R.B. 13/DEZ/12 ‘’Sentiu o golpe’’


R.B.

"Sentiu o golpe"

 

São Paulo, 13 de dezembro de 2012 (QUINTA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA pode subir, tentando recuperar as perdas do pregão anterior e ainda com o objetivo de fechar o ano acima dos 60.000pts, desta vez impulsionada pelo acordo histórico para acelerar a entrada em vigor de um mecanismo de supervisão dos bancos na Eurozona.

-    O DÓLAR deve cair, com o ''mercado'' ainda tentando encontrar o ''piso'' que o BC quer dar para da moeda norte-americana, que por sua vez também deve recuar no mercado internacional diante do fechamento de um acordo para acelerar a entrada em vigor de um mecanismo de supervisão dos bancos na Eurozona.

 

ONTEM

-    BOVESPA –0,2%, abriu ''de lado'' e, apesar de na máxima chegar a avançar 0,4%, fechou em leve queda, mesmo com o bom desempenho das bolsas da Europa, realizando lucros recentes, principalmente na Petrobrás (-0,7%) e na Usiminas (-3,9%), e com ótimo volume de negócios (R$ 22,4bi), diante dos vencimentos de opções sobre o Ibovespa e do índice futuro.

-    DÓLAR –0,1% à R$ 2,07, abriu em alta, para na máxima avançar 0,2%, porem passou a cair na parte da tarde, com o ''mercado'' reagindo à decisão do Fed (''BC'' dos EUA) de manter seus estímulos à economia americana em sua última reunião de política monetária do ano.

-    Na ÁSIA, novamente nos maiores patamares em 16 meses, JAPÃO 0,6%, CORÉIA 0,5% e CHINA 0,4%, sustentadas pela retomada dos mercados globais, pelas esperanças de acordo fiscal nos Estados Unidos e pela expectativa de uma nova rodada de estímulos do Fed (''BC'' dos EUA).

-    Na EUROPA, apesar dos baixos volumes de negócios, INGLATERRA 0,3%, FRANÇA 0,1% e ALEMANHA 0,3%, com os índices seguindo em direção do território "sobrecomprado", com seu índice de força relativa, que é um indicador de ''fôlego'' atentamente monitorado, acima de 70, o que pode levar a uma pausa no rally de final de ano.

-    Nos EUA, devolvendo os ganhos auferidos na abertura, S&P 0,1%, DJ –0,1% e NASDAQ –0,3%, após Bernanke, o presidente do Fed (''BC'' local), reiterar que política monetária não será suficiente para compensar os danos do "abismo fiscal", e com destaque negativo para as ações da Wal-Mart (-2,8%), após o governo indiano anunciar um inquérito sobre a companhia.


Economia:
 
Na madrugada de hoje, após 14 horas de negociações, os ministros europeus fecharam um acordo histórico para acelerar a entrada em vigor de um mecanismo de supervisão dos bancos na Eurozona, que permitirá a recapitalização direta das instituições mais afetadas pela crise.
 
Mostrando que ''sentiu o golpe'', Mantega, ministro da Fazenda, afirmou ontem que ficou surpreso com o pedido de sua demissão feito pela revista The Economist, ressaltando que nunca viu ninguém ser demitido por otimismo, ''garantindo'' que sua política econômica está dando resultado" e ressaltando que o descontentamento do ''mercado'' ocorre pois os fundos não estão ganhando o que ganhavam quando os juros eram mais altos.
 
Sem dizer nem coo nem onde, ontem Dilma afirmou, durante um encontro com empresários franceses, que o seu governo pretende construir 800 aeroportos regionais no Brasil em todas as cidades com mais de 100 mil habitantes nos próximos anos, ressaltando que o país tem dimensões continentais e enfrenta um gargalo de infraestrutura.
 
Segundo Mauro Leos, vice-presidente da Moody''s e analista sênior para a América Latina, a referida agência de classificação de risco não prevê mudanças para o rating de crédito do Brasil em 2013 e o cenário mais provável é que a nota continue em grau de investimento ("Baa2"), com perspectiva positiva.
 
Apesar de a renda de 87% da população brasileira ter permanecido estável ou ter aumentado nos últimos 12 meses, segundo uma pesquisa da Confederação Nacional da Indústria em parceria com o Ibope, 60% das famílias pretendem reduzir o consumo por receio de que haja uma retração da economia.
 
Indicando que o governo Dilma busca constantemente novas maneiras de segurar a inflação e de aumentar a competitividade da indústria brasileira, Fernando Pimentel, ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, afirmou ontem que o governo pretende reduzir o preço do gás natural consumido no Brasil.
 
Depois de um aumento puxado pelas compras do Dia da Criança em OUT/12, a inadimplência dos consumidores retomou a trajetória de desaceleração no último mês, recuando -0,1% em NOV/12 na comparação com o mês anterior, o que representa o quinto recuou nesta comparação dos últimos 6 meses.
 
Prejudicadas pelo aumento do IPI e pela alta do dólar, em NOV/12 as vendas de carros das marcas sem fábrica no Brasil foram –9,9% menores que em OUT/12, –46,1% inferiores a NOV/11 e assim registraram o pior desempenho do ano (8.100 unidades).
 
-    A B2W subiu 7,1%, após anunciar que sua controladora comprou um total de 2,2 milhões de ações no mercado em NOV/12, ampliando sua participação na varejista para 61,81% do capital.

-    A Petrobras caiu –0,7%, porem após o fechamento do pregão a gestora de fundos de investimento inglesa Aberdeen Asset Management anunciou que aumentou a sua participação na empresa para 5,01%.

-    A Brasil Foods subiu 1,7%, no mesmo dia em que anunciou que lançou o primeiro suco da marca Batavo, marcando a entrada da companhia no mercado de sucos, que no Brasil movimenta cerca de R$ 4bi ao ano.


Política:
 
''Filhote da ditadura'', com 82 anos e ainda no centro do poder, Sarney, que atualmente é presidente do Senado, voltará a ocupar a presidência do Brasil, se tudo correr como combinado apenas por 3 dias, 22 anos após deixar o cargo, já que Dilma está em visita oficial à França, Temer, o vice-presidente, embarcou para Portugal e Marco Maia, presidente da Câmara, viaja hoje para o Panamá, onde participa de uma reunião do Parlamento do Mercosul.
 
Mostrando que a base aliada se une quando lhe convêm, na noite de ontem a Câmara aprovou o texto base da medida provisória que trata da renovação das concessões do setor elétrico e da redução no preço da conta de luz, mas a votação das emendas da MP foi interrompida perto das 23 horas por falta de quórum e só será retomada na próxima terça-feira.
 
Alegando ''inconsistências'', Paulo Furtado de Oliveira Filho, juiz da 6ª Zona Eleitoral, desaprovou a prestação de contas apresentadas pelo prefeito eleito de São Paulo, o petista Fernando Haddad, ressaltando que as irregularidades são graves, impedindo a verificação da origem dos recursos arrecadados para quitação de todas as despesas assumidas pelo candidato.
 
O Congresso aprovou ontem, por 408 votos a favor e 91 contra, a proposta que pedia que os vetos da presidenta Dilma à nova forma de distribuição de royalties do petróleo entre Estados e municípios fossem apreciados em regime de urgência, passando à frente de mais de 3.000 vetos pendentes de análise.

Crítica:
 
Mais uma vez se esquecendo que a constituição diz que o Estado brasileiro é laico, a prefeitura de SP gastou, apenas para enfeitar a avenida Paulista com arvores de plástico com luzinhas coloridas, R$ 8,2mi, deixando assim de investir em áreas mais prioritárias como segurança, saúde e educação.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário