R.B. 20/FEV/13 ‘’De forma selvagem e antidemocrática’’


R.B.

"De forma selvagem e anti-democrática"

 

São Paulo, 20 de fevereiro de 2013 (QUARTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA pode subir, novamente tentando uma recuperação após recuar em 9 dos últimos 10 pregões e assim fechar o dia anterior no menor patamar desde 28/NOV/12, porem deve-se ressaltar que o investidor continua sem ter certeza sobre as diretrizes do governo e, portanto, ainda não se motiva a fazer novas compras.

-    O DÓLAR deve seguir em queda, com o ''mercado testando o suporte'' dos R$ 1,95, que provavelmente deve ser rompido já que é cada vez maior a possibilidade de o BC tolerar um real mais valorizado para assim controlar a inflação.

 

ONTEM

-    BOVESPA –0,5% (aos 57.314pts), abriu em alta, para na máxima avançar 0,7%, porem passou a cair na parte da tarde, mesmo com o desempenho positivo das bolsas dos EUA e da Europa, prejudicada principalmente pelas ações das empresas de Eike Batista, como OGX (-4,8%), MMX (-2,4%), LLX (-4,4%) e OSX (-1,0%), cujo ''castelo de cartas'' parece estar ruindo pela simples falta de resultados operacionais das empresa.

-    DÓLAR –0,4% à R$ 1,95, já abriu em queda e, acompanhando o movimento internacional da moeda norte-americana, manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, também pressionado por expectativas de entrada de divisas no país.

-    Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO –0,3%, CORÉIA 0,6% e CHINA –1,6%, divididas entre as preocupações com as negociações orçamentárias nos EUA e os sinais de bom desempenho das economias dos países da região, como as Filipinas que mostrou números robustos de crescimento no quarto trimestre de 2012.

-    Na EUROPA, revertendo uma abertura negativa, INGLATERRA 0,9%, FRANÇA 1,9% e ALEMANHA 1,6%, beneficiadas pela divulgação de dados da confiança da Alemanha, que atingiu o maior patamar desde ABR/10 e que impulsionaram as ações de empresas dos setores automobilístico e o tecnológico.

-    Nos EUA, também revertendo uma abertura negativa, para fecharem nos maiores patamares dos últimos 5 anos, S&P 0,7% (alta de 7,0% em 2013), DJ 0,4% e NASDAQ 0,7%, com o contínuo aumento da atividade de fusões sugerindo que investidores ainda encontram valor no mercado.


Economia:

 

Contrariando, pela enésima vez, uma declaração de Mantega, que durante a reunião do G-20 afirmou estar preocupado com a inflação brasileira, Tombini, presidente do BC, afirmou ontem que a inflação do país está controlada, ressaltando também que a estratégia do BC para os juros permanece válida, mas que ajustes poderão ser feitos.

 

Mais uma vez ''metendo o bedelho'' aonde não precisa, o que demonstra como é ruim ter ministro que ao invés de técnico é politico, Edison Lobão, ministro de Minas e Energia, afirmou ontem que o governo não cogita novos reajustes para o combustível no próximo semestre.

 

Dando 2 sinais positivos da economia brasileira (1) em JAN/13 o nível do emprego na indústria de transformação paulista aumentou 0,38% na comparação com DEZ/12 e (2) em 2012 as vendas do comércio cresceram 8,4% na comparação com 2011, o que representa o melhor ano de vendas desde 2010.

 

Com o objetivo de aumentar a eficiência e reduzir o custo do transporte de cargas no Brasil, o governo Dilma lançou o Plano Nacional de Integração Hidroviária, cuja meta é elevar o volume de cargas transportado por rios nas seis maiores bacias hidrográficas do país dos atuais 82 milhões de toneladas ano para 463 milhões até 2030, o que representará um crescimento de 460%.

 

''Apostando'' no Brasil, principalmente por conta a forte expansão do agronegócio, a Volvo anunciou ontem que investirá US$ 20mi no pais para transferir e posteriormente ampliar a linha de produção de retroescavadeiras da Cidade do México para Pederneiras, interior de São Paulo.

 

Colocado em xeque a ''conversa fiada'' dos bancos privados de risco de explosão dos calotes e mostrando que emprestar dinheiro continua sendo um excelente negócio, em 2012, mesmo com a taxa de juros no menor patamar da história, a Caixa Econômica Federal acumulou um lucro recorde de R$ 6,1bi que, com um crescimento de 17% na comparação com 2011, foi impulsionado principalmente pelo aumento de 42% no volume de crédito, de longe o maior ritmo do sistema financeiro.

 

-    A BM&F caiu –1,6% e, após o fechamento do pregão a empresa anunciou que fechou o quarto trimestre de 2012 com lucro líquido contábil de R$ 217,2mi, o que representa um crescimento de 13,7% ante o mesmo período do ano anterior e que mesmo assim ficou abaixo da média das ''apostas do mercado'' (R$ 255,6mi).

-    A Petrobrás subiu 1,1% e, após o fechamento do pregão anunciou que começou a produzir petróleo no campo de Baúna, na bacia de Santos.


Política:

 

Mantendo, de forma inescrupulosa e descarada, as regalias e os conflitos de interesse, ontem o Conselho Nacional de Justiça recuou na intenção de proibir qualquer patrocínio privado, como de bancos e construtoras, para eventos de magistrados, que são as ''bocas livres'' que geralmente ocorrem em resorts de luxo do Nordeste.

 

Parecendo, nas ''sábias palavras'' do ex-presidente FHC, ''picuinha de criança'', o PT decidiu apresentar, durante a festa do partido para comemorar os 10 anos no poder, um documento fazendo comparações entre a gestão petista e a administração tucana (de 1995 até 2002).

 

Dando sequencia à ''picuinha de criança'', que não tem vencedores e cujos principais prejudicados são os brasileiros, o senador Aécio Neves, provável candidato tucano à presidência em 2014, subirá hoje à tribuna do Senado para discursar sobre o que classificou como "os 13 fracassos do PT" nos últimos 10 anos.

 

Ainda privilegiando a distribuição de peixes ao invés de ensinar a pescar, ontem o governo Dilma anunciou uma nova ampliação do Bolsa Família que agora tem a meta de tirar da miséria os 2,5 milhões de pessoas que ainda constam como extremamente pobres no Cadastro Único, que é o banco de dados federal com informações de famílias de baixa renda.

 

Para tentar conter a pressão popular contra seu novo mandato como presidente do Senado, o peemedebista Renan Calheiros anunciou na tarde de ontem reformas administrativas no Senado, como a eliminação de até 30% dos cargos de confiança, que poderão significar uma economia de até R$ 262mi por ano, de acordo com seus cálculos.


Crítica:

 

Simplesmente visando lucro, sem se preocuparem com a segurança dos usuários e o conforto dos moradores do entorno do aeroporto, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas quer ampliar de 34 para cerca de 50 o número de pousos e decolagens por hora no Aeroporto de Congonhas, que fica pessimamente localizado entre prédios, shoppings e hospitais na cidade de São Paulo.

 

É legitima a critica, que aliás também é vital em uma sociedade democrática, porem foi inescrupulosa a atitude da ala radical do PT que, inclusive usando a estrutura do governo federal, incitou seus militantes a impedirem, ''de forma selvagem e anti-democrática'', a blogueira dissidente cubana Yoani a dizer o que pensa da ditadura do seu pais.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário