12, quando a legislação do setor foi alterada, não foi liberado ou aprovado nenhum dos 11 pedidos de aeroportos já protocolados na Secretaria de Aviação Civil, com investimentos que somam cerca de R$ 3bi em 10 anos.

 

Apesar do ''temores'' de bolha no setor imobiliário brasileiro, o aumento do crédito para compra de imóveis, que estava em 5% da renda anual dos trabalhadores em 2008 e no final do ano passado chegou a 15,8%, não preocupa o governo, que ressalta que (1) na média as prestações consomem 1,8% do salário mensal e (2) a inadimplência neste segmento está em apenas 1,6%.

 

Segundo um estudo recente feito pela FGV, se o Brasil, seguindo o exemplo de países como o Chile e o Peru, desistisse de negociar em conjunto com o Mercosul e conseguisse abrir os dois maiores mercados do mundo (EUA e União Europeia), teria um impulso no comércio exterior de US$ 86bi ao ano, o que representaria 18% a mais do que o país transaciona hoje.

 

O IPCA-15, que é a prévia da inflação oficial, apresentou variação de 0,73% em MAT/14, ficando dentro daquilo que o ''mercado'' esperava e indicando que, principalmente diante da alta dos alimentos e da energia, os preços deverão continuar pressionados para cima neste ano.

 

-    A Vale subiu 2,1%, diante da notícia de que os desembarques de minério de ferro de todas as origens na China subiram 21,8% no primeiro bimestre deste ano na comparação com o mesmo período de 20103.


Política:

 

''Desacreditado e criticado'' pela oposição, pelos empresários, pelo ''mercado'' e até por alguns membros do governo, esta semana Mantega, ministro da Fazenda, se tornará o mais longevo ministro da história da democracia brasileira, completando 8 anos no cargo, principalmente pelo simples fato de que atualmente ele pensa, fala e se comporta exatamente como a presidenta Dilma determina e ordena.

 

Criticando de forma veemente aqueles que defendem a volta dos militares ao poder no Brasil, FHC afirmou que o país ainda tem uma democracia imperfeita e vê nas dificuldades que a presidenta Dilma tem para se entender com o Congresso um reflexo dos mecanismos lentos e muitas vezes desconectados, que são o palácio e o Congresso.

 

Ressaltando que este ano o Brasil vai colocar R$ 22bi nos cofres das distribuidoras de energia, valor que é quase o dobro do que a União colocou em 2012 para toda a educação básica, Eduardo Campos, governador de Pernambuco e pré-candidato do PSB à Presidência, criticou a política de subsídios do governo federal ao setor elétrico.

 

Na TV, políticos do PT, travestidos de analistas financeiros, tentam explicar que a compra da refinaria de Pasadena foi um bom negócio para a Petrobras, porem, no mesmo dia, um diretor da Petrobras foi demitido por ser acusado de enganar a presidenta Dilma e induzi-la a aprovar o referido negócio.


Crítica:

 

Revelando uma total inversão de valores, em um mundo cada dia mais egoísta e ignorante, em 2012 a expansão dos gastos com cães de estimação foi de 16,4% na comparação com 2011, contra um aumento de apenas 0,9% na economia do país na mesma base de comparação, com isto em São Paulo já existem dois pet shops para cada livraria.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alfredo@relatoriobrasil.com


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com 


Nenhum comentário:

Postar um comentário