R.B. 14/JAN/13 ‘’Superando o supérfluo’’


R.B.

"Superando o supérfluo"

 

São Paulo, 14 de janeiro de 2013 (SEGUNDA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve subir, recuperando as perdas acumuladas na semana passada (-1,6%), influenciada pelos sinais de melhora no ''humor'' nas demais bolsas mundiais, diante dos sinais de ''o pior já passou'', e da percepção de melhora da economia brasileira.

-    O DÓLAR pode cair, com o ''mercado'' (1) testando ''os limites do BC'', (2) também acompanhando a trajetória internacional da moeda norte-americana e (3) influenciado pela manutenção do ''crescente e constante'' fluxo positivo de recursos externos oriundos de exportações, captações e ''investimentos''.

 

SEXTA-FEIRA

-    BOVESPA –0,3%, já abriu em queda e, com bom volume de negócios (R$ 8,3bi), manteve a trajetória descendente ao longo de todo pregão, com investidores mais cautelosos após um avanço inesperado da inflação na China, que por sua vez derrubou preços globais de commodities e pressionou as ações da mineradora Vale (-2,6%) e da siderúrgica Gerdau (-1,2%).

-    DÓLAR 0,3% à R$ 2,04, na máxima do dia, após um pregão de poucas oscilações, com a moeda norte-americana acompanhando a valorização externa ante divisas com perfil semelhante ao real e com a demanda vindo principalmente de tesourarias de bancos e importadores.

-    Na ÁSIA, sem uma tendência única, JAPÃO %, diante da expectativa de uma nova flexibilização monetária no país, porem CORÉIA –0,5% e CHINA –1,8%, realizando lucros recentes após a China divulgar aceleração da inflação ao consumidor, que em DEZ/12 atingiu o maior patamar em 7 meses.

-    Na EUROPA, revertendo uma abertura positiva, INGLATERRA –0,3%, FRANÇA –0,1% e ALEMANHA –0,1%, com destaques de queda para as exportadoras, prejudicadas pela divulgação de dados fracos dos EUA e por temores sobre o escopo de mais estímulos na China.

-    Nos EUA, próximas da estabilidade, S&P 0,0%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,1%, com investidores refreando suas compras antes da série de resultados corporativos que, segundo a ''media das apostas do mercado'', devem melhorar apenas 1,9% nesta temporada.


Economia:

 

Para manter a rentabilidade diante da taxa Selic menor, que remunera os títulos públicos, e da exigência do governo de que os fundos de previdência invistam em papéis de prazo mais longo, os produtos voltados à aposentadoria deverão aplicar mais em títulos de empresas, que por sua vez são papéis com risco maior que o dos títulos públicos, pois dependem da capacidade das companhias privadas de honrar seus pagamentos, mas que obviamente rendem mais.

 

Finalmente ''superando o supérfluo'' segmento de veículos, que por sua vez foi estimulado pela redução do IPI, o crédito habitacional deve reassumir, até o fim do primeiro trimestre, o posto de principal modalidade de crédito utilizada por pessoas físicas no país, o que não ocorre desde meados de 2001.

 

Caminhando, na esteira da chegada de grandes empresas como a Microsoft e a Cisco no meio deste ano, para se tornar um polo tecnológico, o RJ aos poucos consolida uma cadeia tecnológica de start-ups, incubadoras, aceleradoras e fundos de investimento.

 

Segundo um levantamento feito com base em dados do Procon-SP, nos últimos 12 meses a taxa média de juros do cheque especial caiu -17% e a do empréstimo pessoal -9%, porem como o patamar ainda é elevado, a quantidade de pessoas que buscou crédito no ano de 2012 recuou -3,1% em relação ao verificado em 2011, o que representa o pior desempenho anual da série histórica do indicador, iniciada em 2007.

 

Por falta de ''similar nacional'', as autorizações para trabalhar legalmente no Brasil concedidas a estrangeiros com pouca escolaridade cresceram 246% em 2012 na comparação com 2011, porem o interesse do governo é elevar a presença de estrangeiros qualificados no país e para isto a Secretaria de Assuntos Estratégicos precisa alterar o Estatuto do Estrangeiro.

 

Desperdiçando dinheiro e aumentando a insegurança do setor energético brasileiro, existem 26 parques eólicos prontos no Rio Grande do Norte e na Bahia que estão fora de operação porque o governo federal ainda não instalou linhas de transmissão para levar a energia produzida ao consumidor.

 

-    O Pão de Açúcar caiu -3,2%, após as vendas da maior varejista do país terem desacelerado no quarto trimestre e após Abílio Diniz anunciar a venda de R$1,5bi em ações na empresa.


Política:

 

Omitindo fatos como a crise dos atos secretos, de 2009, que permitiram a contratação de parentes do ''coronel'' e que quase levaram à sua queda, e mostrando que nossos ''nobres parlamentares'' não tem ''pena rasgar dinheiro publico'', o senador peemedebista José Sarney, às vésperas de deixar o comando do Senado, ganhou uma exposição bancada com recursos públicos para exaltar os seus 4 mandatos como presidente da Casa.

 

Deputado há 42 anos e atual líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves é o candidato favorito para assumir a presidência da Câmara na eleição de FEV/13, porem neste final de semana foi revelado que uma parte do dinheiro das suas emendas orçamentárias foi parar numa empresa de Aluizio Dutra de Almeida, que é seu assessor desde 1998 e também é tesoureiro do PMDB regional em Natal.

 

Levando até Joaquim Barbosa ser cotado para disputar a presidência do Brasil em 2014, em 2012, ano do julgamento do mensalão e de outros casos de grande repercussão, a exposição do Supremo Tribunal Federal em 1.424 veículos de mídia escrita do país cresceu 116% na comparação com 2011.

 

Com intenções de voto que atualmente chama a 18%, Marina Silva, em meio ao processo de criação de um partido para viabilizar sua candidatura em 2014, afirmou que nem o ex-presidente Lula nem a presidenta Dilma são "imbatíveis", apesar de seus altos índices de aprovação.


Crítica:

 

O Brasil detém uma das maiores reservas de urânio do planeta, porem o debate público sobre o custo e a produção da energia elétrica no país está suprimindo totalmente a questão do desenvolvimento da energia nuclear, que é uma forma de geração mais eficiente do ponto de vista da conversão energética, independe dos caprichos do clima e, desde que bem gerenciada, gera menos impacto direto na biosfera e na biodiversidade do que o causado pelas usinas termo e hidroelétricas.


PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br


Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com

Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho


Nenhum comentário:

Postar um comentário