R.B. 12/JUN/13 ‘’Mais um cambalacho’’


R.B.

"Mais um cambalacho"

 

São Paulo, 12 de junho de 2013 (QUARTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA pode subir, em um movimento de ''caça de barganhas'' após a forte queda do pregão anterior e após acumular uma baixa de -18,3% no ano, também acompanhando a provável melhora do ''humor'' nas bolsas da Europa e dos EUA e a recuperação das commodities.

-    O DÓLAR deve voltar a cair, ainda pressionado pelo BC, que já mostrou que, para segurar a inflação, vai atuar com ''vigor'' na ponta vendedora, e também influenciado pelos ''rumores'' de que o BC pode elevar o teto da "posição vendida" dos bancos na moeda norte-americana.

 

ONTEM

-    BOVESPA –3,0%, já abriu em queda e, acompanhando a baixa vista nos principais mercados internacionais, fechou o dia no menor patamar desde 8/AGO/12 (aos 49.769pts), diante da preocupação dos investidores com o futuro dos estímulos econômicos em países desenvolvidos.

-    DÓLAR –0,2% à R$, abriu em alta, para na máxima atingir R$ 2,17, acompanhando o ''humor negativo'' na Bovespa, porem fechou em leve queda, após o BC a atuar com intensidade na ponta vendedora do mercado de câmbio pelo segundo dia consecutivo.

-    Na ÁSIA, iniciando um movimento negativo que se espalhou pelas demais bolsas mundiais, JAPÃO –1,5%, CHINA permaneceu fechada devido a feriado local e CORÉIA –0,6%, diante da frustração com a decisão do comitê de política monetária do BC do Japão de reduzir os estímulos monetários.

-    Na EUROPA, recuando para os menores patamares das últimas 6 semanas, INGLATERRA –0,9%, FRANÇA –1,4% e ALEMANHA –1,0%, diante dos '''temores'' de que o Fed (''BC'' dos EUA) reduza os estímulos na próxima reunião e do debate no Judiciário alemão sobre a legalidade do programa do BC Europeu de compra de bônus dos países da periferia do euro.

-    Nos EUA, em um pregão marcado pela forte volatilidade, S&P –1,0%, DJ –0,8% e NASDAQ -1,1%, prejudicada pelas noticias negativas do Japão e da Europa e com os títulos da dívida do país aproximaram-se do maior nível em 14 meses.


Economia:

 

Principal culpado da desconfiança do ''mercado'' com o compromisso do governo Dilma de manter as contas públicas sob controle, Mantega, o ministro Fazenda, ''prometeu e garantiu'' que vai segurar os gastos públicos neste ano, ressaltando que até DEZ/12 economizará o equivalente a 2,3% do PIB para abatimento da dívida pública.

 

Fazendo ''mais um cambalacho'' para melhorar as contas publicas, poucos dias depois de autorizar um empréstimo de R$ 15bi do Tesouro para aumentar o capital do BNDES, Mantega, ministro da Fazenda, determinou que o referido banco de fomento comprasse R$ 1,45bi de créditos da Itaipu que a União detém.

 

Impulsionado pela expansão dos shoppings, pelo crescimento do mercado de luxo e pelo aumento do consumo da nova classe média no país, o Brasil foi eleito por uma consultoria internacional, pelo terceiro ano consecutivo, como o país mais atraente do mundo para investimentos no varejo.

 

Dando sinais positivos da economia tupiniquim, (1) em ABR/13 o nível de utilização da capacidade instalada da indústria brasileira subiu para 83,0%, ate 82,6% em MAR/13, e o faturamento do setor cresceu 5% na mesma base de comparação e (2) em ABR/13 o número de imóveis novos residenciais vendidos na cidade de SP cresceu 73,8% em relação ao mesmo mês do ano passado e atingiu o maior patamar desde 2004.

 

Podendo ajudar no controle da inflação e na melhoria das contas da Petrobrás, a queda de preços do álcool hidratado atinge R$ 0,30 por litro nas usinas paulistas desde o início de ABR/13 e com isto deve recuar até -6% nos postos de SP.

 

Prejudicando empresas como Gerdau e CSN, A União Europeia, insatisfeita com a política de exportação de minério de ferro do Brasil, anunciou um plano de reestruturação de sua indústria siderúrgica que pretende torna-la mais competitiva com as dos emergentes.

 

-    A OGX caiu –9,3%, atingindo novamente seu menor patamar da história (R$ 1,17), após o anuncio de que seu controlador, Eike Batista, teve a ''cara de pau'' de vender 70,48 milhões de ações da empresa a um preço médio de R$ 1,73.


Política:

 

Fazendo sua parte para tentar incentivar o crescimento da economia brasileira, ontem a Câmara dos Deputados aprovou uma medida provisória que zera os impostos federais que incidem sobre os produtos da cesta básica, estendendo o o benefício, que originalmente estava previsto para 19 categorias, para 41 categorias ao incluir produtos como materiais escolares, gás de cozinha e rações e suplementos alimentares usados na pecuária.

 

Após a divulgação das últimas pesquisas mostrando uma significativa queda na aprovação de Dilma, o otimismo tomou conta da cúpula tucana na reunião da Executiva Nacional ocorrida ontem e a avaliação dos dirigentes do PSDB é que os números indicam, a mais de um ano das eleições, a possibilidade concreta de um segundo turno na eleição presidencial do ano que vem.

 

Legislando em causa própria, ontem o Conselho Nacional de Justiça derrubou a liminar que impedia o pagamento de auxílio-alimentação a magistrados e liberou, com isso, o gasto de mais de R$ 100mi para encher a pança dos ''nobres magistrados'' em 8 tribunais estaduais do País.

 

Favoráveis a manutenção da aliança com o PMDB no RJ, 10 dos 11 prefeitos do PT no referido estado se reuniram ontem, em Niterói, e acusaram o diretório regional do partido de antecipar a campanha eleitoral no estado, com o lançamento da pré-candidatura do senador Lindbergh Farias ao governo.


Crítica:

 

Apesar de reguladores de todo o mundo terem uma visão cada vez mais cética do setor, principalmente depois de uma série de disfunções do mercado muito divulgadas nos EUA, a BM&F Bovespa, ''visando apenas o lucro de curto prazo'', tomou medidas para tornar seu mercado mais amistoso às transações em alta frequência.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário