R.B. 26/JUN/13 ‘’Cidadão comum’’


R.B.

"Cidadão comum"

 

São Paulo, 26 de junho de 2013 (QUARTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA pode seguir em alta, ainda recuperando parte das fortes perdas acumuladas nos últimos 30 dias (-16,9%) e no ano (-23,1%), desta vez novamente acompanhando a melhora do ''humor'' nas demais bolsas mundiais e também influenciada positivamente pelos sinais de que o Congresso brasileiro, pressionado pela ''voz das ruas'', quer ''mostrar serviço''.

-    O DÓLAR deve cair, também devolvendo uma parte da forte alta acumulada nos últimos 30 dias (%7,8%) e no ano (8,1%), acompanhando a provável melhora do ''humor'' na Bovespa e influenciado principalmente pela decisão do BC, anunciada após o fechamento do pregão de ontem, de retirar a obrigatoriedade dos bancos recolherem compulsório de posições vendidas da moeda norte-americana no mercado futuro.

 

ONTEM

-    BOVESPA 2,0%, já abriu em alta e, recuperando quase todas as perdas acumuladas no pregão anterior (-2,3%), manteve-se em território positivo ao longo de toda sessão, com os investidores otimistas após o BC China ter aliviado preocupações sobre aperto de crédito e rápida interrupção de medidas de estímulo monetário no país.

-    DÓLAR –1,3% à R$ 2,21, já abriu em queda e manteve em território negativo ao longo de todo pregão, influenciado por novos leilões de venda do BC e menor aversão ao risco entre os investidores, que foi confirmada com a melhora do ''humor'' na Bovespa.

-    Na ÁSIA, em mais um dia de perdas, JAPÃO –0,7%, CORÉIA –1,0% e CHINA –0,2%, ainda pressionadas pelo mercado chinês, à medida que se disseminavam preocupações de que um aperto de crédito possa ameaçar o crescimento da segunda maior economia do mundo e prejudicar a recuperação norte-americana.

-    Na EUROPA, recuperando as perdas do pregão anterior, quando se aproximaram das mínimas dos últimos 7 meses, INGLATERRA 1,2%, FRANÇA 1,5% e ALEMANHA 1,6%, beneficiadas por declarações reconfortantes de autoridades de BCs na China e nos EUA.

-    Nos EUA, também recuperando as perdas do pregão anterior, para fecharem o dia com a maior alta em 2 semanas, S&P 0,9%, DJ 0,7% e NASDAQ 0,8%, impulsionadas pela divulgação de dados positivos do setor imobiliário e de bens duráveis.


Economia:

 

Após colocar em revisão, para possível rebaixamento, sua ''nota'' para o Brasil, ontem a agencia de classificação de risco Fitch ''avisou'' que deve anunciar até o final de JUL/13 como ficará o rating soberano brasileiro.

 

Dando 3 sinais positivos da economia brasileira, (1) a procura de imóveis em Miami e Orlando, nos EUA, por brasileiros cresceu 36% no primeiro trimestre deste ano ante o mesmo período do ano passado, (2) nos 5 primeiros meses deste ano as vendas de combustíveis cresceram 7,2% em relação ao mesmo período do ano passado e (3) em MAI/13 o número de ações judiciais referentes a aluguel na cidade de SP foi -12,3% inferior ao registrado em MAI/12 e -14,8% menor do que em ABR/13.

 

Para conter a alta do dólar, que por sua vez pode pressionar e anular os efeitos positivos na inflação da redução do preço das tarifas de ônibus e do não aumento dos pedágios, ontem o BC anunciou que decidiu retirar o compulsório das posições vendidas em dólar no mercado futuro.

 

Com o governo Dilma finalmente cuidando das contas publicas, em MAI/13 a economia do governo para pagar juros da dívida, o chamado superávit primário, somou R$ 5,9bi, o que representa o maior valor registrado para o mês na série do Tesouro Nacional iniciada em 1997 e mais do que o triplo do registrado em MAI/12 (R$ 1,8bi).

 

Nos primeiros 5 meses deste ano o mercado de aviação civil brasileiro encolheu –0,4% na comparação com o mesmo período de 201 e, segundo previsões das principais empresas aéreas brasileiras, depois de uma década de forte expansão, a demanda por viagens de avião no mercado doméstico deve encolher neste ano ou, nas previsões mais otimistas, ter um crescimento perto de zero.

 

No ano passado os Fundos de Investimento Imobiliário com cotas negociadas BM&FBovespa movimentaram R$ 4,bi e o índice destes fundos avançou 35%, neste ano o volume negociado já superou o valor de todo ano passado e o índice destes fundos acumula uma queda de –9,6%, que é bem melhor que o desempenho do Ibovespa no mesmo período (-23,1%).

 

-    A MMX subiu 17,8%, diante de ''rumores'' de que a holandesa Trafigura, gigante do setor de commodities, tem interesse na compra de uma fatia desta empresa de Eike.-    A subiu %.


Política:

 

Contrariando a orientação do PT e do Planalto e pressionada pela ''voz das ruas'', a base governista se uniu à oposição e derrubou o trecho da medida provisória 611 que liberava R$ 43mi para viabilizar serviços de telecomunicações a ser utilizada pela Fifa na Copa do Mundo de 2014.

 

Mostrando que trabalha quando pressionada, nesta madrugada a Câmara dos Deputados (1) estabeleceu que 75% das receitas dos royalties petróleo serão destinadas para a educação e 25% irão para a saúde e (2) aprovou o arquivamento da PEC 37, que queria tirar o poder de investigação do Ministério Publico.

 

Após conversar com a base aliada, com a oposição e com membros do judiciário, o governo Dilma recuou da ideia de convocar uma constituinte para fazer a reforma política e caminha agora para fazer um plebiscito ou até um referendo sobre o tema.

 

Com a ''cara de pau'' de quem já renunciou ao mandato para evitar a cassação e hoje é presidente do Senado, ontem o peemedebista Renan Calheiros defendeu (1) a gratuidade do transporte publico para estudantes e (2) a redução do número de ministérios de Dilma, que atualmente tem 39 ministros.

 

Após anunciar mais uma vez que não quer será candidato à presidente, ressaltando que sua área da atuação é no poder judiciário, Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal, defendeu o voto distrital e o "recall" para políticos, que é a possibilidade de a sociedade expulsar o político incompetente do cargo e eleger novo ocupante.


Crítica:

 

Em uma decisão controversa e também machista, ontem os ''nobres ministros'' do Superior Tribunal de Justiça decidiram que as horas extras devem ser consideradas na hora de calcular o valor da pensão que será paga à ex-mulher ou filhos.

 

Na liderança e superando, e muito, a média mundial que é de 11%, segundo um estudo feito pelo instituto de pesquisas Robert Half 42% dos profissionais brasileiros são considerados estressados e as principais causas para o estresse no Brasil são o excesso de trabalho (52%), falta de reconhecimento (44%) e as pressões econômicas (38%).

 

Ontem, no mesmo dia em que o governo da Inglaterra divulgou uma foto mostrando que David Cameron, o primeiro ministro, vai ao trabalho de metro como um  ''cidadão comum'', o gabinete da presidência do Brasil informou que Dilma gasta R$ 3.125,00 em maquiagem e penteado toda vez que aparece em publico.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário