R.B. 20/FEV/14 ‘’Brilhante equipe econômica’’


R.B.

"Brilhante equipe econômica"

 

São Paulo, 20 de fevereiro de 2014 (QUINTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve cair, acompanhando a piora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e também as declarações pessimistas do FMI com relação ao Brasil, porem o agora ''suporte'' dos 47.000pts pode ser respeitado caso Mantega, ministro brasileiro da fazenda, consiga fazer o ''milagre'' de ser levado à sério ao divulgar hoje a nova meta do superávit primário do governo Dilma em 2014.

-    O DÓLAR pode subir, recuperando as perdas acumuladas no pregão anterior e mesmo com a manutenção dos leilões de venda do BC, influenciado pela esperada piora do ''humor'' na Bovespa e também seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

 

ONTEM

-    BOVESPA 1,2%, abriu em queda, para na mínima recuar –0,8%, porem passou nas ultimas 2 horas do pregão, com bom volume de negócios (R$ 7,0bi), com os investidores digerindo positivamente a ata da última reunião do Fed (''BC'' dos EUA) e com destaque de alta para as ações das siderúrgicas, das elétricas e das construtoras.

-    DÓLAR –0,3% à R$ 2,30, abriu em alta, para na máxima avançar 0,3%, porem passou a cair na parte da tarde, acompanhando a melhora do ''humor'' na Bovespa, influenciado pelas vendas do BC e seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana.

-    Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO –0,5%, realizando lucros recentes, desta vez com destaques de queda para as ações do setor financeiro, como Sumitomo Realty & Development (-2,4%) e Credit Saison (-2,9%) e CHINA 1,1%, impulsionada pelas ações das petrolíferas, diante da expectativa de que o Congresso Nacional do Povo, órgão legislativo máximo do país, tome decisões favoráveis ao mercado na sua reunião anual, que acontecerá no dia 5/MAR/14.

-    Na EUROPA, recuperando as perdas da abertura, causada por um inesperado aumento na taxa de desemprego no Reino Unido, INGLATERRA 0,1%, FRANÇA 0,2% e ALEMANHA 0,1%, sustentadas pela divulgação de bons resultados corporativos, como da Rheinmetall (1,5%) e o da Lafarge (3,2%).

-    Nos EUA, realizando lucros recentes, após uma sessão volátil, S&P –0,6%, DJ –0,6% e NASDAQ –0,8%, prejudicadas por uma queda maior que o esperado na construção de novas moradias, mesmo após a divulgação da ata da ultima reunião do FED (''BC'' local), que por sua vez indicou que só vai seguir cortando os estímulos monetários se a economia do país der sinais claros e contundentes de recuperação.


Economia:

 

Mais uma vez recorrendo a ''contabilidade criativa'' para melhorar o superávit primário sem fazer o que é ''realmente necessário'', que é cortar os gastos com a ineficiente e corrupta máquina publica, a ''brilhante equipe econômica'' de Dilma, como o gestor de uma empresa que liquida o estoque abaixo do preço de custo para pagar dívidas, autorizou o Congresso a reabrir o Refis, programa de parcelamento de débitos de empresas caloteiras com a União.

 

Contrariando, pela enésima vez, o discurso otimista de Mantega, que é o ministro brasileiro da Fazenda, ontem o FMI divulgou um relatório no qual afirmou que a recente turbulência dos mercados mundiais deixa claro os riscos das economias emergentes, ressaltando inclusive que o Brasil integra o grupo dos países com inflação elevada e déficit externo alto e por isto que foram mais afetados pela volatilidade dos últimos meses.

 

Dando mais uma prova da enorme falta de capacidade de planejamento do governo da ''gerentona'' Dilma, o atraso em obras para interligar cidades da região Norte do país ao sistema elétrico nacional ocasionaram prejuízos nos últimos 4 anos de pelo menos R$ -2,6bi, que é o valor que foi repassado para as contas dos consumidores de energia ou para o Tesouro Nacional.

 

-    Mostrando otimismo, a indústria tupiniquim de cartões espera crescimento de 17,1% no volume financeiro de transações em 2014, chegando próximo a R$ 1tri em compras com o meio eletrônico de pagamento.

 

Além de prejudicar o abastecimento de água e também a geração de energia elétrica, a falta de chuvas neste verão está afetando negativamente o nível do rio Tietê e consequentemente a navegação na hidrovia Tietê-Paraná, que é usada pelo agronegócio para escoar boa parte da produção de soja, milho e farelo de soja de Mato Grosso e Goiás até Pederneiras, que fica a 320 km de São Paulo, de onde segue por ferrovia até o porto de Santos.

 

-    A Oi caiu -5,5%, com investidores digerindo negativamente o balanço da companhia, que só teve um forte aumento no lucro líquido por conta da venda da GloboNet.


Política:

 

Pressionado pelos bancos, Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal, decidiu adiar, para uma data ainda indefinida, o julgamento da análise do índice de correção das cadernetas de poupança usada pelos bancos devido aos planos econômicos, o que pode resultar em perdas potenciais de R$ -150bi e gerar um colapso no sistema financeiro nacional.

 

Segundo os petistas apenas para não prejudicar a campanha presidencial de Aécio Neves, o ex-governador e atualmente deputado Federal tucano Eduardo Azeredo anunciou ontem, de forma inesperada, a renúncia de seu mandato, alegando que agora vai se dedicar à sua defesa no processo do mensalão mineiro e deixando a vaga para Edmar Moreira, que ficou nacionalmente conhecido como o ''deputado do castelo''.

 

De maneira totalmente eleitoreira, o senador tucano Aécio Neves, candidato do PSDB à presidência, apresentou um projeto de lei que transforma o Bolsa Família em um programa de Estado, porem, também pensando apenas nas eleições presidenciais, os aliados da presidenta Dilma conseguiram adiar ontem a votação desta questão.

 

Apesar de o PT ter assegurado o comando da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, os polêmicos e radicais deputados Marco Feliciano, do PSC de SP, e Jair Bolsonaro, do PP do RJ, dizem que já garantiram o apoio de seus partidos para integrarem o colegiado neste ano e prometem dificultar a discussão de projetos que "fujam de seus princípios".

 

-    Satisfeito em ''mamar nas tetas do governo'', ontem Benito Gama, presidente nacional do PTB, ''avisou'' que seu partido já decidiu dar apoio formal para a reeleição da presidenta Dilma.


Crítica:

 

Com o objetivo de tentar ocupar o espaço deixado pela Kombi, a Nissan trouxe uma unidade da sua van elétrica e-NV200 para circular de forma experimental no país, porem, como no Brasil, por mais incrível e inacreditável que possa parecer, os carros com propulsão elétrica ainda não tem nenhum incentivo ou isenção fiscal, a montadora japonesa só tem planos no curto prazo para comercializar por aqui este modelo com propulsão à gasolina ou à diesel.

 

Indicando que o brasileiro infelizmente tem uma ''alma corrupta'', segundo uma pesquisa realizada pela KPMG feita com cerca de 500 altos executivos de empresas brasileiras, 62% dos entrevistados acreditam que sua empresa participaria de um ato de corrupção e apenas 21% dos participantes afirmaram que a companhia para qual trabalham não se envolveria com atos de corrupção.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário