R.B. 11/JUN/13 ‘’É puramente assistencialista e não promove o desenvolvimento’’


R.B.

"É puramente assistencialista e não promove o desenvolvimento"

 

São Paulo, 11 de junho de 2013 (TERÇA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve seguir em queda, agora ''flertando'' com os 50.000pts, desta vez influenciada negativamente pela piora do ''humor'' nas bolsas da Europa e dos EUA, já que começou hoje o julgamento na Alemanha sobre a legalidade do instrumento lançado pelo BC Europeu para ajudar os países periféricos a saírem da crise fiscal.

-    O DÓLAR pode voltar a subir, mesmo com os leilões de venda do BC e com as ''bravatas'' de Mantega, ainda seguindo a trajetória internacional da moeda norte-americana e influenciado negativamente pela piora do ''humor'' na Bovespa.

 

ONTEM

-    BOVESPA –0,6% (aos 51.243pts), já abriu em queda e, mesmo com o índice no menor nível desde o início de OUT/11, manteve-se em território negativo ao longo de ''quase'' todo pregão, acompanhando o recuo das commodities no mercado internacional e prejudicada por dados ruins divulgados na China.

-    DÓLAR 0,6% à R$ 2,15, já abriu em alta e, mesmo com as duas intervenções do BC na ponta vendedora, fechou no maior patamar desde 30/ABR/09, acompanhando o ''humor negativo'' na Bovespa e a trajetória internacional da moeda norte-americana.

-    Na ÁSIA, seguindo o bom desempenho das bolsas dos EUA na sexta-feira, JAPÃO 4,9%, registrando o maior ganho porcentual diário em mais de 2 anos, com as exportadoras, como a Toyota (8,6%) e a Fuji Heavy Industries (13,0%), beneficiadas pela forte valorização do dólar frente a moeda local (o iene), CORÉIA 0,5%, uma vez que as compras de investidores individuais e institucionais afastou a venda de estrangeiros e CHINA permaneceu fechada por conta de um feriado nacional.

-    Na EUROPA, sem uma tendência única, INGLATERRA –0,2%, FRANÇA –0,2% e ALEMANHA 0,6%, dividias entre a divulgação de dados ruins na China e a elevação da perspectiva da ''nota'' dos EUA pela agencia de classificação de risco S&P.

-    Nos EUA, devolvendo quase todos os ganhos da abertura, mesmo com a anúncio da agência de classificação de risco de que pode elevar sua ''nota'' para o país, S&P –0,1%, DJ –0,1% e NASDAQ 0,1%, já que após o rali de sexta-feira os investidores não se animaram a fazer novas compras.


Economia:

 

Já influenciado pela decisão da agencia de classificação de risco S&P de rebaixar sua perspectiva para a ''nota'' do Brasil, o ''mercado'' reduziu pela quarta vez consecutiva, desta vez de 2,77% para 2,53%, sua previsão para o crescimento da economia brasileira este ano, e manteve em 5,80% suas ''apostas'' para o IPCA de 2013.

 

Indicando que o aumento da desconfiança internacional com o Brasil começa a aparecer nos números, diante do desconforto com a economia nacional, que culminou na recente piora da perspectiva da avaliação brasileira, o risco-Brasil subiu 25% em menos de 1 mês e já voltou à casa dos 200pts, o que representa o maior patamar desde JUN/12.

 

Como ''um cego que zomba de um zarolho'', Dilma afirmou, direto de Portugal, que o Brasil está empenhado em ajudar o referido país a enfrentar a crise da zona do euro, ressaltando que está muito preocupada com a situação social, com o baixo crescimento e com o desemprego na Europa.

 

Criando mais uma ''gigante tupiniquim'', em um negócio de R$ 5,85bi a JBS, que já liderava o mercado de bovinos no mundo, comprou a Seara, divisão de aves, suínos e alimentos processados da Marfrig, conquistando agora também a liderança global no setor de aves.

 

Provavelmente ''temendo'' a falta de interessados, César Borges, ministro dos transportes, anunciou ontem que o governo Dilma que vai repartir o leilão de rodovias em cinco etapas.

 

Contribuindo com a piora das contas publicas, já que a medida não vem acompanhada da redução dos gastos do governo, ontem Márcio Holland, secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, afirmou que as desonerações de tributos federais feitas para impulsionar a economia devem somar R$ 72,1bi em 2013 e R$ 91,5bi em 2014.

 

Com o objetivo de fazer o Brasil ser autossuficiente em combustíveis, ontem a Petrobras que assinou no final de MAI/13 uma carta de intenções com a sul-coreana GS Energy Corporation para desenvolver estudo conjunto para construir a refinaria Premium 2, no Ceará, que entraria em operação em DEZ/17.

 

Dando um sinal de aceleração da inflação, que por sua vez pode incentivar o Copom a seguir elevando a taxa básica de juros nas suas próximas reuniões, a primeira prévia do IGP-M de JUN/13 ficou em 0,43%, ante 0,03% da primeira prévia de MAI/13.

 

Como o maior porto do Brasil está operando no limite da sua capacidade, ontem um navio de bandeira brasileira abalroou outro de bandeira canadense no Porto de Santo, abrindo um buraco de mais de 5 metros no casco da embarcação do Canadá, que estava atracada, recebendo 60 mil toneladas de soja no terminal da ADM.


Política:

 

Como sabe que suas chances de vitória são muito pequenas, principalmente diante da elevada aprovação do governador tucano Alckmin, o PT de SP pretende fechar em no máximo 30 dias a escolha de seu candidato para disputar o governo do Estado em 2014, eleição que é considerada prioritária pelo ex-presidente Lula.

 

Confirmando mais uma vez como é difícil colocar um politico na cadeia, segundo o ministro José Antônio Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, o julgamento do mensalão vá demorar ainda de 1 a 2 anos para ser concluído e só após isto as penas serão executadas.

 

Seguindo os passos do PSD de Minas Gerais, que rachou para apoiar o tucano Aécio Neves contra a reeleição da presidenta Dilma, o diretório do partido em Santa Catarina anunciou ontem o apoio à pré-candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, do PSB, a presidente em 2014.


Crítica:

 

Segundo uma enquete feita pela internet, que é bom ressaltar não tem nenhum valor cientifico, 77,3% dos internautas votantes acham que o Bolsa Família deveria acabar pois ''é puramente assistencialista e não promove o desenvolvimento'', reforçando esta tese, foi divulgado um relatório de fiscalização deste programa feito pela Controladoria Geral da União que constatou milhares de fraudes, como a existência de empresários, funcionários públicos, políticos até mortos na lista de beneficiários e a total falta de controle da frequência escolar e do cartão de vacinação das crianças, que são exigências para se receber o beneficio.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário