R.B. 10/OUT/13 ‘’Desencontro de informações’’


R.B.

"Desencontro de informações"

 

São Paulo, 10 de outubro de 2013 (QUINTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, com ''boas chances'' de fechar o dia acima dos 53.000pts, acompanhando a melhora do ''humor'' nas demais bolsas do mundo, influenciada positivamente pela valorização das commodities e também beneficiada pelos sinais de recuo da inflação brasileira.

-    O DÓLAR deve cair, com ''boas chances'' de fechar o dia abaixo dos R$ 2,20, influenciado pela decisão do Copom de elevar a Selic em 0,5%, de 9,0% para 9,5%, o que fez a taxa real de juros da economia brasileira atingir 3,5% e assim voltar a liderar o ranking dos países com os maiores juros reais do mundo.

 

ONTEM

-    BOVESPA 0,4%, abriu ''de lado'', para na mínima recuar –0,5%, porem passou a subir na parte da tarde, acompanhando a melhora do ''humor'' nas bolsas de NY e também com destaques de alta para as ações dos bancos, como Bradesco (1,7%), Banco do Brasil (1,7%) e Itaú (1,1%), diante da perspectiva de elevação da taxa básica de juros, a Selic, confirmada após o fechamento do pregão.

-    DÓLAR 0,3% à R$ 2,21, mostrando alguma volatilidade, com investidores ainda cautelosos sobre o impasse nos EUA, que podem dar calote em seus credores caso republicanos e democratas não entrem em acordo sobre a aprovação do orçamento para o ano e a elevação do teto da dívida do governo.

-    Na ÁSIA, com poucos negócios, CORÉIA não teve pregão devido a feriado local, JAPÃO 1,0% e CHINA 0,6%, com destaques de alta para as ações das empresas exportadoras, beneficiadas pela confirmação da criação de uma área de livre comércio em Xangai e pela valorização do dólar frente às moedas dos países da região.

-    Na EUROPA, em mais um dia de perdas, INGLATERRA –0,4%, FRANÇA –0,2% e ALEMANHA 0,4%, ainda prejudicadas pela manutenção das preocupações com a continuação do impasse fiscal nos EUA, mesmo diante das emissões bem-sucedidas de bônus soberanos da Itália e da Espanha.

-    Nos EUA, revertendo uma abertura negativa, S&P 0,1%, DJ 0,2% e NASDAQ 0,1%, depois de a notícia sobre a indicação de Janet Yellen à presidência do Fed (''BC'' local) alimentar expectativas de que (1) a autoridade monetária norte-americana mantenha os estímulos à economia do referido país e (2) os parlamentares republicanos e democratas cheguem a uma solução para o impasse fiscal no nono dia de paralisação do governo.


Economia:

 

Ontem, após o fechamento do pregão, conforme esperado por mais de 90% do ''mercado'', o Copom elevou, pela quinta vez consecutiva e novamente de forma unânime, o juro básico da economia brasileira em 0,50%, desta vez de 9,0% para 9,5% ao ano, ressaltando que essa decisão contribuirá para colocar a inflação em declínio e assegurar que essa tendência persista no próximo ano.

 

Confirmando mais uma vez o enorme ''desencontro de informações'' que ocorre diariamente no governo Dilma e que afasta os investidores do Brasil, ontem, com uma diferença de tempo de menos de 2 horas, Mantega, ministro da Fazenda e Presidente do conselho de administração da Petrobras, ''garantiu'' que o aumento dos combustíveis não é assunto do governo, porem Edison Lobão, ministro de Minas e Energia, ''avisou'' que um eventual aumento do preço da gasolina pela Petrobras poderia ser de da ordem de 6%.

 

Classificando sua escolhida como uma importante peça para ajudar a impulsionar a retomada da economia norte-americana, Obama, presidente dos EUA, indicou ontem a economista Janet Yellen para comandar o Fed (BC dos EUA) e pediu urgência aos parlamentares na aprovação de seu nome.

 

Sob impacto da aceleração, ainda que modesta, dos preços de alimentos e do grupo transportes, o IPCA ficou mais pressionado em SET/13 e subiu 0,35%, porem o resultado ficou dentro das expectativas do ''mercado'' e levou a inflação acumulada nos últimos 12 para 5,86%, o que coloca este índice pela primeira vez no ano abaixo dos 6,00%.

 

-    Superando os EUA, a safra brasileira 2013/2014 de soja pode superar 89 milhões de toneladas e assim fazer do Brasil ser o maior produtor mundial da referida leguminosa.

 

-    Com a taxa Selic em 9,5% ao ano, a poupança continua mais atraente que a maioria dos fundos de renda fixa considerando o ganho líquido mensal, que desconta taxas cobradas e impostos.

 

-    A TIM subiu 6,7%, depois que a Telecom Itália afirmou que não iniciou processo para a venda de sua fatia de 67% na operadora brasileira.


Política:

 

Novamente de forma eleitoreira, na noite de ontem, por unanimidade, a Comissão de Finanças e Tributação da Câmara aprovou um projeto de lei que prevê a renegociação das dívidas dos Estados e municípios com a União e a principal beneficiada será a cidade de SP, comandada pelo prefeito petista Fernando Haddad, que deve reduzir a sua dívida com a União em cerca de -40%.

 

Um dia depois de Marina Silva afirmar que tanto ela quanto o governador Eduardo Campos são "possibilidades" para 2014, integrantes do PSB afirmaram que o nome que aparecerá na urna no dia 5/OUT/14 como o candidato do partido à Presidência será o do atual governador de Pernambuco.

 

Se esquecendo que no século passado fez parte do grupo politico que saiu do PMDB para fundar o PSDB, o tucano Serra, ex-governador de SP, classificou as trocas de partidos das últimas semanas de "mercado partidário" e disse que o governo Dilma Rousseff é "cúmplice" dessa prática.

 

Ao invés de se preocuparem em governar o Brasil, a equipe de estratégia política da presidenta Dilma encomendou ao PT pesquisas qualitativas e quantitativas para avaliar o efeito da aliança entre Marina Silva e Eduardo Campos na eleição presidencial de 2014.

 

Ruralistas reagiram ontem às declarações da ex-ministra Marina Silva de que o deputado Ronaldo Caiado, do DEM, seria um "inimigo histórico" dos trabalhadores rurais" e deram por encerradas as negociações de apoio à candidatura presidencial de Eduardo Campos.

 

''Garantindo'' que seu partido, o PSD, vai apoiar a reeleição da presidenta Dilma, Kassab, ex-prefeito de SP, afirmou que só não será não será candidato a governador de SP se o ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, aceitar seu convite para disputar a sucessão do governador tucano Geraldo Alckmin, candidato à reeleição.


Crítica:

 

Desperdiçando mais de R$ 8,7 milhões, o que daria para construir cerca de 8 creches, um edifício-garagem parcialmente construído pela Prefeitura de SP ao lado do Hospital Municipal M'Boi Mirim e do terminal de ônibus Jardim Ângela está abandonado, sem uso e com as luzes acesas dia e noite.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário