R.B. 6/FEV/14 ‘’Ao invés de demitir o incompetente’’


R.B.

"Ao invés de demitir o incompetente"

 

São Paulo, 6 de fevereiro de 2014 (QUINTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA pode subir, tentando reduzir uma parte das fortes perdas acumuladas no ano (-9,5%) e nos últimos 12 meses (-20,9%), acompanhando os sinais de melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e beneficiada por compras de investidores de longo prazo, diante dos preços historicamente atraentes de algumas ações.

-    O DÓLAR deve voltar a cair, devolvendo uma parte da valorização registrada no ano (1,9%) e nos últimos 12 meses (20,7%), acompanhando a provável melhora do ''humor'' na Bovespa e também seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

 

ONTEM

-    BOVESPA –0,7%, abriu ''de lado'', para na máxima avançar 0,2%, porem logo passou a cair, pressionada principalmente pelas ações de empresas do setor elétrico, como Light (4,1%) e Cemig (-4,0%), diante de dúvidas sobre a possibilidade de haver racionamento de energia após o apagão de terça-feira.

-    DÓLAR –0,3% à R$ 2,40, já abriu em queda e, mesmo com a piora do ''humor'' na Bovespa, manteve a trajetória descendente ao longo de ''quase'' todo pregão, pressionado pelos leilões de venda do BC e seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

-    Na ÁSIA, ainda com poucos negócios, JAPÃO 1,2%, voltando a fechar em território positivo após 2 dias consecutivos de queda, em um movimento de recuperação das ações de empresas exportadoras, como Toyota (6,0%) e Hitachi (2,8%) e CHINA permaneceu fechada por causa do feriado de Ano Novo Lunar.

-    Na EUROPA, sem uma tendência única e após uma sessão volátil, INGLATERRA 0,1%, FRANÇA 0,1% e ALEMANHA –0,1%, com destaques de alta para as ações do setor bancário e com os investidores avaliando dados mistos divulgados na zona do euro e nos EUA.

-    Nos EUA, com poucos negócios, por causa da tempestade de neve que atingiu a Costa Leste do país e levou à suspensão do serviço em algumas linhas do metrô de NY, S&P –0,2%, DJ –0,1% e NASDAQ –0,5%, ''desanimadas'' com o anuncio de que em JAN/14 foram criados menos postos de trabalho do que o esperado.


Economia:

 

Como o ''mercado'' não escuta mais e também não acredita mais em Mantega, o ministro da Fazenda, o governo Dilma, ''ao invés de demitir o incompetente'' e com o objetivo de melhorar a interlocução com o setor privado, decidiu nomear Paulo Rogério Caffarelli, um dos vice-presidentes do Banco do Brasil, para a secretaria-executiva do ministério da Fazenda.

 

Em sua primeira entrevista exclusiva desde que deixou o Ministério da Fazenda, em 2013, o economista Nelson Barbosa usou o termo "suavização" para se referir ao que o mercado classifica como "controle de preços" promovido pelo governo nas áreas de combustíveis e energia, porem concordou que essa política não pode ser mantida indefinidamente, pois tem um custo fiscal elevado.

 

Na terça-feira, minutos antes do apagão, a região sudeste do Brasil bateu um recorde histórico de consumo de energia elétrica e, apesar do governo Dilma ''garantir'' que não haverá racionamento, ontem foi divulgado que os reservatórios das hidrelétricas no país estão em patamares considerados baixos para o atual período.

 

-    Ajudando os produtores rurais, porem pressionando a inflação, após subir 8% apenas em JAN/14, o preço do algodão no mercado interno está no maior nível desde 2011 e os principais motivos foram os baixos estoques e demanda firme.

-    O uso da capacidade instalada do setor industrial no Brasil atingiu 81,4% em DEZ/13, o que representa uma queda na comparação com NOB/13 (81,9%).

 

''Unidos contra a picanha tupiniquim'', os senadores republicanos e democratas se esforçam para tentar postergar ao máximo a abertura do mercado norte-americano para a carne bovina brasileira e a principal ''desculpa'' é segurança alimentar e a saúde do rebanho dos EUA.

 

-    A Petrobrás caiu –1,8%, para fechar aos R$ 13,83, o que representa seu menor valor desde 29/JUL/05, cada vez mais prejudicada pela interferência do governo sobre as decisões da companhia, cujo presidente do conselho aliás é Mantega, o desacreditado ministro da Fazenda, e desta vez também prejudicada pelo ainda estranho adiamento da divulgação de seu balanço.

-    A Vale subiu 1,2%, após ter sua ''nota'' elevada pelo Morgan Stanley, que ressaltou que a relação entre risco e retorno dos papéis está atraente.


Política:

 

Após se reunir por quase 4 horas, a bancada do PMDB decidiu divulgar uma nota para expressar sua insatisfação com os rumos da reforma ministerial de Dilma, inclusive ressaltando que não pretende indicar os substitutos para os 2 ministérios hoje sob sua influência

 

Segundo deputado Eduardo Cunha, líder do PMDB na Câmara, o recente aumento da tensão entre os peemedebista e o governo Dilma foi causado por "um ato atabalhoado" do petista Aloizio Mercadante, que estreia como chefe da Casa Civil.

 

Após colocar o PMDB "de molho" na discussão da reforma ministerial, Dilma chamou dirigentes de outros partidos para definir as trocas do primeiro escalão, que pretende concluir até o carnaval e, em conversa com o ex-prefeito de SP Gilberto Kassab, foi oferecido ao PSD o comando do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

 

Como ''uma raposa que se candidata para fazer a segurança de um galinheiro'', o deputado Jair Bolsonaro, do  PP do RJ, está em uma articulação com os parlamentares evangélicos e em plena campanha para presidir a Comissão de Direitos Humanos da Câmara.

 

Ontem, em sua primeira entrevista após deixar o Ministério da Saúde, o petista Alexandre Padilha, pré-candidato do PT ao governo de SP, deu uma ''amostra grátis'' de como será o ''nível'' das eleições deste ano ao atacou a política de segurança do governo tucano paulista e ao dizer que o PCC é uma criação dos vinte anos do governo do PSDB em SP.


Crítica:

 

Acabando com uma burocracia inútil, que elevava desnecessariamente os custos das empresas, ontem a Comissão de Valores Mobiliários, órgão que regula o mercado de capitais no Brasil, autorizou as companhias de capital aberto a divulgar seus comunicados apenas em portais da internet a partir de MAR/14.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário