R.B. 26/AGO/13 ‘’Lista neuras’’


R.B.

"Lista de neuras"

 

São Paulo, 26 de agosto de 2013 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, ainda recuperando as perdas acumuladas no ano, mesmo após fechar sexta-feira passada no maior patamar em 11 semanas (aos 52.197pts), acompanhando a recuperação dos preços das commodities e a valorização das demais bolsas mundiais.

-    O DÓLAR pode voltar a cair, reduzindo mais uma parte da forte alta ainda acumulada no ano, já que o plano do BC, que procura dar mais previsibilidade sobre a disponibilidade de moeda norte-americana, principalmente para empresas ou agentes que precisam da moeda, foi avaliado como positivo pelo ''mercado''.

 

SEXTA-FEIRA

-    BOVESPA 1,6%, já abriu em alta e manteve a trajetória ascendente ao longo de ''quase'' todo pregão, seguindo o desempenho positivo das bolsas de NY e da Europa e impulsionada pelo forte ganho das ações de construtoras, beneficiadas pela queda das taxas de juros futuros na BM&F.

-    DÓLAR –3,2% à R$ 2,35, já abriu em queda e, influenciado pela noticia de que o BC vai injetar mais US$ 60bi no mercado de câmbio até o final do ano, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, para fechar o dia com a sua maior baixa percentual diária em quase 2 anos.

-    Na ÁSIA, fechando em alta uma semana que for majoritariamente negativa, JAPÃO 2,2%, CORÉIA 0,8% e CHINA 0,5%, já que a divulgação de dados econômicos sugerindo que a economia global está melhorando reduziram o efeito dos temores de que o BC dos EUA começará a retirar seu estímulo no próximo mês.

-    Na EUROPA, revertendo uma abertura negativa, porem com baixos volumes devido a temporada de férias, INGLATERRA 0,7%, FRANÇA 0,2% e ALEMANHA 0,2%, beneficiadas pelo avanço nos papéis de empresas ligadas a matérias-primas e do setor financeiro.

-    Nos EUA, também com baixos volumes de negócios, S&P 0,4%, DJ 0,3% e NASDAQ 0,5%, ''aliviadas'' com declarações de autoridades indicando que os estímulos econômicos só começam a ser reduzidos em SET/13 se a economia do país der sinais claros de forte recuperação e com destaque de alta para as ações da Microsoft (7,4%), que registrou seu maior ganho percentual diário em mais de 4 anos após seu presidente-executivo, Steve Ballmer, anunciar que vai se aposentar em 12 meses.


Economia:

 

Após Christine Lagarde, diretora-gerente do FMI, dizer que é preciso criar uma "linha de defesa" contra uma crise nos emergentes, Pravin Gordhan, ministro das Finanças da África do Sul, afirmou que os grandes BCs do mundo deveriam ser mais agressivos para lidar com a turbulência nos mercados emergentes e Agustín Carstens, presidente do BC do México, cobrou das economias avançadas que sejam mais claras em suas políticas de retirar estímulos monetários e coordenem seus movimentos.

 

Esta semana tem reunião do Copom, que deve elevar mais uma vez a Selic (atualmente em 8,5%) e, diante da disparada da cotação do dólar nos últimos dias, o Palácio do Planalto ''teme'' que o aperto na política monetária seja mais longo do que o desejado, fazendo a taxa básica de juros terminar o ano em 9,75%.

 

Como fruto da alta do dólar, os fundos cambiais, que eram muito populares no início da década passada, renovaram seu apelo e já acumulam, na média, uma alta de cerca de 17,5% em 2013 e una captação liquida de R$ 503mi no ano, o que representa o maior valor desde 2005.

 

Ressaltando que o modelo antigo, que teve como base o consumo, está esgotado, o economista Otaviano Canuto afirmou que acredita que a retomada do crescimento da economia brasileira passa pelo investimento em infraestrutura e que o futuro está nas Parcerias Público-Privadas.

 

Diante da expectativa de elevação da taxa de juros nos EUA, em JUL/13 o saldo das contas externas brasileiras ficou negativo em US$ -9bi, o que representa o maior patamar para meses de JUL da história e uma alta de 140% ante o déficit registrado um ano antes (US$ -3,7bi).

 

Dando sinais positivos da economia brasileira, (1) nos 6 primeiros meses deste ano as captações dos planos de previdência privada atingiram R$ 38,6bi, o que representa um aumento de 16,9% em relação ao mesmo período de 2012, (2) em JUN/13 o orçamento mensal das famílias comprometido com pagamento de dívidas ficou em 21,52%, patamar inferior ao registrado em JUN/12 (22,96%) e (3) após cair por 3 meses consecutivos, em AGO/13 o Índice de Confiança do Consumidor subiu 4,4% na comparação com JUL/13, para 113,1pts.


Política:

 

Com os ''nobres'' senadores dispostos a ''fazer bonito'' para seus eleitores, Luciano Coutinho, presidente do BNDES, foi chamado para esclarecer a concessão de empréstimos ao grupo EBX, de Eike Batista, em uma comissão do Senado que será realizada amanhã.

 

Preocupada com a morosidade dos cartórios, a ex-senadora Marina Silva, que é a segunda colocada nas pesquisas de intenção de voto para presidente em 2014, entregará hoje ao Tribunal Superior Eleitoral um documento postulando o registro de seu novo partido, a Rede Sustentabilidade, ampliando a pressão sobre a Justiça para validação das assinaturas e dizendo que a fundação da sigla representa o "anseio de milhares de pessoas descontentes com a atual forma de fazer política".


Crítica:

 

Aqueles que estão preocupados com as câmeras sempre ativas do Google Glass e com os drones de observação, precisam acrescentar um novo recurso de bisbilhotice à sua ''lista neuras'', já que grandes empresas começam a colocar em orbita da terra pequenos satélites para captar imagens espaciais de baixo custo das regiões mais povoadas da Terra.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário