R.B. 18/JUL/13 ‘’Não tem picareta’’


R.B.

"Não tem picareta"

 

São Paulo, 18 de julho de 2013 (QUINTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, para fechar em território positivo pelo quarto pregão consecutivo, agora com os investidores atentos à divulgação da ata do Copom que, se corroborar com a opinião do discurso de Dilma feito ontem, pode indicar que a taxa Selic está próxima de parar de subir.

-    O DÓLAR pode seguir em queda, com ''boas chances'' de fechar o mês abaixo dos R$ 2,20, acompanhando a melhora do ''humor'' na Bovespa e nas demais bolsas mundiais e também a trajetória internacional da moeda norte-americana, que recua diante dos sinais de que a taxa de juros dos EUA não deve subir tão cedo.

 

ONTEM

-    BOVESPA 1,1%, já abriu em alta e manteve a trajetória ascendente ao longo de todo pregão, seguindo o otimismo dos demais mercados internacionais com a afirmação de Bernanke, o presidente do BC dos EUA, Ben Bernanke, de que a autoridade monetária norte-americana pode manter os estímulos em todo ano de 2013 se achar necessário.

-    DÓLAR –0,7% à R$ 2,23, já abriu em queda e manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, devolvendo os ''pacos' ganhos do pregão anterior (0,3%) e reduzindo uma parte da substancial alta acumulada no ano (10,4%), diante da melhora do ''humor'' na Bovespa e da trajetória internacional de desvalorização da moeda norte-americana.

-    Na ÁSIA, com baixos volumes de negócios e sem uma tendência única, JAPÃO 0,1%, sustentada pelos papéis do SoftBank (4,9%) e da Mitsubishi Motors (3,3%), que levaram a quarta sessão seguida de ganhos do índice, colocando-o em seu nível de fechamento mais alto desde 22/MAI/13, CORÉIA 1,1%, com os investidores estrangeiros ampliando a série de compras para 5 sessões seguidas e CHINA –1,1%, diante de preocupações sobre a desaceleração do crescimento, após o ministro de Finanças do país, Lou Jiwei, afirmar que o país não deve aplicar um grande estímulo fiscal.

-    Na EUROPA, revertendo uma abertura negativa, INGLATERRA 0,2%, FRANÇA 0,6% e ALEMANHA 0,5%, sustentadas pelas supostas garantias do FED (''BC'' dos EUA) de que será flexível nos seus planos de redução de estímulos econômicos.

-    Nos EUA, também revertendo uma abertura negativa, S&P 0,3%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,3%, beneficiadas pelas declarações positivas de Bernanke, assim como nas demais bolsas mundiais, e com destaques de alta para as ações do Bank of America (2,8%) e do Yahoo (10,3%), que divulgaram resultados trimestrais mais fortes do que o esperado.


Economia:

 

Como tem um ministro da Fazenda que é desacreditado e toda vez que fala a bolsa cai, ontem Dilma fez um discurso, de cerca de 1 hora, defendendo a politica econômica de seu governo, ''avisando'' que só fará corte adicional nas despesas publicas que seja realmente justificável e ''garantindo'' que a inflação vai fechar 2013 abaixo do teto da meta do governo (6,5%).

 

Apesar de Dilma ter afirmado que não pretende fazer gastos públicos, Mantega, ministro da Fazenda, não consegui ficar calado e reafirmou, após o discurso de Dilma, que tem compromisso com a estabilidade fiscal e que qualquer aumento de despesas que o governo venha a fazer terá que vir acompanhado de cortes em outras aéreas.

 

Diante da queda na produção de petróleo e do recuo dos preços de matérias-primas, a ABE, que é a Associação que representa os importadores e exportadores, já ''aposta'' que em 2013 o Brasil terá um déficit de US$ –2bi na sua balança comercial, o que será o primeiro resultado negativo desde 2000 e também o pior resultado desde 1998.

 

A inadimplência do consumidor tupiniquim cresceu 5,6% no primeiro semestre do ano em relação ao mesmo período de 2012, porem mesmo assim a Caixa Econômica Federal, seguindo a ordem do governo Dilma de incentivar a compra de carros pela população, lançou um ofensiva ''agressiva'' no setor de crédito automotivo, com taxas de juros especiais entre 0,75% a 1,51% ao mês e prazo de pagamento de até 60 meses.

 

-    A PDG subiu 5,7%, após de ter divulgado prévia operacional positiva referente ao segundo trimestre deste ano.

-    A Gol subiu 6,2%, após anunciar dados de tráfego aéreo e de ocupação acima do esperado.

-    A Hering caiu -5,0%, diante de perspectivas negativas para seu resultado, divulgado após o fechamento do pregão.


Política:

 

Indicando qual será a base do discurso de Dilma, que deve tentar a reeleição em 2014, segundo Marcelo Neri, ministro-chefe interino da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência, nos últimos 10 anos a renda dos 10% mais pobre cresceu 550% mais rápido que a renda dos 10% mais ricos no Brasil.

 

Após ''garantir'' que no Congresso Nacional ''não tem picareta'', o deputado peemedebista Henrique Alves, que também é presidente da Câmara, afirmou que tem direito ao uso de aviões da frota oficial da FAB e que continuará a dar caronas para outros políticos quando existirem vagas nesses voos.

 

A recomposição ministerial cobrada pelo ex-presidente Lula em encontro recente com a presidenta Dilma foi um dos assuntos do jantar de terça-feira da bancada do PMDB, promovido pelo presidente da Câmara, Henrique Alves.

 

Certos de que, neste momento de fragilização do governo, só há dois caminhos, romper ou ocupar mais espaço, os peemedebistas pressionam cada vez mais por uma reforma ministerial e esperam um desfecho para os próximos dias, já que a presidenta Dilma também está sendo pressionada pelo PT a fazer a reforma e enxugar sua equipe já durante o recesso parlamentar, que vai até o fim de JUL/13

 

Certamente com o apoio da população, ontem a oposição protocolou na Secretaria Geral da Mesa do Congresso um pedido de instauração de uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito para investigar irregularidades no uso de recursos públicos nas obras da Copa do Mundo.

 

Com o objetivo de reduzir os gastos desnecessários, ontem a criação dos 4 novos TRFs, que foi contestada por uma Ação Direta de Inconstitucionalidade pela Associação Nacional dos Procuradores Federais, foi cancelada por Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal


Crítica:

 

Usando as informações sobre o cotidiano da vida de um grupo de 300 voluntários na cidade de Seattle, nos EUA, como, por exemplo, ida para o trabalho, ao supermercado, sair para correr e viagens internacionais, dois pesquisadores norte-americanos desenvolveram um sistema que consegue prever onde um indivíduo estará no futuro, com até 285 dias de antecedência.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário