R.B. 10/JUL/13 ''Os malandros''


R.B.

"Os malandros"

 

São Paulo, 10 de julho de 2013 (QUARTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve seguir em queda, para provavelmente fechar o dia abaixo dos 45.000pts, influenciada negativamente pela redução das perspectivas de crescimento da economia brasileira feita pelo FMI e pressionada pela provável queda das ações do grupo X, porem é bom ressaltar que para investidores de longo prazo o patamar é interessante para compras.

-    O DÓLAR pode subir, acompanhando a provável piora do ''humor'' na Bovespa e também influenciado pelas declarações do ministro Fernando Pimentel, que ''avisou'' que a moeda norte-americana não vai mais cair, porem é bom ressaltar que a provável elevação da Selic elevará o fluxo positivo de recursos externos.

 

SEGUNDA-FEIRA

-    BOVESPA –0,3%, abriu em alta, para na máxima avançar 1,1%, porem, com baixo volume de negócios, passou a cair no final do pregão, mesmo com o desempenho positivo das bolsas de NY e da Europa, com os investidores, principalmente os estrangeiros, receosos de carregar posições durante o feriado em SP da Revolução Constitucionalista de 1932.

-    DÓLAR –0,2% à R$ 2,26, já abriu ''de lado'' e, também com baixo volume de negócios, manteve a trajetória indefinida ao longo de todo pregão, dividida entre o ''humor negativo'' na Bovespa e a trajetória internacional de baixa da moeda norte-americana.

 

ONTEM

-    Na ÁSIA, recuperando as perdas do pregão anterior, JAPÃO 2,6%%, CORÉIA 0,7% e CHINA 0,4%, ''animadas'' pela divulgação dos indicadores sobre a inflação na China, que sinalizaram que a demanda na maior economia da região permanece razoavelmente robusta.

-    Na EUROPA, apesar da divulgação de redução das projeções de crescimento pelo FMI, INGLATERRA 0,9%, FRANÇA 0,5% e ALEMANHA 1,1%, com destaques de alta para as mineradoras, beneficiadas pelo otimismo gerado pelo balanço da Alcoa, divulgado na noite anterior, e pela aprovação dos ministros das Finanças da zona do euro de uma parcela de ajuda para a Grécia.

-    Nos EUA, beneficiadas pelos mesmos motivos que impulsionaram as bolsas da Europa, S&P 0,7%, DJ 0,5% e NASDAQ 0,6%, desta vez com destaque positivo para o índice tecnológico Nasdaq, que registrou nível máximo desde 2000 depois de um início favorável da temporada de balanços corporativos.


Economia:

 

Hoje começa a reunião do Copom e, com a inflação ainda preocupando e a economia ''patinando'', a autoridade monetária deve seguir as previsões do ''mercado'' e elevar a taxa básica de juros da economia brasileira em 0,5%, dos atuais 8,0% para 8,5%.

 

Como ultimamente, para o governo Dilma e para o ''mercado'' brasileiro, ''tragédia pouca é bobagem'', o Brasil foi o país com o maior corte na projeção do FMI para crescimento econômico em 2014 dentre as nações monitoradas pela instituição, com uma redução de -0,8&, de 4,0% para 3,3%.

 

Cada dia mais pessimista, o ''mercado'' reduziu, de 2,40% para 2,34%, suas ''apostas'' para o crescimento do PIB brasileiro este ano e também cortou, de 5,87% para 5,81%, suas projeções para o IPCA de 2013.

 

Apresentando um sinais divergentes da economia brasileira, em JUN/13 as vendas de cimento no mercado interno brasileiro foram 3,0% maiores que em JUN/12, porem em MAI/13 a produção da indústria brasileira recuou –2,0% na comparação com ABR/13.

 

Mais uma vez ''metendo o bedelho'' em um assunto que deveria ser tratado apenas pelo desacreditado e desgastado ministro da Fazenda, ontem Fernando Pimentel, ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, ''garantiu'' que o câmbio mudou de patamar no Brasil e não deve se desvalorizar mais, ressaltando que a taxa de câmbio entre R$ 2,20 e R$ 2,25 parece ser confortável para os empresários e que com ela a balança comercial brasileira não deve ''fazer feio'' este ano.

 

Lesando os trabalhadores e mostrando, no mínimo, uma enorme falta de capacidade de análise critica dos investimentos que faz, a Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, perdeu pelo menos R$ -13mi com ações das empresas do grupo EBX, de Eike Batista.

 

Mostrando a irresponsabilidade do governo Dilma com um assunto importante, o leilão da maior descoberta de petróleo no pré-sal já feita no Brasil, o campo de Libra, vai acontecer "a toque de caixa", na avaliação do setor, que terá apenas 9 dias para analisar a minuta do edital, lançada ontem, e cerca de 40 dias entre a publicação do edital definitivo e o leilão para fechar parcerias.

 

Dando mais um exemplo do ''Brasil que funciona'', ontem a Companhia Nacional de Abastecimento revisou para cima sua estimativa da produção brasileira de grãos na safra 2012/13, para o recorde de 185mi de toneladas, o que representa um incremento de 0,4% sobre a ultima estimativa feita no início de JUN/13 e um crescimento de 11,4% na comparação com o resultado apurado em 2011/12.

 

-    Apresentando um sinal de controle da inflação, o IGP-M subiu 0,26% na primeira prévia de JUL/13, patamar abaixo do esperado pelo ''mercado'' (0,32%) e também aquém do verificado no mesmo período de JUN/13 (0,43%).


Política:

 

Obstinado em dar seu ''golpe'' para aprovar o financiamento publico de campanha e o voto em lista fechada para eleição de parlamentares, Gilberto Carvalho, ministro da Secretaria-Geral da Presidência, ''avisou'' que o governo Dilma não vai desistir de fazer uma consulta popular visando a elaboração de uma reforma política.

 

Mais uma vez ''pedindo ajuda ao chefe'' no momento em que enfrenta uma crise em sua base aliada e queda em sua popularidade, ontem a presidenta Dilma se reuniu com o ex-presidente Lula no Palácio da Alvorada.

 

Na contramão da "agenda positiva" para melhorar a imagem do Congresso após as manifestações populares, ontem o Senado derrubou a proposta de emenda à Constituição que reduzia o número de suplentes, de 2 para 1, e que proibia os senadores de escolher como seus suplentes cônjuges e parentes de sangue de até segundo grau, como pais, filhos, irmãos e primos, inclusive os parentes por adoção.

 

Novamente pego com ''a boca na botija'' pela imprensa, o deputado peemedebista Henrique Alves, que também é presidente da Câmara dos Deputados, desistiu de ter 2 carros utilitários esportivos exclusivamente à sua disposição no Rio Grande do Norte, seu estado natal, 7 dias depois do lançamento do edital.

 

-    Apesar de morar a menos de 10 quilômetros da sede do governo do RJ, o ''nobre'' governador Sergio Cabral só vai trabalhar de helicóptero.


Crítica:

 

Como se tivessem sido obrigados, com uma arma apontada na cabeça, a acreditarem nas lorotas de Eike Batista e comprarem ações das suas empresas, ''os malandros'' que se tornaram acionistas minoritários das empresas X agora criaram uma associação para tentar preservar seus direitos, inclusive pedindo o bloqueio de bens do ''midas do PowerPoint''.

 

"Inocente" achar que os EUA não sabem até a cor da calcinha da Dilma! Eles fazem espionagem, sempre fizeram e nenhum pais consegue impedir! Porém mais "inocente" ainda é alguém cair neste embalo nacionalista do governo federal, com apoio da TV Globo, de desviar a atenção dos problemas do Brasil em nome da luta pela soberania tupiniquim! Desculpe dona Dilma mas eu não vou sair para a rua contra os "Yankes imperialistas".


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Um comentário: