R.B. 11/DEZ/12 ‘’Uma criança mimada’’


R.B.

"Uma criança mimada"

 

São Paulo, 11 de dezembro de 2012 (TERÇA-FEIRA).


Mercados:

 

HOJE

-    A BOVESPA deve seguir em alta, agora rumo aos 60.000pts, ''aliviada parcialmente'' pela leve redução das tensões externas, beneficiada pelo baixo patamar da taxa de juros brasileira (7,25%) e impulsionada pelas expectativas de novas medidas de estimulo econômico do governo Dilma.

-    O DÓLAR pode seguir em queda, mesmo após atingir no pregão anterior o menor patamar desde 14/NOV/12, ainda influenciado pela leve redução das ''tensões externas'' e também acompanhando o fluxo positivo de recursos externos.

 

ONTEM

-    BOVESPA 1,3% (aos 59.248pts), abriu em queda, para na mínima recuar –0,7% e assim ''testar o suporte'' dos 58.000pts, porem passou a subir ainda na parte da manhã, impulsionada pelo forte avanço das petrolíferas Petrobrás (2,6%) e OGX (8,8%), beneficiadas pela valorização do petróleo no mercado internacional e pelos novos sinais de que a economia chinesa segue em recuperação.

-    DÓLAR –0,7% à R$ 2,07, abriu em alta, para na máxima avançar 0,2%, porem passou a cair ainda na parte da manhã, seguindo a melhora do ''humor'' na Bovespa e também influenciado pelas expectativas por novas atuações do BC na ponta de venda.

-    Na ÁSIA, nos maiores patamares em 16 meses, JAPÃO 0,1%, CORÉIA 0,1% e CHINA 1,1%, diante do aumento do otimismo com as duas maiores economias do mundo após a divulgação da expansão do crescimento da produção industrial na China e da queda da taxa de desemprego nos EUA.

-    Na EUROPA, revertendo uma abertura negativa, causada pela declaração de Mario Monti, o primeiro-ministro da Itália, que afirmou que planeja renunciar após a aprovação do orçamento de 2013, INGLATERRA 0,1%, FRANÇA 0,2% e ALEMANHA 0,2%, beneficiadas pela abertura positiva das bolsas de NY e com destaque de alta para as ações da companhia franco-italiana STMicroelectronics (4,4%), após a empresa anunciar que planeja abandonar uma joint venture deficitária.

-    Nos EUA, tentando dar sequencia ao rally de final de ano, S&P 0,1%, DJ 0,1% e NASDAQ 0,3%, com destaques de alta para as ações de empresas do setor tecnológico, rebatendo perdas recentes, e com as empresas do setor de consumo beneficiadas com a divulgação de fortes vendas mensais do McDonald's, cujas ações subiram 1,1%.


Economia:
 

Mostrando ainda mais pessimismo, o ''mercado'' reduziu, pela quarta semana consecutiva, suas ''apostas'' para o crescimento da economia brasileira em 2012, desta vez substancialmente de 1,27% para 1,03%, e elevou, de 5,43% para 5,58%, suas expectativas para IPCA deste ano.

 

Dando um importante sinal positivo da economia brasileira, em NOV/12, diante do aumento de produção voltado para atender as demandas de final de ano, 136 empresas entraram com pedido de falência no Brasil, ante os 152 requerimentos registrados em OUT/12 e 164 em NOV/11.

 

Superando as previsões iniciais (US$ 60bi), segundo Aldo Mendes, diretor de política monetária do BC, em 2012 o Brasil, mesmo com a crise nos países do ''primeiro mundo'', receberá mais de US$ 66bi em Investimentos Estrangeiros Diretos, o que (1) será suficiente para pagar a conta corrente do país e (2) ficará próximo ao obtido em 2011 (US$ 66,6bi).

 

Confirmando que a maioria dos brasileiros infelizmente ainda dá muita importância ao carro próprio, segundo uma pesquisa recente 13% dos entrevistados pretendem comprar um carro novo nos próximos 12 meses e 10% buscam um usado.

 

Ontem, antes de embarcar para Paris, a presidenta Dilma sancionou a lei que garante ao consumidor brasileiro o direito de ser informado sobre o montante de tributos pagos nos produtos adquiridos e que passarão a ser listados nas notas e cupons fiscais a partir de JUN/13.

 

Com as exportações acumuladas em 2012 alcançando até o momento US$ 227,5bi, o que representa uma queda de –5,5% na comparação com o mesmo período de 2011, a balança comercial brasileira acumula um superávit anual de US$ 16,7bi, o que representa uma retração de -37,8% na comparação com o mesmo período de 2011.

 

Ainda pressionado principalmente pelos preços dos alimentos, o IPC registrou alta de 0,70% na primeira quadrissemana de DEZ/12, número representa uma aceleração em relação à quarta quadrissemana de NOV/12 (0,68%) e que também superou a media das ''apostas do mercado'' (0,66%).

 

-    A Petrobrás subiu 2,6% e, após o fechamento do pregão anunciou que descobriu uma nova acumulação de hidrocarbonetos leves em águas ultraprofundas na bacia de Sergipe-Alagoas.

-    A OGX saltou 8,76%, a LLX subiu 7,34% e a MMX avançou 3,4%, diante de ''rumores'' de que o braço de participações do BNDES negocia com Eike a compra de fatias em suas empresas de capital de aberto.

-    A Ambev ON subiu 11,3% e a Ambev PN avançou 0,1%, após a fabricante de bebidas ter proposto reorganização societária para simplificar sua estrutura e ter apenas ações ordinárias.


Política:
 
Com potencial de abalar o equilíbrio entre os 3 poderes da Republica e assim colocar em cheque a democracia brasileira, Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal e relator do mensalão, afirmou que é ''perigoso'' deixar para a Câmara a palavra final sobre a perda do mandato dos 3 deputados condenados no referido processo.
 
Segundo uma reportagem do jornal Estado de SP o empresário Marcos Valério Fernandes de Souza, obviamente sem apresentar nenhuma prova, disse em seu depoimento prestado em 24/SET/12 à Procuradoria-Geral da República que o esquema do mensalão ajudou a bancar despesas pessoais do ex-presidente Lula e que foi ameaçado de morte por Paulo Okamotto, ex-integrante do governo que hoje dirige o instituto Lula.
 
Confirmando que confundir o publico com o privado não é um defeito apenas dos petistas, Alckmin, governador tucano de SP, usou um helicóptero do governo do Estado para buscar o filho, a nora e os 2 netos no Aeroporto Internacional André Franco Montoro, em Guarulhos, na última sexta-feira, mesmo não tendo compromisso oficial no local naquele dia.
 
''Atacando Dilma'', o que aliás é um papel legitimo e fundamental da oposição, ontem o tucano Alckmin, governador de SP, afirmou que o intervencionismo do Estado na economia cria insegurança jurídica e inibe o investimento, que segundo ele é um dos desafios para o crescimento da economia brasileira no próximo ano.
 
Na noite de ontem, assim que Dilma embarcou para Paris, Michel Temer, o presidente da República em exercício, admitiu que o governo federal está preocupado com a possibilidade de o Congresso Nacional derrubar os vetos da presidenta ao projeto de lei que trata da redistribuição dos royalties do petróleo.

Crítica:
 
Como ''uma criança mimada'' que não sabe perder, ontem Abílio Diniz, Presidente do conselho de administração do Grupo Pão de Açúcar, enviou uma mensagem aos funcionários da empresa informando que não participará da festa de fim de ano da empresa, ''coincidentemente'' após o RH do grupo anunciar que apenas Enéas Pestana, presidente do grupo, falaria aos funcionários.

PAZ, amor e bons negócios;

Alfredo Sequeira Filho


O "R.B." representa uma opinião, não uma indicação, é proibida sua reprodução, sem a devida autorização, e qualquer critica, dúvida ou sugestão, favor contatar: alcabi@uol.com.br

Conheça e indique nosso Blog http://relatoriobrasil.blogspot.com
Conheça e indique minha página no Facebook http://facebook.com/Alfredosequeirafilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário